TRABALHO E EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: ELEMENTOS PARA REFLEXÃO

Autores

  • Leana Oliveira Freitas UFMT
  • Gabrielle dos Santos UFMT

Palavras-chave:

Trabalho. Sistema Sociometabólico do capital. Educação superior.

Resumo

Este texto objetiva, nos marcos da teoria crítica, tratar da conexão entre trabalho e a funcionalidade da educação superior na reprodução da força de trabalho. Desta feita, retoma-se o sentido do trabalho como condição ontológica do ser social. Objetiva-se demarcar o caráter destrutivo do sistema sociometabólico do capital, que acaba por sujeitar o trabalho, a força de trabalho humana a uma condição de mercadoria passível de ser comercializada. Deste modo, empreende-se a análise da particularidade da educação superior no país, que tem seu desenvolvimento atrelado às exigências de expansão do capital o que acaba por reduzir os processos educativos a um limite muito estreito, funcional à reiteração da ordem vigente.

 

WORK AND HIGHER EDUCATION IN BRAZIL: ELEMENTS FOR REFLECTION

Abstrat:
This text aims, in the framework of critical theory, to deal with the connection between work and the functionality of higher education in the reproduction of the workforce. This moment, the sense of work as an ontological condition of the social being is taken up again. It aims to demarcate the destructive character of the sociometabolic system of capital, which ends up subjecting labor, the human labor force to a condition of commodity that can be traded. In this way, the analysis of the particularity of higher education in the country is undertaken, which has its development linked to the demands of capital expansion, which ends up reducing educational processes to a very narrow limit, functional to the reiteration of the current order.
Key words: Job. Sociometabolic system of capital. Higher Education.

Biografia do Autor

Leana Oliveira Freitas, UFMT

Assistente Social, doutora em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), professora Associada do Programa de Pós-Graduação em Política Social (Mestrado) e do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Gabrielle dos Santos, UFMT

Assistente Social, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Referências

ANTUNES, Caio S. Trabalho, alienação e emancipação: a educação em Mészáros. (Dissertação de Mestrado). Campinas: Unicamp, Faculdade de Educação, 2010.

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do Trabalho. São Paulo: Boitempo, 2009.

CIAVATTA, Maria. O conhecimento histórico e o problema teórico-metodológico das mediações. In: CIAVATA, Maria, FRIGOTTO, Gaudêncio. (org) Teoria e educação no labirinto do capital. 2ª Ed. São Paulo: Expressão Popular, 2014.

CHAUÍ, M. A. Universidade Operacional. Folha de São Paulo, 09 de maio de 1999. Caderno Mais!.
DOURADO, L. F. A Reforma do Estado e as Políticas para Educação Superior no Brasil nos anos 90. 2002. Educ. Soc., Campinas, vol.23, n.80, setembro/2002, p. 234-252. Disponível em <htttp://www.cedes.unicamp.br>. Acesso em: 03/06/2015.

FRIGOTTO, Gaudêncio. As novas e velhas faces da crise do capital e o labirinto dos referenciais teóricos. In: CIAVATA, Maria, FRIGOTTO, Gaudêncio. (org) Teoria e educação no labirinto do capital. 2ª Ed. São Paulo: Expressão Popular, 2014.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Educação e a crise do capitalismo real. São Paulo: Cortez Editora, 2000.

LUKÁCS, Gyorgy. O Trabalho. 1986. Tradução de Ivo Tonet.

MARX. Karl. O capital. Crítica da economia política. Tomo 02. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996.

MÉSZÁROS, István. A educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2008.

_____. Para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2002.

_____. Marx: a teoria da alienação. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

MINTO, Lalo Watanabe. A educação da miséria: particularidade capitalista e Educação Superior no Brasil. São Paulo: Outras expressões, 2014.

NETTO, José Paulo. Introdução ao estudo do método em Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

Downloads

Publicado

2017-07-06