QUANTIFICAÇÃO DO BANCO DE SEMENTE DE PLANTAS DANINHAS SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DO SOLO

Autores

DOI:

10.31413/nativa.v9i4.11290

Resumo

A composição, dinâmica e longevidade do banco de semente do solo é variável em função do sistema de manejo, condições climáticas e espécies de plantas daninhas presentes. Desse modo, objetivou-se quantificar o banco de semente de plantas daninhas do solo sob diferentes sistemas de manejo do solo. O experimento foi realizado em área de cerrado, no campo experimental da Embrapa e posteriormente em casa da vegetação do curso de Agronomia da Universidade Federal de Roraima, em Boa Vista-RR. Foi utilizado delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 5x4x2 com quatro repetições. Os tratamentos consistiram do uso associado entre cinco diferentes sistemas de manejo do solo (vegetação nativa, cultivo mínimo, sistema plantio direto, sistema convencional e sistema convencional com rotação de cultura), quatro profundidades de solo (0-5; 5-10; 10-15 e 15-20) cm e duas amostras de solo (indeformada e deformada). O sistema plantio direto mostrou-se eficiente no controle de plantas daninhas, pois o número de germinantes foi inferior ao observado no sistema convencional, convencional com rotação e vegetação nativa. O maior número de germinantes são encontradas nas amostras deformadas e nas profundidades 0-5 e 5-10 cm do solo.

Referências

ALBERGUINI, A. L.; YAMASHITA, O. M. Profundidade de semeadura e presença de palha afetam a emergência de plântulas de Vernonia ferruginea. Planta Daninha, Viçosa, v. 28, p. 1005-1013, 2010.

ALBUQUERQUE, J. A. A.; MELO, V. F.; SOARES, M. B.; FINOTO, L. F.; SIQUEIRA, R. H. S.; MARTINS S. A. Fitossociologia e características morfológicas de plantas daninhas após cultivo de milho em plantio convencional no cerrado de Roraima. Revista Agro@mbiente, Boa Vista, v. 7, n. 3, p. 313-321, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v7i3.1392

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal: FUNEP, 2000. 588p.

CHAUHAN, B. S.; SINGH, R. G.; MAHAJAN, G. Weed ecology and management in conservation agriculture: a review. Crop Protection, v. 38, p. 57-65, 2012. DOI: 10.1016 / j.cropro.2012.03.010

COSTA, C. J.; ARAÚJO, R. B.; BÔAS, H. D. C. VILLAS. Tratamentos para a superação de dormência em sementes de Brachiaria humidicola (Rendle) Schweick. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 41, n. 4, p. 519-524, 2011.

COSTA, J. R.; MITJA, D.; FONTES, J. R. A. Bancos de sementes de plantas daninhas em cultivos de mandioca na Amazônia Central. Planta Daninha, Viçosa, v. 27, p. 665-671, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-83582009000400004

EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 5 ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2018. 356p.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000600001

FRANCHINI, J. C.; COSTA, J. M. da; TORRES, H. D. E. Importância da rotação de culturas para a produção agrícola sustentável no Paraná. Londrina: Embrapa Soja, 2011. 50p. (Documento, 327).

GOMES JR, F. G.; CHRISTOFFOLETI, P. J. Biologia e manejo de plantas daninhas em áreas de plantio direto. Planta Daninha, Viçosa, v. 26, p. 789-98, 2008.

GOULART, F. D. A. P.; ANDRES, A.; AGOSTINETTO, D.; SCHMITZ, M. F.; MARTINS, M. B. Rotação de culturas e preparo do solo sobre o banco de sementes de plantas daninhas em terras baixas. Revista Brasileira de Herbicidas, Londrina, v. 18, n. 4, p. 680-691, 2019. DOI: https://doi.org/10.7824/rbh.v18i4.680

LACERDA, K. L. P.; CORDEIRO, M. A. S.; VERGINASSI, A.; SALGADO, F. H. M. Organic carbon, biomass and microbial activity in an Oxisol under different management systems. Revista Ciências Agrárias, Lisboa, v. 56., p. 249-254, 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.4322/rca.2013.036

