Educação a Distância: cenários, dilemas e perspectivas

Autores

  • Daniel MILL mill@ufscar.br
    Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

10.29286/rep.v25i59/2.3821

Palavras-chave:

Educação a Distância. Cenários Educacionais. Dilemas Educacionais. Universidade Aberta do Brasil.

Resumo

O objetivo deste texto é analisar cenários, dilemas e perspectivas vividos na história recente da Educação a Distância (EaD). Estabelecemos quatro períodos para análise: pré-1996 (fecundação e gestação da modalidade), 1996-2005 (nascimento e definições pedagógicas e legais), 2006-2015 (amadurecimento e experiências práticas nas instituições públicas); e pós-2015 (redefinições legais, pedagógicas etc., decorrentes da crise político-financeira vivida, ultimamente, pelo Brasil). Na análise, consideramos a legislação e a literatura sobre EaD e o modus operandi de experiências institucionais. Desta forma, o texto apresenta argumentos e reflexões, numa visão sistêmica da modalidade, buscando indicar partes que compõem o todo.

Palavras-chave: Educação a Distância. Cenários Educacionais. Dilemas Educacionais. Universidade Aberta do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel MILL, Universidade Federal de Mato Grosso

Doutor em Educação. Docente dos Programas de Pós-Graduação em Educação e em Ciência, Tecnologia e Sociedade. Universidade Federal de São Carlos. Grupo Horizonte (Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Inovação em Educação, Tecnologias e Linguagens). End. Profissional: Departamento de Educação – UFSCar, Rod. Washington Luís, km 235 – SP-310, CEP.: 13565-905, São Carlos – SP. Tel.: (16) 3351 8931. Email: <mill@ufscar.br>.

 

Referências

ALONSO, K. M.; ROCHA, S. A. (Org.). Políticas públicas, tecnologias e

docência. Cuiabá: Central de Texto; EdUFMT, 2013. e-book. Disponível em:

<http://www.editora.ufmt.br/index.php?route=product/product&product_

id=325>. Acesso em: 25 abr. 2016.

BELLONI, M. L. Educação a Distância. 6. ed. Campinas: Autores Associados, 2012.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes para Educação a Distância na Educação Superior (versão preliminar). 2015. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.phpoption=com_docman&view=download&alias=16558-texto-referencia-educacao-distancia-ead-pdf&category_slug=outubro-2014-

pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 28 ago. 2015.

______. Constituição da República Federativa do Brasil (1988). 35. ed.

Brasília, DF, 2012. Disponível em: <http://bd.camara.gov.br/bd/bitstream/

handle/bdcamara/15261/constituicao_federal_35ed.pdf?sequence=9>. Acesso em: 19 set. 2015.

______. Decreto n.5.622 de 2005. Regulamenta o art. 80 da Lei 9.394 de 1996. Brasília, DF, 2005. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/

dec_5622.pdf>. Acesso: 2 out. 2015.

______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei 9.394 de

Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996. Ministério da Educação. Disponível em: <http://www2.senado.leg.br/bdsf/

bitstream/handle/id/70320/65.pdf>. Acesso: 19 set. 2015.

______. Ministério da Educação. Referenciais de qualidade para educação superior a distância. SEED, Brasília, DF, 2007.

______. Plano Nacional de Educação (PNE 2001-2010). Brasília, DF, 2001. Disponível em: <http://www.observatoriodopne.org.br/uploads/reference/

file/439/documento-referencia.pdf>. Acesso em: 2 out. 2015.

______. Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024). Câmara dos

Deputados, Brasília, DF, 2014. Disponível em: <http://www.observatoriodopne.

org.br/uploads/reference/file/439/documento-referencia.pdf>. Acesso em: 2 out. 2015.

CASTELLS, M. A galáxia da Internet. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

______. A sociedade em rede. 6. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

HARVEY, D. Condição pós-moderna. 18. ed. São Paulo: Loyola. 2009.

KENSKI, V. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas: Papirus, 2003.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34. 1999.

LIBÂNEO, J. C; OLIVEIRA, J. F.; TORCHI, M. S. Educação Escolar:

políticas, estrutura e organização. Cortez: São Paulo, 2008.

LIMA, D. C. Desenvolvimento, aprimoramento e consolidação de uma

educação nacional de qualidade: Educação a Distância na educação superior. Produto 1 e 2. Brasília, DF, MEC/CNE, 2014. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.phpoption=com_docman&view=download&alias=16510-produto-01-estudo-analitico&categor y_slug=outubro-2014-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 30 set. 2015.

LION, C. Mitos e realidades na tecnologia educacional. In: LITWIN, E.

Tecnologia educacional. Porto Alegre: Artmed, 2001. p. 23-36.

LITWIN, E. (Org.). Educação a distância. Porto Alegre: Artmed, 2001.

MATHEOS, K. Educação híbrida: a chave da inovação nas universidades

canadenses. In: REALI, A.; MILL, D. (Org.). Educação a Distância e

tecnologias digitais. São Carlos: EdUFSCar, 2014. p. 57-68.

MILL, D. (Org.). Estudos sobre educação: desafios e possibilidades para ensinar e aprender com as tecnologias emergentes. São Paulo: Paulus, 2013.

______. Docência virtual: uma visão crítica. Campinas: Papirus, 2012a.

______. Flexibilidade educacional na cibercultura: analisando espaços, tempos e currículo em produções científicas da área educacional. RIED, Madrid, v. 17, n. 2, p. 97-126, 2014.

______. Universidade Aberta do Brasil. In: LITTO, F. M.; FORMIGA, M.

(Org.). Educação a Distância: o estado da arte 2. São Paulo: Pearson, 2012b. p. 280-291.

MILL, D.; OLIVEIRA, M. A educação a distância em pesquisas acadêmicas: uma análise bibliométrica em teses do campo educacional. Educar em Revista, Curitiba, Edição Especial, n. 4, p.15-36, 2014.

MILL, D.; RIBEIRO, L. R. C.; OLIVEIRA, M. R. G. (Org.). Polidocência na

Educação a Distância: múltiplos enfoques. São Carlos: EdUFScar, 2014.

MOORE, M.; KEARSLEY, G. Educação a Distância: uma visão integrada. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

NEGROPONTE, N. A vida digital. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

PETERS, O. A educação a distância em transição. São Leopoldo: EdUnisinos, 2009.

PRETI, O. Educação a distância: Ressignificando práticas. Brasília, DF: Liber Livro, 2005.

RISTOFF, D. Vinte e um anos de educação superior: expansão e democratização. Cadernos do GEA, Rio de Janeiro, n. 3, 2013. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2015.

STAKER, H. et al. The rise of K-12 blended learning. San Mateo: InnosightInstitute, 2011. Disponível em: <http://www.innosightinstitute.org/innosight/

wp-content/uploads/2011/05/The-Rise-of-K-12-Blended-Learning.pdf>.

Acesso em: 28 nov. 2014.

UNIREDE. Manifesto de Florianópolis. 2014. Disponível em:

aunirede.org.br/portal/images/Arquivos/Manifesto_de_Florian%C3%B3polis_revMT1.pdf>. Acesso em: 28 set. 2015.

Downloads

Publicado

2016-06-29

Como Citar

MILL, D. Educação a Distância: cenários, dilemas e perspectivas. Revista de Educação Pública, [S. l.], v. 25, n. 59/2, p. 432–454, 2016. DOI: 10.29286/rep.v25i59/2.3821. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/3821. Acesso em: 2 mar. 2024.