Investigação sobre a escola e seu entorno: Estudo bibliográfico de produções nacionais

Autores

  • Luana Costa ALMEIDA Centro de Estudos da Metrópole (CEM-Cebrap)
  • Geraldo Antonio BETINI LOED-Unicamp

DOI:

10.29286/rep.v24i55.810

Resumo

O artigo apresenta os resultados de pesquisa bibliográfica sobre a relação entre a escola e seu entorno social. Foram analisados 170 trabalhos publicados na CAPES e SCIELO entre as décadas 1990 e 2010. Além da frequência de trabalhos por ano de produção, região geográfica e metodologia utilizada, organizou-se temáticas a partir da análise dos temas e objetivos dos trabalhos selecionados, discutindo-se os principais resultados apresentados. Evidenciou-se a preocupação com a problemática, em especial a relação entre escola- -família, e a atualidade do debate, bem como a preocupação de educadores e comunidade com a questão na busca da melhoria da escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Costa ALMEIDA, Centro de Estudos da Metrópole (CEM-Cebrap)

É doutora em Educação na área de Ensino e Práticas Culturais (2014) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) com período de estágio na Universidade Autônoma de Barcelona (UAB); mestre em Educação na área de Ensino, Avaliação e Formação de Professores (2008) pela UNICAMP e graduada em Pedagogia (2004) pela UNICAMP. Atualmente faz pós-doutorado no Centro de Estudos da Metrópole (CEM-Cebrap), com financiamento da FAPESP, e participa como pesquisadora no Laboratório de Observação e Estudos Descritivos (LOED), na Faculdade de Educação da UNICAMP, em projeto financiado pelo Observatório da Educação-CAPES. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino e Pesquisa, atuando principalmente nos seguintes temas: Contexto escolar, Escola, Avaliação Educacional

Geraldo Antonio BETINI, LOED-Unicamp

Doutor na área de Ensino, Avaliação e Formação deProfessores (2009) pela Universidade Estadual de Campinas, mestre em Educação(2002)  pela Universidade Estadual deCampinas (UNICAMP) e graduado em Pedagogia pela Pontifícia UniversidadeCatólica de Campinas (1969). Atualmente atua como pesquisador colaborador no Laboratório deobservação e estudos descritivos (LOED) - Faculdade de Educação/ UNICAMP. Temexperiência em Educação e Recursos humanos, atuando principalmente nosseguintes temas: Avaliação da aprendizagem e institucional. Gestão educacional,Relação escola-entorno.

Referências

ABUCHAIM, B. Oliveira. Família e escola de educação infantil: companheiras de jornada. 156p. Mestrado. PUC/RIO GRANDE DO SUL, 2006.

AKIYAMA, K. Estudando a participação: pais e mães nas escolas. 104p. Mestrado. UNI-VERSIDADE SÃO FRANCISCO, 2001.

ANDREWS, C. W. Fatores promotores da participação da comunidade em escolas públi-cas: um estudo dos procedimentos de gestão em escolas da rede municipal de ensino em São Paulo. 164p. Mestrado. USP, 1999.

ARAUJO, M. D. P. Escola, criança favelada e processos de socialização: estudo sobre pa-drões de socialização no ambiente familiar e na escola. 126p. Mestrado. PUC – SP, 2009.

BUENO, M. R. A relação família escola : um diálogo possível? 333p. Mestrado. UFMG, 1994.

CAMARGO, R. A. S. Expectativas e projeções sobre a escola na favela de Paraisópolis. 214p. Doutorado. PUC/SÃO PAULO, 2002.

CARVALHO, M. E. P.; BURITY,M. H. Dever de casa: visões de mães e professoras. 28ª Reunião da ANPED. 2005. Disponível em: http://www.anped.org.br/reunioes/28/textos/gt14/gt141575int.rtf. Acesso em: 31/05/2011.

CODEVILA, A.C. S. A Relação escola/família no enfrentamento do comportamento vio-lento do adolescente. 127p. Mestrado. UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA, 2009.

DANTAS FILHO, R. S. Participação, diálogo e confiança:caminhos para a democracia na escola. 206p. Doutorado. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2009.

DIAS, A. T. T. Pesquisando a relação família-escola: o que revelam as teses e dissertações dos programas de pós-graduação brasileiros. 213p. Doutorado. UNESP/ARARAQUARA, 2009.

FERNANDES, Z. L. Currículo, escola e comunidade: limites, desafios e possibilidades. 146p. Mestrado. PUC/SÃO PAULO, 2009.

FREITAS, L. C. Eliminação adiada: o ocaso das classes populares no interior da escola e a ocultação da (má) qualidade do ensino. Educação e Sociedade. Campinas, v. 28, n. 100, p. 965-987, out de 2007.

