Políticas de Colonização: Uma Análise da Região Oeste do Paraná Antes e Depois do Golpe Militar de 1964

Autores

  • Erneldo Schallenberger
  • Iara Elisa Schneider

Resumo

Este artigo pretende analisar, através de um estudo de caso, como as políticas de colonização adotadas pelo governo em diferentes conjecturas políticas influenciaram na colonização e no desenvolvimento de certas regiões. Para tanto, será analisada a região Oeste do Paraná, cuja colonização esteve inserida no projeto de colonização e nacionalização das fronteiras denominado de “Marcha para Oeste” arquitetado pelo governo Getúlio Vargas, a partir de 1930, e foi efetivada por companhias colonizadoras particulares, atendendo aos anseios do capital, de inserir novas áreas à economia nacional e de garantir a soberania nacional, através da ocupação das áreas de fronteira. Assim, pretende-se analisar se após a instauração do regime militar, em 1964, houve alguma mudança nas formas de gerir o desenvolvimento regional e no que havia sido proposto quando da colonização da área em 1930.

 

Downloads

Publicado

2011-06-03

Como Citar

Schallenberger, E., & Schneider, I. E. (2011). Políticas de Colonização: Uma Análise da Região Oeste do Paraná Antes e Depois do Golpe Militar de 1964. Revista De Estudos Sociais, 11(21), 163-176. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/res/article/view/239

Edição

Seção

Artigos