MUDANÇAS CLIMÁTICAS E O IMPACTO NA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA NO RIO GRANDE DO NORTE

Autores

  • Thales Augusto Medeiros Penha Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Bruno César Brito Miyamoto IFRS
  • Alexandre Gori Maia IE-Unicamp

DOI:

10.19093/res13054

Resumo

No último quarto do século a discussão sobre as mudanças climáticas ganharam destaque na ciência, tanto do ponto de vista da sua real ocorrência, como também de seus impactos. A região Nordeste do Brasil se coloca numa situação peculiar sobre este tema, pois esta é acometida por um fenômeno histórico que são as secas periódicas que ocorre na região. Diante disso, entender a extensão e os impactos das mudanças climáticas sobre a região é uma questão central. Portanto, o objetivo deste artigo é analisar os impactos das secas na produção agropecuária do Rio Grande do Norte numa perspectiva ampliada englobando as mudanças climáticas. Foram coletados dados das estações climáticas do INMET, entre os anos de 1970 à 2015. Esses dados foram analisados através de procedimentos estatísticos para mensurar o fenômeno das secas e qual o impacto das mudanças climáticas nas variáveis meteorológicas do Rio Grande do Norte. Além disso, foram elaborados clusters com as variáveis climáticas para serem imputadas no modelo de dados em painel com o objetivo de mensurar o impacto na produção agropecuária do estado.

Downloads

Publicado

2022-02-01

Como Citar

Penha, T. A. M., Miyamoto, B. C. B., & Maia, A. G. (2022). MUDANÇAS CLIMÁTICAS E O IMPACTO NA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA NO RIO GRANDE DO NORTE . Revista De Estudos Sociais, 23(47). https://doi.org/10.19093/res13054

Edição

Seção

Artigos