ZAMI: Notas sobre Lesbianidade Negra na Diáspora

Aline do Nascimento Aguiar

Resumo


O presente ensaio tem como meta abordar aspectos da lesbianidade negra, que foi renomeada como Zami. São explicitados estereótipos raciais em relação a lésbicas negras, violências em decorrência do racismo e lesbo-ódio bem como as potências criadoras de lésbicas negras por meio da literatura em território brasileiro. Os aportes para esta construção textual vão da teoria lésbica negra e latina, oferecidos tanto pelo curso de pensamento lésbico quanto pelas encruzilhadas da vida, passando por autobiografia e poesia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 O autor detém os direitos autorais do texto e pode republicá-lo desde que a REBEH seja devidamente mencionada e citada como local original de publicação.

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/

Indexadores: