VARIAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA CONDIÇÃO DA VEGETAÇÃO NO INTERIOR PAULISTA

Autores

  • Roberto Filgueiras betofilgueiras@gmail.com
    Universidade Federal de Viçosa/Departamento de Engenharia Agrícola
  • Donizeti Aparecido Pastori Nicolete dnicolete@gmail.com
    Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Antonio Ribeiro Cunha arcunha@fca.unesp.br
    Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Célia Regina Lopes Zimback czimback@gmail.com
    Universidade EstadualPaulista "Júlio de Mesquita Filho"

DOI:

10.31413/nativa.v7i5.7121

Resumo

A compreensão da dinâmica das condições da vegetação ao longo do tempo tem sido ampliada devido ao avanço das técnicas de sensoriamento remoto. O presente trabalho teve como objetivo analisar a dinâmica espaço-temporal da vegetação estratificada por diferentes usos e cobertura da terra, em área localizada no município de Botucatu-SP. Para isso, foram utilizadas 21 imagens da plataforma Landsat-5/TM, totalizando uma série temporal de 25 anos (1985 a 2010). As imagens foram submetidas aos processos de conversão dos números digitais para valores físicos, correção atmosférica e correção topográfica. As imagens corrigidas foram utilizadas para estimar os valores do VCI (Vegetation Condition Index). Os resultados da estimativa do VCI foram promissores para subsidiar a análise espaço-temporal da condição da vegetação em nível local, sendo sensível às variações locais de precipitação pluviométrica, amplificando a variabilidade intra-classe de uso da terra para o vigor da vegetação. O comportamento característico da floresta semidecidual (classe de uso da terra = Floresta) presente na propriedade foi perceptível nessa análise, fato que faz com se recomende essa metodologia em pesquisas futuras relacionadas a análise da condição da vegetação.

Palavras-chave: monitoramento ambiental; sensoriamento remoto; séries temporais.

 

SPATIAL AND TEMPORAL CHANGES IN VEGETATION CONDITIONS IN PAULIST INTERIOR

 

ABSTRACT:

There is an increasing demand to better understand the dynamics of the vegetation conditions over time as a result of the improvement of remote sensing techniques. Yhis study aimed to analyse the spatio-temporal behavior of vegetation, stratified by land use in area located in Botucatu-SP. We sused21 Landsat-5 TM images in 25 years (1985 – 2010) of analysis. We applied conversion of the digital numbers to physical values, atmospheric and topographic corrections, which allowed to analyze the vegetation changes by using the VCI (Vegetation Condition Index) calculation. The VCI showed a good performance in analyzing the spatiotemporal vegetation condition at a local level, it is sensitive to local variations of rainfall, it enhances the variability of the intra-class land use for the vigor of vegetation. By applying the VCI we were able to observe the vegetation pattern of the semideciduous forest (land use class = Forest) present in the area, fact that makes this methodology recommended in future researches related to the analysis of the vegetation condition.

Keywords: environmental monitoring; remote sensing; time series.

Biografia do Autor

Roberto Filgueiras, Universidade Federal de Viçosa/Departamento de Engenharia Agrícola

Engenheiro Agrícola e Ambiental formado pela Universidade Federal de Minas Gerais UFMG (2013), mestre em agronomia (irrigação e drenagem) na linha de geoprocessamento, pela Universidade Estadual Paulista UNESP. Doutorando em Engenharia Agrícola, com foco em manejo de irrigação via sensoriamento remoto, pela Universidade Federal de Viçosa UFV. Possui experiência na área de recursos hídricos, agrometeorologia, sensoriamento remoto, sistema de informação geográfica, geoestatística e machine learning.

Donizeti Aparecido Pastori Nicolete, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2012) e mestrado em Agronomia (Irrigação e Drenagem) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2015). Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Geoprocessamento.

 

Antonio Ribeiro Cunha, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

É graduado em Engenharia Agronômica pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP (1989), mestre em Agronomia (Energia na Agricultura) pela Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP (1996), doutor em Agronomia (Energia na Agricultura) pela Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP (2001) e com pós-doutoramento em Agronomia (Produção Vegetal) na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP (2008). Trabalha na FCA - UNESP como Engenheiro Agronômo Dr. com especialização em Agrometeorologia, atuando principalmente nas seguintes áreas: climatologia, instrumental agrometeorológico (datalogger), micrometeorologia, balanço de energia e de radiação, radiação solar, evapotranspiração, ambiente protegido, e plasticultura agrícola.

