ESTUDO DO PERFIL DAS QUALIDADES FÍSICAS DE MULHERES PRATICANTES DE TREINAMENTO FUNCIONAL DO PSF - PRAIA SECA

Patricia Cristina Lucas de Souza, Rosana Dias de Oliveira, Edwar Santana, Carlos Soares Pernambuco

Resumo


O objetivo da pesquisa foi avaliar o perfil das qualidades físicas de praticantes de treinamento funcional cadastrados no Posto de Saúde da Família de Praia Seca – Araruama/RJ. A amostra foi composta de 20 mulheres fisicamente ativas, com idade média de 32±7.37 anos e randomizadas. Foram avaliadas a composição corporal, resistência muscular localizada, resistência aeróbica e a força. Foi feito um controle alimentar. O método de pesquisa utilizado foi o descritivo. O procedimento estatístico utilizado foi a média do desvio padrão da amostra com valores máximos e mínimos. Os resultados encontrados foram: o IMC = 21.8 (Normal); o percentual de gordura=22.9 (Acima da Média); o VO2 máx = 37 (Bom); a RML= 30 (Excelente); e a força = 31 (Normal). Conclui-se que as qualidades físicas das mulheres aqui estudadas obtiveram um comportamento dentro do esperado de acordo com os dados referenciais normativos.

Palavras-chave


Treinamento Funcional, Qualidades físicas, composição corporal, força e resistência muscular localizada

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Corpoconsciência

Revista Corpoconsciência

Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso - FEF/UFMT

Avenida Fernando Correa da Costa, 2367, Boa Esperança, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil, CEP 78060-900

E-mail: ecmmoreira@uol.com.br