IDENTIDADE E DESENVOLVIMENTO COM ‘ISMO’- A DESTRUTIVIDADE DO CAPITAL E SUA BUSCA POR LEGITIMIDADE

Autores

  • Qelli Dias Rocha UFMT

Palavras-chave:

Identidade, Desenvolvimento, Capitalismo,

Resumo

O presente trabalho objetiva contribuir para a apreensão das políticas públicas em face do capitalismo mundializado, em sua fase política neoliberal. Para tanto, apresenta de forma breve a constituição da formação sócio-histórica brasileira por meio das análises de Florestan Fernandes e Otavio Ianni. Após, passa a discutir como as representações dos sujeitos constitutivos da classe trabalhadora, em especial mulheres negras, têm sido apropriadas pelos organismos multilaterais e internacionais afim de escamotear as demandas reais e concretas destes sujeitos às políticas culturalistas de representações-identitárias. Através de sucessivas aproximações com a realidade atual, busca por meio de mediações entre as categorias Estado, políticas sociais e desenvolvimento, evidenciar como o Estado capitalista burguês e dependente brasileiro rebaixa as necessidades concretas às demandas do mercado.

Referências

ALMEIDA, Silvio. O que é Racismo. Belo Horizonte: Letramento 2018.

ARRETCHE, Marta. Federalismo e igualdade territorial: uma contradição em termos? Dados, Rio de Janeiro 2010 , v. 53, n. 3, p. 587-620.

FERNANDES, Florestan. A revolução burguesa no Brasil. 5ª edição. São Paulo: Globo, 2006. Terceira parte – Revolução Burguesa e capitalismo dependente, capítulos 5 e 6, p. 239-336/ p. 337-424.

PAULANI, Leda. Brasil Delivery: servidão financeira e Estado de emergência econômico. São Paulo: Boitempo, 2008. “Brasil delivery: razões, contradições e limites da política econômica nos primeiros seis meses do governo Lula”, p. 15-34; “O projeto neoliberal para a sociedade brasileira: sua dinâmica e impasses”, p. 105-140.

MARANHÃO, Cézar. Desenvolvimento social como liberdade de mercado: Armarthya Sen e a renovação das promessas liberais. In: MOTA, Ana (Org.). As ideologias da contrarreforma e o serviço social. Recife: Editora da UFPE, 2010, p. 69-104.

SALVADOR, Evilasio. Fundo público e seguridade social. Capitulo 2 “O papel do financiamento na constituição das políticas de seguridade social”, p. 117-171.

SALVADOR, Evilasio; TEIXEIRA, Sandra. ORÇAMENTO E POLÍTICAS SOCIAIS: metodologia de análise na perspectiva crítica. Revista de Politicas Publicas (UFMA), v. 18, p. 15-32, 2014.

SALVADOR, Evilasio. Crise do capital e as implicações para a política de seguridade social. In: Conselho Federal de Serviço Social. (Org.). 70 Anos Serviço Social na Previdência. Brasilia: CFESS, 2015, p. 11-32.

SANTOS, Wanderley. Cidadania e justiça: a política social na ordem brasileira. 2a ed. Rio de Janeiro: Campus, 1987. Cap. 2. “Legislação, instituições e recursos da política social brasileira” e Cap. 4 “Do Laissez-faire repressivo a cidadania em recesso”, p. 6475.

Downloads

Publicado

2019-01-02