Célia Regina Lopes Zimback, Universidade EstadualPaulista "Júlio de Mesquita Filho"

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1978), mestrado em Agronomia (Irrigação e Drenagem) pela Universidade Estadual Paulista UNESP (1991) e doutorado em Agronomia (Irrigação e Drenagem) pela Universidade Estadual Paulista UNESP (1993). Atualmente é Professor Adjunto III da Universidade Estadual Paulista UNESP. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Geotecnologias, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Solos, Sistema de Informação Geográfica - SIG, CAD, GPS, Levantamento de Solos, Geoestatística e Sensoriamento Remoto.

Referências

ANDRADE, R. G.; SEDIYAMA, G.; SOARES, V. P.; GLERIANI, J. M.; MENEZES, S. J. M. C. Estimativa da produtividade da cana-de-açúcar utilizando o Sebal e imagens Landsat. Revista Brasileira de Meteorologia, São José dos Campos, v. 29, n. e, p. 433-442, 2014.

BASTIAANSSEN, W. G. M.; MOLDEN, D. J.; MAKIN, I. W. Remote sensing for irrigated agriculture: examples from research and possible applications. Agricultural Water Management, Amsterdam, v. 46, n. 2, p. 137-155, 2000. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/S0378-3774(00)00080-9

CARVALHO, W. A.; PANOSO, L. A.; MORAES, M. H. Levantamento semidetalhado dos solos da Fazenda Experimental Edgardia – Município de Botucatu. Botucatu: Faculdade de Ciências Agronômicas – UNESP; 1991. 467 p.

CHANDER, G.; MARKHAM, B. L.; HELDER, D. L. Summary of current radiometric calibration coefficients for Landsat MSS, TM, ETM+,and EO-1 ALI sensors. Remote Sensing of Environment, New York, v. 113, n. 5, p. 893-903, 2009. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/j.rse.2009.01.007

CHAVEZ JR, P. S. An improved dark-object subtraction technique for atmospheric scattering correction of multispectral data. Remote Sensing Of Environment, New York, v. 24, n. 3, p. 459-479, 1988. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/0034-4257(88)90019-3

CPTEC_CENTRO DE PREVISÃO DE TEMPOS E ESTUDOS CLIMÁTICOS/INPE_INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS. El niño e la niño. 2015. Disponível em: <http://enos.cptec.inpe.br/tab_elnino.shtml>. Acesso em: 02 de fev. de 2016

CUNHA, A. R.; MARTINS, D. Classificação climática para os municípios de Botucatu e São Manuel-SP. Irriga, Botucatu, v. 14, n. 1, p. 1-11, 2009.

DU, L.; TIAN, Q.; YU, T.; MENG, Q.; JANCSO, T.; UDVARDY, P.; HUANG, Y. A comprehensive drought monitoring method integrating MODIS and TRMM data. International Journal of Applied Earth Observation and Geoinformation, Enschede, v. 23, p. 245-253, 2013. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/j.jag.2012.09.010

INPE_INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS. O que é El niño e La niña. 2015. Disponível em: <http://enos.cptec.inpe.br/tab_elnino.shtml>. Acesso em: 02 de fev. de 2016.

JENSEN, J. R. Sensoriamento Remoto do Ambiente: uma perspectiva em recursos terrestres. São José dos Campos: Parêntese, 2009. 598 p.

JIANG, R.; JIANCANG, X.; HAILONG, H.; CHUN-CHAO, K.; JIWEI, Z.; MINGXIANG, Y. Spatiotemporal variability and predictability of Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) in Alberta, Canada. International Journal of Biometeorology, Lisse, v. 60, n. 9, p. 1389-1403, 2016. DOI: https://dx.doi.org/10.1007/s00484-015-1132-5

JIAO, W.; ZHANG, L.; CHANG, Q.; FU, D.; CEN, Y.; TONG, Q. Evaluating an enhanced Vegetation Condition Index (VCI) based on VIUPD for drought monitoring in the continental United States. Remote Sensing, v. 8, n. 3, p. 224, 2016. DOI: https://dx.doi.org/10.3390/rs8030224

JORGE, L. A. B.; SARTORI, M. S. Uso do solo e análise temporal da ocorrência de vegetação natural na fazenda experimental Edgardia, em Botucatu-SP. Revista Árvore, Viçosa, v. 26, n. 5, p. 585-592, 2002. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622002000500009

