Resposta da Produção Agrícola aos Preços no Centro-Oeste Brasileiro: Uma Análise de Econometria Espacial para o Período 1975-1995/1996

Autores

  • Adriano Marcos Rodrigues Figueiredo
  • Erly C. Teixeira

Resumo

A influência de uma localidade sobre seus vizinhos é sempre vista como uma interdependência entre as regiões em estudo e a localização afeta a resposta da produção agrícola às alterações de preços ou de políticas. O objetivo geral é determinar a importância dos efeitos e inter-relações decorrentes da localização na resposta da produção agrícola aos preços, na região Centro-Oeste, no período entre 1975 e 1995. Contribui-se para a literatura econômica ao conciliar um modelo de função de lucro translog com efeitos de dependência espacial nos resíduos do sistema estimado de parcelas de lucros. Existem evidências econométricas da dependência espacial nos resíduos do modelo, confirmadas pelo teste de hipótese para os parâmetros espaciais. Ocorreram altas autocorrelações espaciais positivas nos produtos, com parâmetros espaciais sempre acima de 0,91. As áreas selecionadas em geral apresentaram oferta-preço elásticas para milho e oferta-preço inelásticas para arroz e feijão. Os efeitos espaciais alteram de forma decisiva as elasticidades calculadas, mostrando que todos os produtos analisados sofrem destes efeitos. Enfatiza-se que estudos com cortes seccionais e dados geograficamente dispostos devem ser avaliados quanto à presença de dependência espacial.

Downloads

Publicado

2011-05-05

Como Citar

Figueiredo, A. M. R., & Teixeira, E. C. (2011). Resposta da Produção Agrícola aos Preços no Centro-Oeste Brasileiro: Uma Análise de Econometria Espacial para o Período 1975-1995/1996. Revista De Estudos Sociais, 4(8), 72-104. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/res/article/view/188

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)