O NOVO PARÂMETRO INDENIZATÓRIO POR DANOS EXTRAPATRIMONIAIS E SUA INCOMPATIBILIDADE COM A ORDEM JURÍDICA BRASILEIRA

Autores

  • Bruna Pinheiro de Lima UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA-UEPB
  • Andreza Very Cavalcante UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA-UEPB
  • Joana Pereira Alves UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA-UEPB

Palavras-chave:

Danos extrapatrimoniais, Parâmetros de indenização, Reforma Trabalhista.

Resumo

O presente artigo tem por objeto o artigo 223º da Lei 13.467 de 13 de julho de 2017, que estabeleceu, em seu parágrafo 1º, verdadeiros parâmetros de base salarial para a apreciação de danos extrapatrimoniais de natureza indenizatória provenientes da relação de trabalho, criando uma situação de desvalor do trabalhador perante os demais que recebessem maior salário. Desta forma, objetivou-se apontar as polêmicas por trás do citado artigo, bem como apresentar fundamentos para sua rejeição por uma seara justrabalhista integrante de um Estado de direito e analisar as consequências práticas do dispositivo em questão. Para a construção do presente artigo é utilizada uma abordagem indutiva consubstanciada em um procedimento de pesquisa bibliográfica. Ao final, conclui-se que o dispositivo é incompatível com o ordenamento jurídico vigente no país, deturpando princípios constitucionais como o da igualdade e da isonomia, representando violação da dignidade dos trabalhadores, fato este reconhecido através da medida provisória de nº 808 de 14 de novembro de 2017.

 

THE NEW INDEMNIFICATION PARAMETER FOR EXTRAPATRIMONIAL DAMAGES AND ITS INCOMPATIBILITY WITH THE BRAZILIAN LEGAL ORDER

Abstract: This article focuses on the Article 223 of Law 13467 of July 13, 2017, which established, in paragraph 1, true parameters of salary base for the assessment of off-balance damages of an indemnity nature arising from the employment relationship, creating a situation of devaluation of the worker to the others who receive higher salary. In this way, it is aimed to point out the controversies behind the article, as well to present grounds for its rejection by a working class member of a State of law and to analyze the practical consequences of the device in question. For the construction of the present article an inductive approach based on a bibliographic research procedure is used. In the end, it was concluded that the mechanism is incompatible with the legal system in force in the country, distorting constitutional principles such as equality and isonomy, representing a violation of the dignity of workers, a fact recognized by provisional measure number 808 of December 14, November 2017.

Keywords: Off-balance-sheet damage. Indemnification parameters. Labor Reform.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Pinheiro de Lima, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA-UEPB

Graduanda do curso de Direito da Universidade Estadual da Paraíba-UEPB.

Andreza Very Cavalcante, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA-UEPB

Graduanda do curso de Direito da Universidade Estadual da Paraíba-UEPB.

Joana Pereira Alves, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA-UEPB

Graduanda do curso de Direito da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Referências

BARROS, Alice Monteiro de. Proteção à intimidade do empregado. São Paulo: LTR, 1997.

BASTOS, Marcelo Baltar; LEMOS, Miriam Carla. A reforma trabalhista e o dano extrapatrimonial. Disponível em: <http://domtotal.com/noticia/1157271/2017/05/a-reforma-trabalhista-e-o-dano-extrapatrimonial/>. Acesso em: 17 nov. 2017.

BENHAME, Maria Lúcia. Reforma trabalhista: indenização por dano moral será limitada e baseada no salário da vítima. Disponível em: <http://epocanegocios.globo.com/Carreira/noticia/2017/07/reforma-trabalhista-indenizacao-por-dano-moral-sera-limitada-e-baseada-no-salario-da-vitima.html>.Acesso em: 18 nov. 2017.

BRASIL. Constituição (1998). Constituição: República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988.

BRASIL. Decreto n. 5 548, de 1943. Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. Diário Oficial da União. Rio de Janeiro, 1 de maio de 1943.

