Projetos de Assentamento Boa Esperança e Humaitá: Um Estudo de Desempenho Econômico em Dois Períodos

Autores

  • Gisele Elaine Araújo Batista Souza
  • Elyson Ferreira de Souza
  • Raimundo Cláudio Gomes Maciel

Resumo

Os Projetos de Assentamentos Dirigidos (PAD’s), instalados no Acre, a partir de 1976, por meio do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), foram apresentados como uma proposta de desenvolvimento promissora para a atividade agrícola, alicerçada nos moldes da agricultura familiar. Dentre esses projetos, foram criados os PAD’s Boa Esperança e Humaitá, localizados nos municípios de Sena Madureira-AC e Porto Acre-AC, respectivamente. No entanto, a pequena produção familiar agrícola desses assentamentos enfrenta diversos e difíceis obstáculos para se estabelecer no modelo da agricultura moderna. Diante destas limitações, busca-se transformar essa realidade mediante a implementação de políticas públicas. Contudo, não pode haver transformação sem o conhecimento empírico dessa realidade. Considerando a carência de estudos sobre a situação sócio-econômica da produção familiar rural na Amazônia Ocidental, especificamente no Estado do Acre, a partir de 1996, o Departamento de Economia da Universidade Federal do Acre (UFAC), iniciou o Projeto Análise Econômica de Sistemas Básicos da Produção Familiar Rural no Estado do Acre (ASPF), com o objetivo de pesquisar três sistemas de produção predominantes na região do Vale do Acre, o extrativista, o agrícola e o agroflorestal. Este estudo propõe-se a analisar e comparar o desempenho sócio-econômico dos PAD’s Boa Esperança e Humaitá, situados no contexto do sistema agrícola, na região do Vale do Acre, utilizando como referência os ciclos produtivos de 1996/1997 e 2005/2006, mediante indicadores de resultados econômicos adequados à região. Os resultados apontam que, apesar da aparente melhora nos rendimentos das famílias pesquisadas, a parcela de renda apropriada pelos produtores ainda continua insuficiente para a reprodução das famílias, tendo em vista seus gastos no mercado, além da redução da eficiência econômica entre as unidades produtivas analisadas.PALAVRAS-CHAVES: Agricultura familiar; Projetos de Assentamento Dirigidos; Análise Econômica.

Downloads

Publicado

2014-08-11

Como Citar

Souza, G. E. A. B., Souza, E. F. de, & Maciel, R. C. G. (2014). Projetos de Assentamento Boa Esperança e Humaitá: Um Estudo de Desempenho Econômico em Dois Períodos. Revista De Estudos Sociais, 14(28), 132-148. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/res/article/view/1834

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)