AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO: COMPREENSÃO DOS ALUNOS

Autores

  • Milena Kashima Universidade Estadual de Londrina
  • Ana Cláudia Saladini Universidade Estadual de Londrina

Palavras-chave:

Avaliação, Ensino Médio, Educação Física, Ensino e Aprendizagem

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi mapear as concepções de estudantes do 3º ano do Ensino Médio sobre o processo de avaliação da aprendizagem nas aulas de Educação Física. Selecionamos uma turma do 3º ano do Ensino Médio de três escolas estaduais de Londrina, PR. Para a coleta de dados foi aplicado, junto aos estudantes selecionados, um questionário composto por 12 questões. Concluímos que para os alunos a avaliação da aprendizagem na Educação Física é uma prática para identificar o nível de aprendizagem, contudo, a nota acaba sendo a principal preocupação dos estudantes. Destaca-se ainda a dificuldade dos alunos em relacionar o que eles estudam com o seu cotidiano. Em futuras pesquisas sugere-se a investigação dos pressupostos epistemológicos que sustentam a práxis docente para compreendermos melhor os motivos pelos quais a avaliação da aprendizagem raramente é vista como componente da dinâmica do processo de ensinar e aprender.

Biografia do Autor

Milena Kashima, Universidade Estadual de Londrina

Professora de Educação Física

Aluna do curso de pós-graduação em Educação Física Inclusiva da Universidade Estadual de Londrina

Ana Cláudia Saladini, Universidade Estadual de Londrina

Professora do Departamento de Estudos do Movimento Humano da Universidade Estadual de Londrina

Referências

ALMEIDA, José Luiz Vieira de; GRUBISICH, Teresa Maria. Ensino e aprendizagem na sala de aula: uma perspectiva não linear. In: GRANVILLE. Maria Antonia. Sala de aula: ensino e aprendizagem. Campinas, SP: Papirus, 2008.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução nº 2, de 30 de janeiro de 2012. Brasília, DF: Conselho Nacional de Educação, 2012.

CHAVES, Eduardo O. C. Tecnologia na educação, ensino à distância, e aprendizagem mediada pela tecnologia: conceituação básica. Revista de educação, v. 3, n. 7, p.29-43, nov. 1999.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

HADJI, Charles. Pensar e agir a educação: da inteligência do desenvolvimento ao desenvolvimento da inteligência. Porto Alegre, RS: Artmed, 2001.

______. Avaliação desmistificada. Porto Alegre, RS: Artmed, 2001.

HOFFMANN, Jussara. Pontos e contrapontos: do pensar ao agir em avaliação. 8. ed. Porto Alegre, RS: Mediação, 2005.

______. Avaliar: respeitar primeiro, educar depois. Porto Alegre, RS: Mediação, 2008.

LIBÂNEO, José Carlos. Fundamentos teóricos e práticos do trabalho docente: um estudo introdutório sobre pedagogia e didática. 1990. 495f. Tese (Doutorado em Filosofia e História da Educação). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1990.

______. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar. 14. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2003.

MORAIS. Regis de. O que é ensinar. São Paulo: EPU, 1986.

PALMA, Ângela Pereira Teixeira Victória; OLIVEIRA, Amauri Aparecido Bássoli; PALMA, José Augusto Victória. Educação física e a organização curricular. 2. ed. Londrina, PR: EDUEL, 2010.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Diretrizes curriculares da educação básica: Educação Física. Curitiba, PR, 2008.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002.

RICHARDSON, Roberto Jarry e colaboradores. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

SALADINI, Ana Claudia. A educação física e a tomada de consciência da ação motora da criança. 2006. 224f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Estadual Paulista, Marília, SP: UNESP, 2006.

SÉRGIO, Manuel. Motricidade humana: contribuições para um paradigma emergente. Lisboa, Portugal: Instituto Piaget, 1994.

______. Epistemologia da motricidade humana. Lisboa, Portugal: Faculdade de Motricidade Humana, 1996.

SOARES, Carmem Lúcia. Imagens da educação no corpo: estudos a partir da ginástica francesa no século XIX. Campinas, SP. 1998.

Downloads

Publicado

2018-11-29

Como Citar

Kashima, M., & Saladini, A. C. (2018). AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO: COMPREENSÃO DOS ALUNOS. Corpoconsciência, 22(3), 36-48. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/6637