VARIABILIDADE ESPACIAL DE AGREGADOS E ESTOQUE DE CARBONO EM SOLOS ANTROPOGÊNICOS SOB FLORESTA NATIVA

Autores

  • Lucas Firmo Dantas Silva mcesarsolos@gmail.com
  • Jose Mauricio Cunha maujmc@gmail.com
  • Milton Cesar Costa Campos mcesarsolos@gmail.com
    Universidade Federal do Amazonas
  • Alan Ferreira Leite Lima mcesarsolos@gmail.com
  • Jose Marques Pantoja mcesarsolos@gmail.com
  • Marcelo Dayron Rodrigues Soares mcesarsolos@gmail.com
  • Bruno Campos Mantovanelli mcesarsolos@gmail.com

DOI:

10.31413/nativa.v5i7.4434

Resumo

As terras pretas de índio são caracterizadas por um horizonte A antrópico, de cor escura, com alto teor de matéria orgânica.  No cenário atual, muitos aspectos de sua origem e formação ainda não estão elucidados, sendo objetos de pesquisa e discussão perante a comunidade cientifica. O objetivo deste trabalho foi avaliar o perfil da variabilidade espacial da estabilidade de agregados e estoque de carbono em terras pretas de índio sob floresta nativa na região de Novo Aripuanã, Amazonas. Foi delimitada uma área com 4.480 m², estabelecido com dimensão de 56 × 80 m e demarcados pontos equidistantes espaçados a cada 7 e 8 m, totalizando 88 pontos amostrais. Foram coletadas amostras em estrutura preservada em cilindros volumétricos e agregados nas camadas de 0,00-0,05; 0,05-0,10; 0,10-0,20 m, totalizando 264 amostras de solo. Determinou-se os seguintes atributos: diâmetro médio ponderado e o diâmetro médio geométrico, agregados nas classes < 2mm e > 2mm, densidade do solo, carbono orgânico e estoque de carbono. Os dados foram submetidos a análise descritiva e geoestatística. Os atributos estudados apresentaram dependência espacial em todas as camadas. O grau de dependência espacial foi classificado como moderado e forte. Foi constatado o efeito do carbono orgânico nas propriedades da estabilidade de agregados indicando assim a influência direta desta variável. Os semivariogramas escalonados evidenciaram heterogeneidade entre as variáveis avaliadas conjuntamente.

Palavras-chave: Amazonas, matéria orgânica, A antrópico.

 

SPATIAL VARIABILITY OF AGGREGATES AND CARBON STOCK IN ANTHROPOGENIC SOILS UNDER NATIVE FORESTS

 

ABSTRACT:

The black Indian lands are characterized by an Anthropic horizon of dark color, with high content of organic matter. In the current scenario, many aspects of its origin and formation are not yet elucidated, being objects of research and discussion before the scientific community. The objective of this work was to evaluate the spatial variability profile of the aggregate stability and carbon stock in black Indian lands under native forest in the region of Novo Aripuanã, Amazonas. An area of 4,480 m² was established, established with dimensions of 56 × 80 m and demarcated equidistant points spaced every 7 and 8 m, totaling 88 sample points. Samples were collected in a preserved structure in volumetric cylinders and aggregates in the layers of 0.00-0.05; 0.05-0.10; 0.10-0.20 m, totaling 264 soil samples. The following attributes were determined: weighted mean diameter and geometric mean diameter, aggregates in the classes <2mm and> 2mm, soil density, organic carbon and carbon stock. The data were submitted to descriptive and geostatistical analysis. The attributes studied presented spatial dependence in all layers. The degree of spatial dependence was classified as moderate and strong. It was verified the effect of organic carbon on the stability properties of aggregates, thus indicating the direct influence of this variable. The phased semivariogram showed heterogeneity among the variables evaluated together.

Keywords: Amazon; organic matter; A anthropic

 

DOI: http://dx.doi.org/10.5935/2318-7670.v05nespa12

Biografia do Autor

Milton Cesar Costa Campos, Universidade Federal do Amazonas

Eng. Agronomo, Mestrado e Doutorado em Ciencia do Solo.

Referências

ALHO, L. C.; CAMPOS, M. C. C.; MANTOVANELLI, B. C.; SILVA, D. M. P.; SOUZA, Z. M.; CUNHA, J. M.; RODRIGUES, M. D. Physical and geospatial attributes of inceptisols and ultisols under native vegetation in Humaitá, AM, Brazil. Bioscience Journal, Uberlandia, v. 32, n. 2, p. 422-430, 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.14393/BJ-v32n2a2016-32656

ALHO, L. C.; CAMPOS, M. C. C.; SILVA, D. M. P.; MANTOVANELLI, B. C.; SOUZA, Z. M. Variabilidade espacial de estabilidade de agregados e estoque de carbono em Cambissolo e Argissolo. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 44, p. 246-254, 2014.

