A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: TENSÕES E POSSIBILIDADES DO PROFESSOR-REFLEXIVO E DO PROFESSOR-PESQUISADOR

Autores

  • Cristiano Mezzaroba Universidade Federal de Sergipe/UFS

Palavras-chave:

professor-reflexivo, professor-pesquisador, formação de professores, Educação Física

Resumo

O ensaio tem como objetivo abordar aspectos ligados à formação de professores de Educação Física, dialogando com tensões e possibilidades relacionadas ao professor-reflexivo, proposto por Donald Schön, e também com aquilo que Stenhouse expôs quanto ao professor-pesquisador. Nessas duas abordagens é possível identificar aspectos que possivelmente ampliariam qualitativamente tanto a formação como a atuação dos professores de Educação Física, exemplificadas, no texto, quanto às questões que envolvem a (complexa) discussão sobre saúde – para além de sua abordagem biomédica; novos entendimentos em relação ao esporte e suas práticas – considerando-se seus aspectos socioculturais; e também a inclusão do uso crítico, criativo e produtivo das mídias e tecnologias visualizando possibilidades pedagógicas – naquilo proposto pela mídia-educação. Espera-se, com isso, reforçar a ideia do professor como intelectual de suas práticas, com capacidade e autonomia para lidar com o conhecimento e com os desafios que cotidianamente são apresentados a esses profissionais da educação.

Biografia do Autor

Cristiano Mezzaroba, Universidade Federal de Sergipe/UFS

Licenciado em Educação Física e Ciências Sociais/UFSC

Mestre em Educação Física/UFSC

Doutorando em Educação/UFSC

Labomídia/UFS/UFSC

Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea/UFSC

Downloads

Publicado

2016-11-07