Lesbianizar o irrepresentável

Autores

DOI:

10.31560/2595-3206.2018.3.6246

Resumo

Problemas de Gênero é referência incontornável para os estudos de gênero contemporâneos: nele, Judith Butler consolidou sua abordagem do gênero a partir da noção derridiana de performatividade, cujos efeitos perduram nas políticas de gênero. Objetivando melhor compreender a formação do sujeito generificado e o caráter potencialmente subversivo de suas performatividades, este ensaio dedicou-se a examinar a contraposição entre os pensamentos de Monique Wittig e Luce Irigaray, apresentada por Butler no primeiro capítulo da mencionada obra. Por fim, a partir dos (des)encontros observados, questionaram-se possibilidades renovadas de uma leitura lesbiana das políticas de gênero e sexualidade.

 

Downloads

Publicado

2019-10-02

Edição

Seção

Artigos de Tema Livre