LUZ, F. N.; YAMASHITA, O. M.; FERRARESI, D. A.; CARVALHO, M. A. C.; CAMPOS, O. R.; KOGA, P. S.; MASSAROTO, J. A. Interferência de luz, temperatura, profundidade de semeadura e palhada na germinação e emergência de Murdannia nudiflora. Comunicata Scientiae, Bom Jesus, v. 5, n. 1, p. 26-33, 2014. DOI: https://doi.org/10.14295/cs.v5i1.238

TRINDADE LESSA, B. F.; FERREIRA, V. M.; ARAÚJO NETO, J. C.; SOUZA, R. C. Germinação de sementes de Emilia coccinea (Sims) G. DON em função da luminosidade, temperatura, armazenamento e profundidade de semeadura. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 34, n. 1, p. 3193-3204, 2013. DOI: 10.5433/1679-0359.2013v34n6Supl1p3193

LINDQUIST, J. L.; MAXWELL, B. D. The horizontal dispersal pattern of weed seed surrogates by farms machinery. Weed Science Society, v. 46, p. 108-109, 1991.

LORENZI, H. Manual de Identificação e Controle de Plantas Daninhas – Plantio Direto e Convencional. 7 ed. Nova Odessa: Instituto Platarum, 2014. 379p.

LORENZI, H. Plantas Daninhas do Brasil – terrestres, aquáticas, parasitas e tóxicas. 3 ed. Nova Odessa: Instituto Platarum, 2000. 608p.

MONQUERO, P. A.; HIJANO, N.; ORZARI, I.; SANTOS SABBAG, R.; SILVA HIRATA, A. C. Profundidade de semeadura, pH, textura e manejo da cobertura do solo na emergência de plântulas de Rottboellia exaltata. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 33, n. 1, p. 2799-2812, 2012. DOI: 10.5433/1679-0359.2012v33Supl1p2799

MOREIRA, H. J. da C.; BRAGANÇA, H. B. N. Manual de Identificação de Plantas Infestantes – Cultivos de Verão. Campinas: Ed. FMC, 2010. 642p.

LOUSADA L. L.; ESTEVES B. S. Banco de Sementes de Plantas Daninhas em Áreas de Cana-de-açúcar no Norte Fluminense. Revista FIMCA, Porto Velho, v. 4, p. 49-58, 2017. DOI: https://doi.org/10.37157/fimca.v4i1.9

MELO, A. K. P.; ALBUQUERQUE, J. A. A.; SIQUEIRA, R. H. S.; SILVA, E. E.; MEDEIROS, R. D.; SOUZA, K. T. S.; SOUZA, L. T.; GONÇALVES, A. C. M.; SOARES, M. B. B. Occurrence of noxious weeds under different soil management systems. Applied Ecology and Environmental Research, v. 19, n. 3, p. 2061-2072, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.15666/aeer/1903_20612072

MENEZES, P. H. S.; ALBUQUERQUE, J. A. A.; SMIDERLE, J. O.; MEDEIROS, R. D.; ALVES, J. M. A.; GIANLUPPI, D. Occurrence of weeds in areas submitted to tillage managements for soybean cultivation in the Cerrado of Roraima. Planta Daninha, Viçosa, v. 37, e019193014, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/s0100-83582019370100079

NOGUEIRA, B. C. B.; SILVA, J. W. L.; BEZERRA, A. M. E.; FILHO, S. M. Efeito da temperatura e luz na germinação de sementes de Luetzelburgia auriculata (Alemão) Ducke-Fabaceae. Acta Botânica Brasileira, Brasília, v. 26, n. 4, p. 772-778, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-33062012000400006

ORZARI, I.; MONQUERO, P. A.; REIS, F. C.; ABBAG, R. S.; HIRATA, A. C. S. Germinação de espécies da família Convolvulaceae sob diferentes condições de luz, temperatura e profundidade de semeadura. Planta Daninha, Viçosa, v. 31, n. 1, p. 53-61, 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-83582013000100006

PORTUGAL, A. F.; COSTA, O. D. V.; COSTA L. M. Propriedades físicas e químicas do solo em áreas com sistemas produtivos e mata na região da zona da mata mineira. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, n. 1, p. 75-585, 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-06832010000200032

ROBERTS, H. A.; NEILSON, J. E. Seed bank of soils under vegetable cropping in England. Weed Research, v. 22, n. 1, p. 13-16, 1982.

