A SOLUÇÃO DO SOLO DE UM LATOSSOLO VERMELHO DISTRÓFICO SUBMETIDO A TRÊS TIPOS DE MANEJO DE SOLO E DE CULTURAS

Silvio Tulio Spera, Pedro Alexandre Varella Escosteguy, Henrique Pereira dos Santos, Vilson Antonio Klein

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar a interação destes fatores nos atributos químicos da solução de solo de duas camadas de solo situadas entre 0 a 20 cm. O experimento foi conduzido em Passo Fundo, RS, em um Latossolo Vermelho distrófico, após mais de duas décadas de cultivo, sem aplicação de calcário. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, em esquema de subparcelas. Os tratamentos foram: plantio direto (PD), cultivo mínimo com escarificador (PM) e preparo convencional com arado e grade (PC). Estes foram combinados com as rotações de culturas: trigo/soja (R1); trigo/soja-ervilhaca/sorgo (R2) e trigo/soja-ervilhaca/sorgo-aveia branca/soja (R3), para avaliar o efeito da interação dessas rotações com o tipo de manejo de solo nos atributos químicos da solução do solo, nas camadas de 0 a 6,7 cm e de 6,8 a 20 cm. Não houve correlações entre os atributos de solo avaliados, em ambas as camadas, mesmo havendo diferenças de níveis de restrição físicas e químicas entre as camadas. Os atributos químicos da solução do solo não foram influenciados pela interação dos fatores estudados, sendo pouco influenciados pela rotação de culturas. O plantio direto propiciou maiores valores de carbono orgânico dissolvido e menor teor e atividade de Al na solução do solo, que pode amenizar a toxidez de Al.

Palavra-chave: nutrientes; plantio direto, preparo convencional, química do solo.

 

THE SOIL SOLUTION OF A TYPIC HAPLUSTOX UNDER THREE SOIL MANAGEMENTS AND CROP ROTATIONS

ABSTRACT

The goal of this work was to evaluate the interaction of these two factors in grain production of crops (harvest 2007), and chemical attributes of the soil solution of two soil layers situated among 0 to 20 cm. The experiment was conducted in Passo Fundo, RS, in a Typic Haplustox, after more than two decades of cropping without limestone application. The experimental design was randomized block, in subplots scheme. The treatments were: no-tillage (PD), minimum cultivation with chisel plow (PM) and conventional plowing with disk plow (PC). These were combined with crop rotations: wheat-soybean (R1); wheat-soybean/common vetch-sorghum (R2) and wheat-soybean/common vetch-sorghum/white oats-soybean (R3), to assess the interaction effect of these rotations with the type of soil management in the chemical attributes of soil solution in layers of 0 to 6.7 cm and 6.8 to 20 cm. There were no correlations between the soil attributes evaluated on both layers, even when differences in levels of chemical and physical constraint between the layers. Chemical attributes of soil solution were not influenced by the interaction of the studied factors, being slightly influenced by crop rotation. The no-till provided the greatest values of dissolved organic carbon and Al lowest level and activity in soil solution, promoting the Al toxicity.

Keywords: soil nutrients; no-till, soil plowing, soil chemistry.

DOI: http://dx.doi.org/10.14583/2318-7670.v02n02a01

 


Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, A. S. et al. Movimentação de partículas de calcário no perfil de um cambissolo em plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.28, n.2, p.359-367, mar./abr. 2004.

AMARAL, F. C. S.; VETTORAZZO, S. C. Especiação iônica da solução percolada de um solo tratado com lama de cal. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2005. 21p. (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento. Embrapa Solos, n.70).

ARAÚJO, A. R. et al. Movimentação de nitrato e amônio em colunas de solo. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.28, n.3, p.537-541, maio/jun. 2004.

BODDEY, R. M. et al. Carbon accumulation at depth in Ferralsols under zero-till subtropical agriculture. Global Change Biology, Malden, v.16, n.2, p.784-795, fev. 2010.

CANCÉS, B. et al. Metal ions speciation in a soil and its solution: experimental data and model results. Geoderma, Amsterdam, v.113, n.2, p.341-355, maio 2003.

CASSIOLATO, M. E. et al. Evaluation of oat extracts on the efficiency of lime in soil. Brazilian Archives of Biology and Technology, Curitiba, v.43, n.5, p.533-536, dez. 2000.

CIOTTA, M. N. et al. Acidificação de Latossolo sob plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.26, n.4, p.1.055-1.064, jul./ago. 2002.

DELLA FLORA, L. P. et al. Mobilidade de cátions e correção da acidez de um Cambissolo em função da aplicação superficial de calcário combinado com sais de potássio. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.31, n.6, p.1.591-1.598, nov./dez. 2007.

