A POÉTICA DE CORPOS BRINCANTES NO CONTEXTO ESCOLAR

Tania Marta Costa Nhary

Resumo


Esse artigo tem por finalidade apresentar os resultados de uma pesquisa que teve por objetivo compreender os sentidos e os significados dos movimentos lúdico-corporais dos alunos do primeiro segmento do ensino fundamental, em atividades livres, sobretudo o recreio. Se fundamentou na teoria da complexidade e no Imaginário, como escola de pensamento e como método, de modo a elucidar e capturar as imagens arquetípicas que se circunscrevem nos jogos e brincadeiras “experienciados” por esses brincantes. Percebeu-se que essas atividades levam a um estado de “equilibração psico-sócio-corporal”, vivenciados por comportamentos míticos de heroicidade, solidariedade, partilha, afeto, transgressões e disputas.

Palavras-chave


Educação; Corpo; Ludicidade; Imaginário

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Corpoconsciência

Revista Corpoconsciência

Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso - FEF/UFMT

Avenida Fernando Correa da Costa, 2367, Boa Esperança, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil, CEP 78060-900

E-mail: ecmmoreira@uol.com.br