Uma cornucópia no Partenon: circuitos afetivos em uma vizinhança em Porto Alegre

Autores

  • Renan Giménez Azevedo UFRGS

Resumo

A partir do conceito de circuitos (Zelizer, 2009, 2011), esta etnografia trata das sociabilidades entre moradores de um conjunto habitacional em Porto Alegre, RS. O argumento central é que estas relações envolvem os sujeitos de diversas maneiras, circulando como moralidades, dinheiro, alimentos, bens, linguagens e outras formas que materializam e manifestam as afetividades. Além disso, sugere-se que estes circuitos afetivos, inicialmente restritos a alguns moradores em reciprocidade, transbordem seus limites, sendo reconfigurados e agregando outros nexos às malhas sociais daquela vizinhança.

Downloads

Publicado

2021-03-22

Edição

Seção

Dossiê Temático: Formas de habitar, vizinhança e ação política