FASSBENDER, H. W.; BORNEMISZA, E. Química de suelos con énfasis en suelos de América Latina. 2.ed. San José: IICA, 1994. 420p.

GEBRIM, F. O. et al. Lixiviação de cátions favorecida pela presença de ânions inorgânicos e ácidos orgânicos de baixa massa molecular em solos adubados com camas de aviário. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.32, n.6, p.2.255-2.267, nov./dez. 2008.

GLOAGUEN, T. V. et al. Composição química da solução do solo nas diferentes classes de poros do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.33, n.5, p.1.105-1.113, set./out. 2009.

GUADAGNIN, J. C. et al. Perdas de solo, água e nitrogênio por erosão hídrica em diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.29, n.2, p.277-286, maio/abr. 2005.

MANSFELDT, T. Redox potential of bulk soil and soil solution concentration of nitrate, manganese, iron, and sulfate, in two Gleysols. Journal of Plant Nutrition and Soil Science, Tharandt, v.167, n.1, p.7-16, fev. 2004.

MEURER, E. J.; ANGHINONI, I. A solução do solo. In: MEURER, E. J. (Ed.). Fundamentos de química do solo. 5.ed. Porto Alegre: Evangraf, 2012. p.87-113.

MIRANDA, J. et al. Composição química da solução de solo sob diferentes coberturas vegetais e análise de carbono orgânico solúvel no deflúvio de pequenos cursos de água. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.30, n.4, p.633-647, jul./ago. 2006.

NOLLA, A.; ANGHINONI, I. Atividade e especiação química na solução afetadas pela adição de fósforo em latossolo sob plantio direto em diferentes condições de acidez. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.30, n.6, p.955-963, nov./dez. 2006.

NOVAIS, R. F.; MELLO, J. W. V. Relação solo-planta. In: NOVAIS, R. F. et al. Fertilidade do solo. Viçosa: SBCS, 2007, p.133-204.

PÉREZ, D. V.; CAMPOS, R. C. Especiação em solos: aspectos gerais. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2003. 33p. (Embrapa Solos. Documentos; n. 47).

SALET, R. L. et al. Atividade do alumínio na solução de solo do sistema plantio direto. Revista Científica Unicruz, Cruz Alta, v.1, n.1, p.9-13, jan./jun. 1999.

SILVA, C. A. et al.. Mineralização de nitrogênio e enxofre em solos brasileiros sob influência da calagem e fósforo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.34, n.9, p.1.679-1.689, set. 1999.

SILVA, E. P. et al. Fatores abióticos envolvidos na tolerância de trigo à geada. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.43, n.10, p.1.257-1.265, out. 2008.

SILVA, L. A. et al. Por que todos os nitratos são solúveis? Química Nova, São Paulo, v.27, n.6, p.1.016-1.020, nov./dez. 2004.

SILVA, L. S.; BOHNEN, H. Relações entre nutrientes na fase sólida e solução de um latossolo durante o primeiro ano nos sistemas plantio direto e convencional. Ciência Rural, Santa Maria, v.36, n.4, p.1.164-1.171, jul./ago. 2006.

SORATTO, R. P. et al. Resposta de quatro cultivares de feijão ao manganês em solução nutritiva. Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas, v.11, n.2, p. 235-240, abr./jun. 2005.

SOUSA, R. O. et al. Solos alagados (reações de redox). In: MEURER, E. J. (Ed.). Fundamentos de química do solo. 5.ed. Porto Alegre: Evangraf, 2012. p.178-201.

SPARKS, D. L. Environmental soil chemistry. 2.ed. San Diego: Academic Press, 352p. 2003.

VIEIRA, F. C. B. et al. Organic matter kept Al toxicity in a subtropical no-tillage soil under long-term (21-year) legume-based crop systems and N fertilization. Australian Journal of Soil Research, Collingwood v.47, n.7, p.707-714, nov. 2009.

VITTI, G. C. et al. Cálcio, magnésio e enxofre. In: FERNANDES, M. S. (Ed.). Nutrição mineral de plantas. Viçosa: SBCS, 2006, p.299-325.

WOLT, J. D. Soil solution chemistry: applications to environmental science and agriculture. New York: John Wiley & Sons, 1994. 345p.

YAMADA, T.; ROBERTS, T. L. Potássio na agricultura brasileira. 5.ed. Piracicaba: Ed. Potafós. 2005. 841p.

ZAMBROSI, F. C. B. et al. Liming and ionic speciation of an oxisol under no-till system. Scientia Agricola, Piracicaba, v.65, n.2, p.190-203, mar./abr. 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.31413/nativa.v2i2.1369

Apontamentos

  • Não há apontamentos.