RONCHI, C. P.; SERRANO, L. A. L.; SILVA, A. A.; GUIMARÃES, O. R. Manejo de plantas daninhas na cultura do tomateiro. Planta Daninha, Viçosa, v. 8, n. 1, p. 215-228, 2010.

SCHWARTZ, L. M.; GIBSON, D. J.; GAGE, K. L.; MATTHEWS, J. L.; JORDAN, D. L.; OWEN, M. D.; YOUNG, B. G. Seedbank and weed field emergence in glyphosate resistant cropping systems in the United States. Weed Science, v. 63, n. 2, p. 425-439, 2015. DOI: 10.1614/WS-D-14-00089.1

SOARES, M. B. B.; FINOTO, E. L.; BOLONHEZI, D.; CARREGA, W. C.; ALBUQUERQUE, J. A. A.; PIROTTA, M. Z. Fitossociologia de plantas daninhas sob diferentes sistemas de manejo de solo em áreas de reforma de cana crua. Revista Agro@mbiente, Boa Vista, v. 5, n. 3, p. 173-181, 2011. DOI: 10.18227/1982-8470ragro.v5i3.594

TEIXEIRA JUNIOR, D. L.; ALVES, J. M. A.; ALBUQUERQUE, J. A. A.; ROCHA, P. R. R.; CASTRO, T. S.; BARRETO, G. F. Ocorrência de plantas daninhas na cultura do feijão-caupi sob quatro manejos na Amazônia Ocidental. Nativa, Sinop, v. 8, n. 3, p. 427-435, 2020. DOI: https://doi.org/10.31413/nativa.v8i3.8949

YAMASHITA, O. M.; GUIMARÃES, S. C.; ALBUQUERQUE, M. C. F.; CARVALHO, M. A. C.; MASSAROTO, J. A.; KOGA, P. S.; CAMPOS, O. R. Germinação de sementes de duas espécies de Conyza em função da presença ou ausência de luz e interação com a adição de nitrato e ácido giberélico no substrato. Ambiência, Guarapuava, v. 12, n. 2, p. 655 - 666, 2016. DOI: 10.5935/ambiencia.2016.02.10

YENISH, J. P.; DOLL, J. D.; BUHLER, D. D. Effects of tillage on vertical distribution and viability of weed seed insoil. Weed Science, v. 40, n. 3, p. 429-433, 1992. https://doi.org/10.1590/S0100-83582008000400010

ZUFFO, A. M.; ANDRADE, F. R.; SILVA, L. M. A.; MENEZES, K. O.; SILVA, R. L.; PIAUILINO, A. C. Profundidade de semeadura e superação de dormência no crescimento inicial de sementes de Brachiaria dictyoneura (Fig. & De Not.) Stapf (1919) cv. Llanero. Revista Ceres, Viçosa, v. 61, n. 6, p. 948-955, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/0034-737X20146106009

Downloads

Publicado

2021-09-24

Como Citar

Pereira Melo, A. K., Alves Albuquerque, J. A., Henrique da Silva Siqueira, R. ., Evangelista da Silva, E., Dantas de Medeiros, R., Torres de Souza, L., & de Melo Gonçalves, A. C. . (2021). QUANTIFICAÇÃO DO BANCO DE SEMENTE DE PLANTAS DANINHAS SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DO SOLO. Nativa, 9(4), 367-372. https://doi.org/10.31413/nativa.v9i4.11290

Edição

Seção

Agronomia / Agronomy