GARCIA, H. H. G. O. Família e escola na educação infantil: um estudo sobre reunião de pais. 208p. Mestrado. USP, 2005

GOMES, S. S. Relação família-escola: uma parceria educativa na promoção da saúde. 138p. Mestrado. UNIVERSIDADE DE FORTALEZA , 2005.

GUELBER, V. M. D. A participação da família na escola: um exercício de cidadania. 195p. Mestrado. UFMG, 2006.

INFORSATO, F. A. F. Interação da Escola com a Família: considerações a partir de uma abordagem ecológica. 236p. Doutorado. UNESP/Araraquara, 2001.

LAHIRE, B. Sucesso Escolar nos meios populares: as razões doimprovável. São Paulo: Ática, 1997.

LUNA, S. V. Planejamento de pesquisa: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1999.

MACHADO, M. L. F. N. Participação da comunidade no contexto escolar: expectativas e entendimento das diretores, professores e funcionários de escolas públicas estaduais de Franca - ciclo I. 148p. Mestrado. PUC/SÃO PAULO, 2008.

MAGALHÃES, C. R.. Escola e família: mundos que se falam? - Um estudo no contexto da implementação da Progressão Continuada. 437p. Doutorado. UFSCar, 2004.

MELO, A. S. A Relação Entre Pais e Professores de Bebês: uma análise da natureza de seus encontros diários.160p. Mestrado. UFRJ, 2008.

MENDONÇA, G. G. L. Integração escola-comunidade: opinião de diretores, pais e mem-bros da comunidade. 126p. Mestrado. PUCCAMP, 1996.

MENEGHEL, S. M.; ROBL, F.; WASSEM, J. Desafios da Produção de Conhecimento em Educação: Perspectivas institucionais e de programas de pós-graduação. Grupo de Trabalho de Política de Educação Superior – 30ª. Reunião Anual da ANPED, 2007. Disponível em: http://www.anped.org.br/reunioes/30ra/trabalhos/GT11-3572--Int.pdf. Acesso em: 07 de março de 2011.

NOGUEIRA, M. A.. Família e escola na contemporaneidade: os meandros de uma relação. Educação e Realidade. Porto Alegre, 31(2), p. 155-170, jul./dez. de 2006.

PATTO, M. H. S. A produção do fracasso escolar. São Paulo: T.A.Queiroz, 1990.

POLONIA, A. C. As relações escola-família: o que diretores, professores, pais e alunos pensam?. 228p. Doutorado. UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, 2005.

RESENDE, T. F. Entre escolas e famílias: revelações dos deveres de casa. Paidéia (Ribei-rão Preto) 18(40), p. 385-398, 2008.

RIBEIRO, L. C. Q.; KOSLINSKI, M. C. Fronteiras urbanas da democratização das opor-tunidades educacionais: o caso do Rio de Janeiro. In RIBEIRO, Luiz Cersar de Queiroz et al. (orgs) Desigualdades urbanas, desigualdades escolares. Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório da Metrópoles: IPPUR/UFRJ, 2010.

SALATA, A. R.; SANT’ANNA, M. J. G. Entre o mercado de trabalho e a escola: os jo-vens no Rio de Janeiro. In RIBEIRO, Luiz Cersar de Queiroz et al. (orgs) Desigualdades urbanas, desigualdades escolares. Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório da Metrópo-les: IPPUR/UFRJ, 2010.

SILVA, L. C. Participação e sucesso escolar: construções cotidianas. 136p. Mestrado. UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, 1998.

SILVEIRA, L. M. O. B. A Interação Família-Escola Frente aos Problemas de Comporta-mento da Criança: uma Parceria Possível?. 110p. Doutorado. PUC/RIO GRANDE DO SUL, 2007.

SIQUEIRA, R. A participação nas escolas: um curriculo para as famílias?. 232p. Mestrado. UFMG, 2007.

SPADINI, M. L. Relação escola-família: possibilidade de aproximação em situação de di-ficuldades de aprendizagem dos alunos. 120 p. Mestrado. PUC/SÃO PAULO, 2008.

VEQUI, V. P. Educação familiar: colaboração e participação entre escola e família nas di-mensões afetiva, cognitiva e de socialização. 178p. Mestrado. UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ, 2008.

ZARGIDSKY, D. S. A Participação do Conselho Escola: comunidade na Gestão Escolar Colegiada.1v. 105p. Mestrado. UFRJ, 2006.

Downloads

Publicado

2014-11-12

Como Citar

ALMEIDA, L. C.; BETINI, G. A. Investigação sobre a escola e seu entorno: Estudo bibliográfico de produções nacionais. Revista de Educação Pública, [S. l.], v. 24, n. 55, p. 33-56, 2014. DOI: 10.29286/rep.v24i55.810. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/810. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Cultura Escolar e Formação de Professores