A ELASTICIDADE DE TRANSMISSÃO DE PREÇOS ENTRE OS ELOS DE MERCADO: Produtor, atacado e varejo na comercialização da carne bovina no período de 1997 a 2013

Autores

  • Anderson Nunes de Carvalho Vieira Faculdade de Tecnologia do SENAI-MT (FATEC/SENAI-MT)
  • Andrey Sartori Faculdade de Tecnologia do SENAI-MT (FATEC/SENAI-MT)
  • Fabrício César de Moraes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT)
  • Rosicley Nicolao de Siqueira Faculdade de Tecnologia do SENAI-MT (FATEC/SENAI-MT)

DOI:

10.30781/repad.v4i2.10069

Palavras-chave:

Agronegócio, Elasticidade, Transmissão de Preços.

Resumo

O agronegócio brasileiro contribui essencialmente para o desenvolvimento econômico do país. Inserida nesse complexo está a cadeia de carne bovina com um percentual significativo para as exportações brasileiras impulsionando a economia através de sua participação no consumo interno de alimentos. Neste trabalho, analisa-se a elasticidade de transmissão de preços entre os elos de mercado, na cadeia da carne bovina. O modelo proposto foi implementado utilizando-se teste de raiz unitário de Dickey-Fuller Aumentado (ADF), teste de cointegração de Johansen e método de Vetor Auto Regressivo (VAR) e Vetor de Correção de Erros (VEC), Decomposição da Variância e finaliza-se com a função de impulso resposta com o choque de 1% nos elos dentro das cadeias estudadas. Os dados analisados são referentes aos preços da carne de boi praticados no atacado, no varejo e ao produtor, entre julho de 1997 e dezembro de 2013. Observa-se, de acordo com os resultados encontrados, que o atacado é o principal responsável pela transmissão de preços entre os demais elos, ou seja, choques de preço ocorridos no atacado são transmitidos de forma significativa para o produtor e o varejo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson Nunes de Carvalho Vieira, Faculdade de Tecnologia do SENAI-MT (FATEC/SENAI-MT)

Possui Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT - 2013), Especialização em Gestão Pública pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT - 2018) e Mestrado em Agronegócios e Desenvolvimento Regional (UFMT - 2015). Também possui Especialização em Ciência da Religião pelas Faculdades Evangélicas Integradas Cantares de Salomão (FEICS - 2017). Atualmente cursa Bacharelado em Administração pela Universidade de Cuiabá (UNIC), Licenciatura em Química pelo IFMT e Especialização em Desenvolvimento Urbano pelo IFMT. Trabalha como servidor público de carreira no Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (DETRAN-MT) e paralelamente como Professor junto à Faculdade de Tecnologia do SENAI Mato Grosso (FATEC/SENAI-MT) ministrando aulas para os cursos de graduação tecnológica do Eixo de Gestão de Negócios. Atua também como Tutor Presencial junto ao curso de Bacharelado em Administração Pública da UFMT. Juntamente com o Prof. Dr. Alexandro Rodrigues Ribeiro é autor do livro "BIODIESEL DE GIRASSOL EM MATO GROSSO: Uma proposta socioeconômica e ambiental para a diversificação da matriz agroenergética do estado" publicado em 2019 pela Editora Universitária da UFMT (EdUFMT). Tem experiência na área de Economia Regional, com ênfase em Agronegócios, Economia Agrícola, Economia Rural, Economia Ambiental, Gestão Pública e Desenvolvimento Socioeconômico e Rural com conhecimentos teóricos e empíricos das políticas macroeconômicas que afetam estes segmentos da Economia. Desenvolve projetos de pesquisas na área da Economia Rural e Agroenergética com a proposta de inserção do girassol como matéria-prima para a produção de biodiesel em Mato Grosso e consequentemente para a diversificação da matriz agroenergética do estado. Autonomamente realiza projetos, auditorias e consultoria financeira como Economista sob o CORECON-MT nº 2075.

Andrey Sartori, Faculdade de Tecnologia do SENAI-MT (FATEC/SENAI-MT)

Mestre em Engenharia de Produção e Inovação pelo Programa de Pós-graduação de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (conceito 7 CAPES). Título da pesquisa: Análise dos efeitos da manufatura aditiva na Cadeia de Suprimentos. Especialista em Logística Reversa (2013) pela Faculdade Grande Fortaleza - FGF. Especialista em Auditoria e Perícia (2008) pelo Instituto Cuiabano de Educação - ICE. Graduação em Administração (2005) pelo Instituto Cuiabá de Ensino e Cultura - ICEC. Tem experiência em diversas empresas como gerente e consultor. Coordenador de Cursos Superiores da Fatec Senai MT. Professor de pós-graduação e atualmente é professor de Cursos Superiores Tecnológicos da FATEC SENAI MATO GROSSO, lecionando nos cursos superiores de Logística, Gestão da Produção Industrial e Processos Gerenciais. Atuando principalmente nas seguintes disciplinas: Gestão da Produção (PCP), Distribuição, Gestão de Transportes, Armazenagem, Gestão da Cadeia e Redes de Suprimentos, Logística Reversa, Logística Internacional, Gestão de Serviços. Foi coordenador de cursos técnicos do Senai de 2011 até 2014. Avaliador e multiplicador da metodologia TRI - Teoria da Resposta ao Item. Consultor de Logística Lean e Lean Office. Ex-militar do Exército (4 anos), serviu em Angola na Missão de Paz pela ONU em 1996 UNAVEM III - Condecorado com a Medalha de Pacificador das Nações Unidas.

