Tecnologia da informação e comunicação na logística das atividades de corte, carregamento e transporte na indústria sucroenergética

Um estudo de caso

Autores

DOI:

10.30781/repad.v5i1.11643

Resumo

A indústria mundial está passando por uma fase de transformação com a Indústria 4.0, onde as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) têm participação fundamental para efetivação deste processo. O conceito de Indústria 4.0 expandiu-se para a agropecuária, incluindo o setor sucroenergético, no qual o Brasil vem apresentando-se, nos últimos anos, como o maior produtor mundial de açúcar e etanol. Um dos grandes desafios da indústria sucroenergética é manter uma alimentação contínua das moendas industriais com a matéria-prima do campo, portanto é essencial o bom gerenciamento das operações logísticas de Corte, Carregamento e Transporte (CCT), atividades responsáveis pela entrega da cana-de-açúcar até a indústria. Este trabalho concentrou-se na constatação e análise, através de um estudo de caso na maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, de como a implantação de TIC da Indústria 4.0 nas atividades logísticas de CCT podem proporcionar melhora na gestão. Com as constatações e análises foi possível identificar as contribuições do uso das TIC no gerenciamento e tomada de decisões no processo de CCT, além da verificação da existência de oportunidades de melhorias, principalmente no processo industrial, uma vez que a implantação das TIC da empresa estudada limitou-se somente à área agrícola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Profa. Dra. Andreia Marize Rodrigues, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal

Possui graduação em Engenharia pela UNESP (1994), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos (1998) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (2003). Atuou em empresas dos setores alimentício e metal-mecânico nas áreas Produção, Qualidade e Logística. Desde 2007 é Professora Assistente Doutora no Curso de Administração da UNESP - Campus Jaboticabal, sendo responsável pelas disciplinas "Pesquisa Operacional", "Administração de Sistemas de Informação", Administração de Materiais e Logística I" e Administração de Materiais e Logística II" e na Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração pelas disciplinas "Gestão Ambiental" e "Projeto de Pesquisa". Nesta instituição atua ainda em atividades de gestão e extensão e possui suas pesquisas nas áreas Gestão Ambiental, Medição de Desempenho Ambiental, Produção Mais Limpa e Gestão da Cadeia de Suprimentos Verde

Prof. Dr. Marcelo Girotto Rebelato, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal

Possui graduação em Engenharia de Produção Mecânica pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (1995), doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (2000) e Pós-Doutorado pela UNESP (2020). Desde 2007 é Professor Assistente Doutor no Curso de Administração da UNESP - Campus Jaboticabal onde ministra na Graduação as disciplinas "Administração da Produção I", "Administração da Produção II", "Gestão da Qualidade", "Jogos de Empresas" e "Projeto de Pesquisa" e na Pós-graduação em Administração as disciplinas "Gestão da Qualidade" e "Projeto de Pesquisa". Tem experiência na área de Administração e Engenharia de Produção, com destaque em Gestão de Resíduos Industriais - ênfase na avaliação de impactos ambientais - e em Administração da Produção, atuando principalmente nos seguintes temas: Gestão da Qualidade, Lean Manufacturing, Six Sigma, Jogos de Empresas, CEP, ISO 9001, Manutenção e Análise de Falhas.

Downloads

Publicado

2021-04-30

Como Citar

DA SILVA MIGANO, C. C.; MARIZE RODRIGUES, A. .; GIROTTO REBELATO, M. Tecnologia da informação e comunicação na logística das atividades de corte, carregamento e transporte na indústria sucroenergética: Um estudo de caso. Revista Estudos e Pesquisas em Administração, [S. l.], v. 5, n. 1, 2021. DOI: 10.30781/repad.v5i1.11643. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/11643. Acesso em: 13 maio. 2021.