AQUINO, R. E.; CAMPOS, M. C. C.; OLIVEIRA, I. A.; MARQUES JÚNIOR, J.; SILVA, D. M. P.; SILVA, D. A. P. Variabilidade espacial de atributos físicos de solos antropogênico e não antropogênico na região de Manicoré, AM. Bioscience Journal. Uberlandia, v. 30, n. 4, p. 988-997, 2014.

BRASIL. Ministério das Minas e Energia. Projeto RADAM brasil - Folha SB. 20, Purus. Rio de Janeiro, 1978. 561p. http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv24035_a.pdf

CAJAZEIRA, J. P.; ASSIS JÚNIOR, R. N. Variabilidade espacial das frações primárias e agregados de um Argissolo no Estado do Ceará. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 42, n. 2, p. 258-267, 2011.

CAMBARDELLA, C. A.; MOORMAN, T. B.; NOVAK, J. M.; PARKIN, T. B.; KARLEN, D. L.; TURCO, R. F.; KONOPKA, A. E. Field-scale variability of soil properties in Central Iowa. Soil Science Society of American Journal, Fitchburg, v. 58, n. 5, p. 1501-1508, 1994.

CAMPOS, M. C. C.; SANTOS, L. A. C.; SILVA, D. M. P.; MANTOVANELLI, B. C.; SOARES, M. D. R. Caracterização física e química de terras pretas arqueológicas e de 314 solos não antropogênicos na região de Manicoré, Amazonas. Agro@mbiente On-line, Boa Vista, v. 6, n. 2, p. 102-109, 2012.

CAMPOS, M. C. C.; RIBEIRO, M. R.; SOUZA JÚNIOR, V. S.; RIBEIRO FILHO, M. R.; SOUZA, R. V. C. C.; ALMEIDA, M. C. Caracterização e Classificação de Terras Pretas Arqueológicas na região do Médio Rio Madeira. Bragantia, Campinas, v. 70, n. 3, p. 18-27, 2011.

CRUZ, J. S.; ASSIS JÚNIOR, R. N.; MATIAS, S. S. R.; TAMAYO, J. H. C.; TAVARES, R. C. Análise espacial de atributos físicos e carbono orgânico em Argissolo vermelho-amarelo cultivado com cana de açúcar. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 2, p. 271-278, 2010. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542010000200001

EMBRAPA, 2013. Centro Nacional de Pesquisa do Solo. Manual de métodos de análise de solo. 2 ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solo.

FALCÃO, N. P. S.; BORGES, L. F. Efeito da fertilidade de terra preta de índio da Amazônia Central no estado nutricional e na produtividade do mamão hawaí (Caricapapaya L.). Acta Amazônica, Manaus, v. 36, n. 4, p. 401-406, 2006.

GLASER, B.; BALASHOV, E.; HAUMAIER, L.; GUGGENBERGER, G.; ZECH, W. Black carbon in density fractions of anthropogenic soils of the Brazilian Amazon region. Geochemical, Rio de Janeiro, v. 31, n. 7, p. 669-678, 2000. DOI: https://doi.org/10.1016/S0146-6380(00)00044-9

GROSSMAN, R. B.; REINSCH, T. G. Bulk density and linear extensibility. In: DANE, J. H.; TOPP, C. (Eds.) Methods of soil analysis: Physical methods. Madison: Soil Science of Society of America, 2002. p. 201-228,

ISAAKS, E. H.; SRIVASTAVA, R. M. An introduction to applied geoestatistics. New York: Oxford University Press, 1989. 561p.

KÄMPF, N.; KERN, D. C. O solo como registro da ocupação humana pré-histórica na Amazônia. In: VIDALTORRADO, P.; ALLEONI, L. R. F.; COOPER, M.; SILVA, A. P.; CARDOSO, E. J. (Eds.) Tópicos em ciência do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2005. p. 277-320.

KEMPER, W. D.; ROSENAU, R. C. Aggregate stability and size distribution. In: KLUTE, A. (Ed.). Methods of soil analysis. 2. ed. American Society of Agronomy, Madison, Part 1, 1986. p. 425-442.

KERN, D. C.; KÄMPF, N. O efeito de antigos assentamentos indígenas na formação de solos com terra preta arqueológicas na região de Oriximiná - PA. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 13, n. 2, p. 219-225, 1989.

MANTOVANELLI, B. C.; CAMPOS, M. C. C.; ALHO, L. C.; FRANCISCON, U.; NASCIMENTO, M. F.; SANTOS, L. A. C. Distribuição espacial dos componentes da acidez do solo em área de campo natural na região de Humaitá, Amazonas. Revista de Ciências Agroambientais, Alta Floresta, v. 14, n. 1, p. 1-9, 2016.