Fabrício César de Moraes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT)

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Mato Grosso (2013) e Mestrado em Economia pela instituição (2016), com ênfase em Agronegócios e Desenvolvimento Regional. Atualmente trabalha como professor universitário para cursos de graduação da FATEC. Tem experiência nas seguintes áreas: Matemática, Cálculo Diferencial e Integral, VGA (Vetores e Geometria Analítica), Métodos Quantitativos em Economia I e II, Estatística Econômica I e II, Métodos Quantitativos Aplicados à Gestão de Pessoas, Métodos Quantitativos Aplicados à Logística, Cálculos Aplicados, Pesquisa Operacional, Matemática Financeira, Microeconomia, Macroeconomia e Introdução à Economia.

Rosicley Nicolao de Siqueira, Faculdade de Tecnologia do SENAI-MT (FATEC/SENAI-MT)

Professora e orientadora dos cursos de Graduação e Pós-graduação da Faculdade de Tecnologia do SENAI MT. FATEC SENAI MT. Mestra em economia - linha de pesquisa: agronegócio e Desenvolvimento regional ? UFMT(2016), graduação em Administração (UFMT - 2004), - pós-graduação em docência na Educação Profissional e Tecnológica (SENAI/CETIQT 2015), especialização emAdministração/Comportamento Humano (UFMT-2014). Curso técnico em Segurança no trabalho, (SENAC 2012). Experiências profissionais em empresas nas áreas administrativas. Lecionei no período de 5 anos nos cursos técnicos (2013-2019) na Escola SENAI DISTRITO INDUSTRIAL, CUIABÁ , MT. Atualmente atua nos cursos de gestão em recursos humanos, logística, gestão da qualidade, processos gerenciais e mais cursos na Instituição em as unidades curriculares especificas do curso. Além disso, atendimento à Industria com cursos voltados à gestão de pessoas e Segurança no trabalho. Atuo também como consultora em parceria com IST (INSTITUTO SENAI DE TECNOLOGIA) em projetos de produção enxuta (Lean Manufacturing). Professora Pesquisadora em projetos de iniciação e extensão. Colaboradora técnica e pesquisadora do Projeto internacional da OIT(organização Internacional do trabalho), Ganar-Ganar ?La igualdad de Género es un buen negocio

Referências

ABIEC - Associação Brasileira das Indústria exportadoras de carne. Disponível em: http://www.abiec.com.br/Imprensa.aspx.pdf. Acesso 25/03/2019.

BACCHI, M.R.P., Previsão de preços de bovino, suíno e frango, com modelos de séries temporais. 1994. Tese (Doutorado em economia) Universidade de São Paulo, São Paulo, 1994.

BACCHI, M.R.P., Previsão de preços de bovino, suíno e frango, com modelos de séries temporais. 1994. Tese (Doutorado em economia) Universidade de São Paulo, São Paulo, 1994.

BARROS, G.S.A, ADAMI, A.C. O, ZANDONÁ, N.F, Embarques dos produtos do agronegócio recuam em 2014. CEPEA/ESALQ/USP. Piracicaba/SP, (2015).

BARROS, G.S.A, Agronegócio Brasileiro, perspectivas, desafios e uma Agenda para seu desenvolvimento. CEPEA/LES-ESALQ/USP. Piracicaba /SP, (2006).

BARROS, G.S.A. Economia da Comercialização Agrícola, CEPEA/LES-ESALQ/USP, Piracicaba /SP, 221 p. (2007).

BARROS, G. S.A. de C. Transmissão de preços pela Central de Abastecimento de São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Economia, v.44, n1, p.5-20, jan/mar.1990.

BUENO, R. L. S. Econometria de séries temporais. São Paulo: Thomson-Learning, 2011.

CEPEA - Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada. Disponível em: .Acesso em 15/09/2015.

DICKEY, D.A. and W.A. Fuller (1981). “Likelihood Ratio Statistics For Autoregressive Time Series With A Unit Root,” Econometrical 49, 1057-1072.

ENDERS, W. Appied Econometric Times Series. New York: Jonh Wiley, 1995. 433 p.

EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Disponível em: <https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/658189/1/DOC442009.pdf>. Acesso em 15 de outubro de 2015.

GARDNER, B. L. The Farm-Retail price Spread in a Competitive Food Industry. American Journal of Agricultural Economics, v. 57, n. 3, p. 399-409, 1975.

GUJARATI, D. N. Econometria Básica. 4ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier Editora LTDA, 2006.

JOHANSEN, SOREN. Likelihood-Based Inference in Cointegrated Vector Autoregressive Models. Oxford: Clarendon Press. 1995.

MARGARIDO, M.A. Transmissão de preços internacionais de suco de laranja para preços ao nível de produtor de laranja no Estado de São Paulo. Instituto de Economia Agrícola. Coleção Estudos Agrícolas 6. São Paulo-SP. 1998.

MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Agronegócio Brasileiro: Uma Oportunidade de Investimentos. Disponível em: < http://www.agricultura.gov.br/portal/>. Acesso em: 12 de agosto de 2015.

MENDES, J. T. G., PADILHA JR., J. B. Agronegócio: uma abordagem econômica. Pearson Prentice Hall, 2007. 369 p.

MANKIW, N. G. Introdução à economia: princípios de micro e macroeconomia. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

PINDYCK, Robert S.; RUBINFELD, Daniel L. Microeconomia, 7º ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2010.

SANTANA, A. C. de. Métodos Quantitativos em Economia: Elementos e Aplicações. Belém: UFRA, 2003. 484p.

ZYLBERSZTAJN, D. Economia das Organizações. In: ZYLBERSZTAJN, D; NEVES, M. F. (Orgs.) Economia e Gestão dos Negócios Agroalimentares. São Paulo: Pioneira, 2000.

Downloads

Publicado

2020-05-24