BRASIL. Lei nº 5.250, de 9 de fevereiro de 1967. Regula a liberdade de manifestação do pensamento e de informação. Diário Oficial da União. Brasília, 10 de fevereiro de 1967.

BRASIL. Lei nº 13.467, de 13 de julho de 2017. Altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no5.452, de 1o de maio de 1943, e as Leis nos 6.019, de 3 de janeiro de 1974, 8.036, de 11 de maio de 1990, e 8.212, de 24 de julho de 1991, a fim de adequar a legislação às novas relações de trabalho. Diário Oficial da União. Brasília, 13 de julho de 2017.

BRASIL. Medida Provisória nº 808, de 14 de novembro de 2017. Portal da Legislação: Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Mpv/mpv808.htm>. Acesso em: 18 nov. 2017.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Arguição por Descumprimento de Preceito Fundamental - ADPF nº 130.

BRASIL. Supremo Tribunal de Justiça. Súmula nº 281. A indenização por dano moral não está sujeita à tarifação prevista na Lei de Imprensa. In: https://ww2.stj.jus.br/docs_internet/revista/eletronica/stj-revista-sumulas-2011_21_capSumula281.pdf. Brasília: Conteúdo Jurídico, 1916.

COUTO, Rafael. Do princípio da isonomia e da igualdade. Disponível em: <https://rafaghovatto.jusbrasil.com.br/artigos/325917477/do-principio-da-isonomia-e-da-igualdade>. Acesso em: 18 nov. 2017.

GOMIERO, Paulo Henrique. Regime de dano moral da reforma trabalhista não traz segurança jurídica. Disponível em: <https://www.conjur.com.br/2017-jul-26/opiniao-regime-dano-moral-reforma-trabalhista-nao-traz-seguranca>. Acesso em: 19 nov. 2017.

HISS, Tamara. Juíza do trabalho destacou oito ponto polêmicos da reforma trabalhista. Disponível em: <http://www.huffpostbrasil.com/2017/04/28/uma-juiza-do-trabalho-destacou-8-pontos-polemicos-da-reforma-tra_a_22060117/>. Acesso em: 18 nov. 2017.

HONÓRIO, Cláudia; OLIVEIRA, Fabrício Gonçalves de. Retrocesso sem precedentes: a reforma trabalhista e os danos extrapatrimoniais. Disponível em: <http://justificando.cartacapital.com.br/2017/08/14/retrocesso-sem-precedentes-reforma-trabalhista-e-os-danos-extrapatrimoniais/>. Acesso em: 18 nov. 2017.

MAIOR, Jorge Luiz Souto. Impactos do golpe trabalhista (a Lei n. 13.467/17). Disponível em: <http://www.jorgesoutomaior.com/blog/impactos-do-golpe-trabalhista-a-lei-n-1346717>. Acesso em: 19 nov. 2017.
NADER, Paulo. Introdução ao estudo do direito. 32. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2010.

NAHAS, Thereza; PEREIRA, Leone; MIZIARA, Rafael. CLT comparada urgente. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017.

SANTANA, Danilo Rodrigues. Inconstitucionalidade da indenização tarifada de dano moral prevista na Lei 13.467/2017 (Reforma Trabalhista): análise à luz da Constituição e da jurisprudência. Disponível em: <https://danilorodrigues.jusbrasil.com.br/artigos/496915428/inconstitucionalidade-da-indenizacao-tarifada-de-dano-moral-prevista-na-lei-13467-2017-reforma-trabalhista-analise-a-luz-da-constituicao-e-da-jurisprudencia>. Acesso em: 19 nov. 2017.

SANTOS, Enoque Ribeiro dos. O Dano extrapatrimonial na lei 13.467/2017, da reforma trabalhista. Disponível em: <http://genjuridico.com.br/2017/08/22/o-dano-extrapatrimonial-na-lei-13-4672017-da-reforma-trabalhista/>. Acesso em: 17 nov. 2017.

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Companhia das letras, 2004.

Downloads

Publicado

2018-02-01