MANTOVANELLI, B. C.; SILVA, D. A. P.; CAMPOS, M. C. C.; GOMES, R. P.; SOARES, M. D. R.; SANTOS, L. A. C. Avaliação dos atributos do solo sob diferentes usos na região de Humaitá, Amazonas. Amazonian Journal, Belém, v. 58, n. 2, p. 122-130, 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.4322/rca.1822

MARINS, A. C.; URIBE-OPAZO, M. A.; JOHANN, J. A. Estimadores New1 e New2 no estudo de dependência espacial da produtividade da soja e atributos físicos do solo de uma área comercial. Engenharia na Agricultura, Viçosa, v. 16, p. 133-143, 2008.

MARQUES JÚNIOR, J.; SOUZA, Z. M.; PEREIRA, G. T.; BARBIERI, D. M. Variabilidade espacial de matéria orgânica, P, K e CTC de um Latossolo cultivado com cana-de-açúcar por longo período. Revista de Biologia e Ciência da Terra, São Cristóvão, v. 8, n. 1, p. 125-143, 2008.

MOREIRA, A. Fertilidade, matéria orgânica e substâncias húmicas em solos antropogênicos da Amazônia Ocidental. Bragantia, Campinas, v. 66, n. 2, p. 307-315, 2007.

OLIVEIRA, I. A.; CAMPOS, M. C. C.; FREITAS, L.; SOARES, M. D. R. Caracterização de solos sob diferentes usos na região sul do Amazonas. Acta Amazônica. Manaus, v. 45, p. 1-12, 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-4392201400555

ROBERTSON, G. P. GS+: Geostatistics for the environmental sciences (version 5.1 for windows). Plainwell, Gamma Design Software, 1998. 152p.

RODRIGUES, M. S.; CORÁ, J. E.; FERNANDES, C. Spatial relations hips between soil attributes and corn yield in no-tillage system. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 36, n. 2, p. 599-609, 2012. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832012000200029

SANTOS, L. A. C.; CAMPOS, M. C. C.; AQUINO, R. E.; BERGAMIN, A. C.; SILVA, D. M. P.; MARQUES JÚNIOR, J.; FRANÇA, A. B. C. Caracterização de terras pretas arqueológicas no Sul do Estado do Amazonas. Revista Brasileira de Ciência do Solo. Viçosa, v. 37, n. 4, p. 825-836, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832013000400001

SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL – CPRM. Base Cartográfica digital obtida pela CPRM, a partir da base cartográfica integrada digital do Brasil ao milionésimo elaborada pelo IBGE. Manaus: SUREG, 2005.

SILVA, D. M. P.; CAMPOS, M. C. C.; ALHO, L. C.; CUNHA, J. M.; PAULA NETO, de. P. Variação espacial da estabilidade de agregados e estoque de carbono e terra preta arqueológica sob cultivo de cacau. Revista Brasileira de Agroecologia, Pelotas, v. 11, n. 3, p. 179-187, 2016.

SILVA, S. A.; SOUZA LIMA, J. S.; XAVIER, A. C.; TEIXEIRA, M. M. Variabilidade espacial de atributos químicos de um Latossolo Vermelho-amarelo húmico cultivado com café. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, n. 1, p. 15-22, 2010.

TRANGMAR, B. B.; YOST, R. S.; UEHARA, G. Applications of geoestatistics to spatial studies of soil proprieties. Advances in Agronomy, v. 38, p.45-94, 1985.

WARRICK, A. W.; NIELSEN, D. R. Spatial variability of soil physical properties in the field. In: HILLEL, D. Applications of soil physics. New York: Academic Press, 1980. cap. 2, p. 319-344.

WELDKAMP, E. Organic carbon turnover in three tropical soils under pasture after deforestation. Soil Science Society of America Journal, Fitchburg, v. 58, n. 1, p. 175-180, 1994.

YEOMANS, J. C.; BREMNER, J. M. A rapid and precise method for routine determination of organic carbon in soil. Communications in Soil Science and Plant Analysis, v. 19, n. 13, p. 1467-1476, 1988. DOI: http://dx.doi.org/10.1080/00103628809368027

ZANÃO JÚNIOR, L. A.; LANA, R. M. Q.; GUIMARÃES, E. C. Variabilidade espacial do pH, teores de matéria orgânica e micronutrientes em profundidade em um Latossolo Vermelho sob semeadura direta. Ciência Rural, Santa Maria, n. 4, v. 37, p. 1000-1007, 2007.

Downloads

Publicado

2018-01-23

Como Citar

Silva, L. F. D., Cunha, J. M., Campos, M. C. C., Lima, A. F. L., Pantoja, J. M., Soares, M. D. R., & Mantovanelli, B. C. (2018). VARIABILIDADE ESPACIAL DE AGREGADOS E ESTOQUE DE CARBONO EM SOLOS ANTROPOGÊNICOS SOB FLORESTA NATIVA. Nativa, 5(7), 540–547. https://doi.org/10.31413/nativa.v5i7.4434

Edição

Seção

Ciências Ambientais / Environmental Sciences

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)