Representação de mulheres negras: cinema, ethos e identidades. Representation of black women: movies, ethos and identities

Roberto Carlos Silva BORGES

Resumo


Por intermédio dos conceitos de ethos e imagem de si, dos Estudos da Linguagem, e dos conceitos de alteridade e identidade, como são discutidos no campo dos Estudos Culturais, este artigo pretende se configurar como contribuição para a reflexão e entendimento de algumas tramas sociais às quais estamos submetidos. Particularmente, neste caso, a partir da análise do documentário Cinderelas, lobos e um príncipe encantado, do cineasta Joel Zito, pretende-se a problematização das imagens que o senso comum constrói de mulheres negras. A fala de duas mulheres negras e prostitutas do Pelourinho (Salvador, Bahia) são o corpus desta análise.

Palavras-chave


Ethos. Identidade. Racismo. Discurso.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Zygmund. Identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 2005.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. 3 ed. Tradução de Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

CHARAUDEAU, Patrick. Discurso Político. Trad. Fabiana Komesu e Dilson Ferreira da Cruz. São Paulo: Contexto, 2006.

______. Uma análise semiolinguística do texto e do discurso. In: PAULIOKONIS, Maria Aparecida; GAVAZZI, Sigrid (Org.). Da Língua ao Discurso. Reflexões para o ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2005.

CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de

Análise do Discurso. São Paulo: Contexto, 2004.

Doméstica Legal. O Portal do Empregador Doméstico. Tabela de Salários. Disponível em: . Acesso em: 16 jan. 2012.

HALL, Stuart. Da Diáspora – Identidades e Mediações Culturais. Editora UFMG: Belo Horizonte, 2006.

____ A Identidade Cultural na Pós-Modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

______. Quem precisa de Identidade. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e Diferença. A perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2009.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis: Vozes, 1997.

MAINGUENEAU, Dominique. A propósito do Ethos. In: MOTTA, A. R.; SALGADO, L. (Org.). Ethos Discursivo. São Paulo: Contexto, 2008.

MOITA LOPES, L. P. Identidades Fragmentadas: a Construção Discursiva de Raça, Gênero e Sexualidade em Sala de Aula. Campinas: Mercado de Letras, 2002.

NICHOLS, Bill. Introdução ao Documentário. Tradução de Mônica Saddy Martins. Campinas: Papirus, 2005.

RAMOS, Fernão Pessoa. Mas afinal... o que é mesmo documentário? São Paulo: Editora Senac SP, 2008.

SANTOS, Gislene Aparecida. Mulher Negra Homem Branco. Rio de Janeiro: Pallas, 2004.

SOVIK, Liv. Aqui ninguém é branco. Rio de Janeiro: Aeroplano, 2009.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e Diferença. A perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2009.

Recebimento em: 10/03/2012.

Aceite: 15/03/2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


     
 
 

Fontes de Indexação:

        
 
 
 
R. Educ. Públ. Cuiabá:UFMT. Av. Fernando Corrêa da Costa, 2367, Boa Esperança. Cuiabá-MT, Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, sala 02 térreo.. CEP: 78.060-900 – Telefone: (65) 3615-8466. Homepage: http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica; E-Mail: rep@ufmt.br
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License
 
 
 

 

contador de visitantes Acessos

Design e editoração eletônica