Uma perspectiva sapatão para o estudo do Jornalismo

Autores

DOI:

10.31560/2595-3206.2019.8.10174

Resumo

A partir de breve revisão bibliográfica, detalho no que consiste uma perspectiva sapatão de análise e discuto o impacto da adoção dessa categoria em pesquisas sobre o jornalismo e a imprensa. A ideia é provocar um debate sobre a relação entre jornalismo, pesquisa científica e a produção e reprodução de desigualdades e assimetrias de poder nesses espaços. Para isso, discorro sobre a noção de lésbica/sapatão, além de discutir sobre as bases epistemológicas do jornalismo e sua relação com a heteronormatividade. Por fim, a figura da sapatão é apresentada como metáfora para guiar uma virada epistemológica.

Biografia do Autor

Paula Évelyn Silveira Barbosa, Mestre em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa

Mestre em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2019) e graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Brasília (2017). Atualmente, cursa Bacharelado em História na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, além de trabalhar como jornalista na TV Senado. É também diretora-geral do Arquivo Lésbico Brasileiro - organização da qual foi co-fundadora.

Downloads

Publicado

2020-04-15

Edição

Seção

Dossiês Temáticos