KOGAN, F. N. Application of vegetation index and brightness temperature for drought detection. Advances in Space Research, Oxford, v. 15, n. 11, p. 91-100, 1995. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/0273-1177(95)00079-T

LI, Z.; LIU, X.; MA, T.; KEJIA, D.; ZHOU, Q.; YAO, B.; NIU, T. Retrieval of the surface evapotranspiration patterns in the alpine grassland–wetland ecosystem applying SEBAL model in the source region of the Yellow River, China. Ecological Modelling, Amsterdam, v. 270, p. 64-75, 2013. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/j.ecolmodel.2013.09.004

MATOS, R. C. M.; CANDEIAS, A. L. B.; AZEVEDO, J. R. G.; HATTERMANN, F. F.; KOCH, H.; KLEINSCHMIT, B. Análise multitemporal do albedo, ndvi e temperatura no entorno do reservatório de Itaparica – Pe: Anos De 1985 E 2010. Revista Brasileira de Cartografia, Monte Carmelo, v. 67, n. 3, p. 545-554, 2015.

QGIS Development Team (2015) QGIS. Versão 2.8.3. 2015. Disponível em: <http://www.qgis.org/en/site/>. Acesso em: 23 de junho de 2015.

OLIVEIRA, T. H.; DANTAS, J. G.; GALVÍNCIO, J. D.; PIMENTEL, R. M. M.; BOTLER, M. Análise da Variação Espaço-Temporal das Áreas Verdes e da Qualidade Ambiental em Áreas Urbanas, Recife-PE. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v. 7, n. 6, p. 1196-1214, 2014.

PONZONI, F. J.; SHIMABUKURO, Y. E.; KUPLICH, T. M. Sensoriamento Remoto da Vegetação. 2 ed. São Paulo: Oficina de textos, 2012. 176 p.

RHEE, J.; IM, J.; CARBONE, G. J. Monitoring agricultural drought for arid and humid regions using multi-sensor remote sensing data. Remote Sensing of Environment, New York, v. 114, n. 12, p. 2875-2887, 2000. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/j.rse.2010.07.005

ROBINOVE, C. J.; CHAVEZ JR, P. S.; GEHRING, D.; HOLMGREN, R. Arid Land Monitoring Using Landsat Albedo Difference Images. Remote Sensing of Environment, New York, v. 11, p. 133-156, 1981. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/0034-4257(81)90014-6

ROUSE, J. W. Monitoring the vernal advancement of retrogradation (greenwave effect) of natural vegetation. Greenbelt, MD: NASA/GSFC, 1974. Type III.

SANTOS, J. E. O.; NICOLETE, D. A. P.; FILGUEIRAS, R.; LEDA, V. C.; ZIMBACK, C. R. L. Imagens do Landsat-8 no mapeamento de superficies em área irrigada. Irriga, p. 30-36, 2015.

CAMARA, G.; SOUZA, R. C. M.; FREITAS, U. M.; GARRIDO, J.; MITSUO JUNIOR, F. Spring: integrating remote sensing and GIS by object oriented data modelling. Computers & Graphics, v. 20, n. 3, p. 395-403, 1996.

SOUSA JR, M. A.; LACRUZ, M. S. P. Sensoriamento remote para seca/estiagem. In: SAUSEN, T. M.; LACRUZ, M. S. P. Sensoriamento Remote para Desastres. São Paulo: Oficina de textos; 2015. 149-174.

TEILLET, P. M.; GUINDON, B.; GOODEBOUGH, D. G. On the slope-aspect correction of multispectral scanner data. Canadian Journal of Remote Sensing, v. 8, n. 2, p. 84-106, 1982.

United State Geological Survey – USGS [homepage na internet]. Decommission 2013 [acesso em 02 fev 2016]. Disponível em: http://landsat.usgs.gov/L5_Decommission.php

United State Geological Survey – USGS [homepage na internet]. Landsat processing details 2014 [acesso em 02 fev 2016]. Disponível em: http://landsat.usgs.gov/Landsat_Processing_Details.php

Downloads

Publicado

2019-09-12

Como Citar

Filgueiras, R., Nicolete, D. A. P., Cunha, A. R., & Zimback, C. R. L. (2019). VARIAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA CONDIÇÃO DA VEGETAÇÃO NO INTERIOR PAULISTA. Nativa, 7(5), 582–588. https://doi.org/10.31413/nativa.v7i5.7121

Edição

Seção

Ciências Ambientais / Environmental Sciences

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)