ESTUDO DO PERFIL DAS QUALIDADES FÍSICAS DE MULHERES PRATICANTES DE TREINAMENTO FUNCIONAL DO PSF - PRAIA SECA

Autores

  • Patricia Cristina Lucas de Souza Universidade Estácio de Sá
  • Rosana Dias de Oliveira Universidade Estácio de Sá
  • Edwar Santana Universidade Estácio de Sá
  • Carlos Soares Pernambuco Universidade Estácio de Sá

Palavras-chave:

Treinamento Funcional, Qualidades físicas, composição corporal, força e resistência muscular localizada

Resumo

O objetivo da pesquisa foi avaliar o perfil das qualidades físicas de praticantes de treinamento funcional cadastrados no Posto de Saúde da Família de Praia Seca – Araruama/RJ. A amostra foi composta de 20 mulheres fisicamente ativas, com idade média de 32±7.37 anos e randomizadas. Foram avaliadas a composição corporal, resistência muscular localizada, resistência aeróbica e a força. Foi feito um controle alimentar. O método de pesquisa utilizado foi o descritivo. O procedimento estatístico utilizado foi a média do desvio padrão da amostra com valores máximos e mínimos. Os resultados encontrados foram: o IMC = 21.8 (Normal); o percentual de gordura=22.9 (Acima da Média); o VO2 máx = 37 (Bom); a RML= 30 (Excelente); e a força = 31 (Normal). Conclui-se que as qualidades físicas das mulheres aqui estudadas obtiveram um comportamento dentro do esperado de acordo com os dados referenciais normativos.

Biografia do Autor

Carlos Soares Pernambuco, Universidade Estácio de Sá

Professor da Graduação em Educação Física

Graduado em Licenciatura Plena pela UFRJ

Mestre em Ciência da Motricidade Humana - UCB-RJ

Doutor em Ciências pela UNIRIO

 

Downloads

Publicado

2016-11-07