Extensão Universitária e Proposta Curricular: Desafios entre teoria e Prática na Formação de Professores de geografia no norte de Tocantins

Autores

Palavras-chave:

Ensino superior. Docência. Comunidade. Responsabilidade social.

Resumo

No Brasil, a partir dos anos sessenta do século XX, as universidades procuram se integrar ao papel transformador de desenvolvimento regional nas áreas de ensino e de pesquisa, sendo que a realidade socioeconômica da comunidade tornou-se função da Extensão universitária. O objetivo desse artigo é refletir sobre a Extensão universitária na formação de professores de Geografia no norte do Estado do Tocantins. Essa análise é resultante de trabalhos realizados na Universidade federal do Tocantins, no Campus da cidade de Araguaína-TO. A metodologia qualitativa serviu como suporte de pesquisa bibliográfica e documental. A abordagem teórica apresenta a trajetória da Extensão universitária no Brasil. Os documentos analisados foram o Plano de Desenvolvimento Institucional-PDI (2016-2020), a Proposta pedagógica- PPC (2009) do curso de Geografia, a Resolução da extensão na educação brasileira de nº 7 de 2018 e relatórios pessoais oriundos de resultados parciais de pesquisa e de projetos de extensão desenvolvidos na Universidade Federal do Tocantins/Campus-Araguaína. Esses dados revelam que apesar de constar nas resoluções e propostas curriculares, existem de modo geral inúmeras dificuldades de compreensão conceitual da Extensão Universitária. Os modelos postulados pelas maiores universidades públicas brasileiras a partir do tripé indissociável do ensino, pesquisa e extensão inviabiliza o entendimento teórico e prático das ações de extensão nos diversos cursos de ensino superior distribuídos pelo Brasil. Portanto, a conceituação da extensão universitária precisa ser discutida, no sentido, de orientação indissociável ou a articulação da extensão ao ensino e a pesquisa, na melhoria da responsabilidade social e da qualidade da educação superior no Brasil.

 

Biografia do Autor

Antonia Márcia Duarte Queiroz, Professora Adjunta na Universidade Federal do Norte do Tocantins

Graduada em Geografia e doutora pela Universidade Federal de Uberlandia UFU-professora Adjunta na Universidade Federal do Tocantins

Referências

BEMVENUTI, Vera Lucia Schneider; Extensão Universitária: momentos históricos de sua institucionalização; Revista eletrônica de extensão da URI; Erexim. v.1, Ano1, nº 2, p. 8-17. Maio, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB, Nº 9394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. In: http://www.portalmec.gov.br.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. BNCC. Disponível em http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em outubro de 2019.

BUARQUE, Cristovam; A aventura da universidade; editora da Universidade Estadual Paulista; São Paulo; Paz e Terra; Rio de Janeiro; 1994.

FÓRUM de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras; Extensão Universitária: organização e sistematização; Edison José Corrêa. Coordenação Nacional do FORPROEX. Belo Horizonte; Coopmed, 2007. 112p.

GURGEL, Roberto Mauro, Extensão universitária: comunicação ou domesticação? Ed. Cortez; Autores associados; Coleção educação contemporânea; Universidade Federal do Ceará; 1986.

NOGUEIRA, Maria das Dores Pimentel. Políticas de extensão universitária brasileira. Belo Horizonte; Editora UFMG; 2005.

Plano Desenvolvimento Institucional-PDI (2016-2020). Universidade Federal do Tocantins. Palmas: Conselho Universitário (CONSUNI); UFT, 2016.

Projeto Pedagógico do Curso de Geografia- PPC. Resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) N.º 46/2009. Universidade Federal do Tocantins. Araguaína; Dezembro de 2009.

REIS, Renato Hilário. A Institucionalização da Extensão. Educação Superior- Periódicos- 1: Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras pág. 67 volume.1-, n.1,1978, Brasília, CRUB. 1992. Semestral.

TORRES, Alex Fabiani de Brito, Análise e sistematização das proposições sobre a extensão universitária brasileira; Viçosa: UFV; 2003. 206. : il.

WANDERLEY, Luiz Eduardo W. O que é Universidade; 1ª ed. editora brasiliense. São Paulo; 1988.

WOLFF, Robert Paul; O ideal da universidade; Tradução de Sonia Veasey Rodrigues, Maria Cecília Pires Barbosa Lima; Editora da Universidade Estadual Paulista, 1993; - (Universitas).

Downloads

Publicado

2022-10-25

Como Citar

Queiroz, A. M. D., Queiroz, J. D., & Silva, R. A. (2022). Extensão Universitária e Proposta Curricular: Desafios entre teoria e Prática na Formação de Professores de geografia no norte de Tocantins. Revista Geoaraguaia, 12(especial), 201-225. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/geo/article/view/10073

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)