A “FILA DOS OSSINHOS” NA CAPITAL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

O RETRATO DA FOME QUE CRESCE NUM CONTEXTO DE PRODUÇÃO DE RIQUEZA ABUNDANTE

Autores

DOI:

10.56267/rdtps.v8i14.13371

Palavras-chave:

Direito à alimentação, Fome, Pobreza

Resumo

Propôs-se um pensar crítico acerca daquela que se revela a mais cruel contradição no Brasil: a fome que cresce num contexto de produção de riqueza abundante, onde o alimento, que deveria ser tomado como bem público, perdeu a sua função mais básica de alimentar e nutrir para ser transformado em mercadoria, atendendo aos interesses de uma agenda capitalista neoliberal baseada no latifúndio e na monocultura de commodities. Tomando como fundamento teórico-metodológico o materialismo histórico-dialético, concluiu-se que, diante do avanço dos processos antidemocráticos que destroem as políticas sociais e do avanço agressivo do capital, faz-se urgente uma ruptura com o atual modelo de produção e à sua estrutura geradora de fome e miséria, na perspectiva de uma nova forma de sociabilidade, com sistemas agroalimentares socialmente justos, soberania alimentar e segurança alimentar e nutricional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Arielly Crispim Martins, Universidade Federal de Mato Grosso

Nutricionista (UFMT, 2017/1). Especialista em Nutrição Clínica (UFMT, 2017-2019). Mestranda do PPG em Política Social - linha de pesquisa Política Social e Direitos Sociais. (ICHS, UFMT, 2021 - 2023). Servidora Pública Federal - Carreira Técnico-Administrativo em Educação - Nutricionista lotada no Restaurante Universitário (RU) – UFMT. Atualmente Supervisora do RU.

Referências

AGÊNCIA SENADO. Recordista em desigualdade, país estuda alternativas para ajudar os mais pobres. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/infomaterias/2021/03/recordista-em-desigualdade-pais-estuda-alternativas-para-ajudar-os-mais-pobres. Acesso em: 15 set. 2021.

ARANHA, Adriana Veiga et al. Fome Zero: Uma História Brasileira. Brasília, DF: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Assessoria Zero, v. 1, 2010.

BEHRING, Elaine R. & BOSCHETTI, Ivanete. Política Social: Fundamentos e História. 9 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

BOSCHETTI, Ivanete. Supressão de direitos no capitalismo: uma forma contemporânea de expropriação? Anais do Colóquio Internacional Marx e o Marxismo 2017. De O capital à Revolução de Outubro (1867 – 1917). Mesa Coordenada 44. Expropriação e supressão de direitos no capitalismo contemporâneo: um debate necessário. Niterói: NIEP-Marx, 2017. Disponível em: https://www.niepmarx.blog.br/MManteriores/anais2017.htm. Acesso em: 30 set. 2021.

BOITO JR, Armando. Dilma, Temer e Bolsonaro: crise, ruptura e tendências na política brasileira. In: Coleção Párias Ideias: CAMELÔ, Antônio; GOUVEIA, Virgínio (org) . Goiânia-GO: Editora Phillos Academy, 2020

CAMPELLO, Tereza. Essência do Auxílio Brasil é de que pobre é preguiçoso, diz ex-ministra. Entrevista concedida ao portal UOL Economia em 25/10/2021. Disponível em: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2021/10/25/auxilio-brasil-pobre-tereza-campello-bolsa-familia-auxilio-emergencial.htm. Acesso em: 20 nov. 2021

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil: o longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014.

CNA. Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. Balança comercial do agronegócio brasileiro. Outubro de 2021. Disponível em: https://www.cnabrasil.org.br/assets/arquivos/boletins/Balanca-Comercial_outubro2021.pdf. Acesso em: 23 nov.2021

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. O agro no Brasil e no Mundo: uma síntese do período de 2000 a 2020. Disponível em: https://www.embrapa.br/documents/10180/62618376/O+AGRO+NO+BRASIL+E+NO+MUNDO.pdf/41e20155-5cd9-f4ad-7119-945e147396cb. Acesso em: 23 nov. 2021

FANTÁSTICO. Fila para conseguir doação de ossos em Cuiabá. Matéria publicada em 25 de julho de 2021. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=0cUMUVQHZ2U. Acesso em: 20 nov. 2021.

FAO. Brasil em resumo. Matéria publicada no site da FAO Brasil sem data. Disponível em: https://www.fao.org/brasil/fao-no-brasil/brasil-em-resumo/pt/. Acesso em: 30 nov.2021.

G1. MT tem quase 140 mil famílias vivendo com renda mensal abaixo de R$ 151. Matéria publicada em 21/07/2021. Disponível em: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2021/07/21/mt-tem-quase-140-mil-familias-vivendo-com-renda-mensal-abaixo-de-r-151.ghtml. Acesso em: 25 nov. 2021

GOV.BR. Superávit da balança comercial chega a US$ 58,37 bilhões no ano, com alta de 32,3%. Matéria publica em 25/10/2021. Disponível em: https://www.gov.br/pt-br/noticias/financas-impostos-e-gestao-publica/2021/10/superavit-da-balanca-comercial-chega-a-us-58-37-bilhoes-no-ano-com-alta-de-32-3. Acesso em: 22 nov. 2021

IBGE. Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios. Segurança Alimentar 2013. Rio de Janeiro: IBGE, 2014.

IBGE. Agência de Notícias. PPM 2020: rebanho bovino cresce 1,5% e chega a 218,2 milhões de cabeças. IBGE, 2020a. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/31722-ppm-2020-rebanho-bovino-cresce-1-5-e-chega-a-218-2-milhoes-de-cabecas. Acesso em: 14 nov. 2021.

IBGE. Agência de Notícias. Município de Sorriso, no Mato Grosso, lidera valor de produção em 2020. IBGE, 2020b. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/31674-municipio-de-sorriso-no-mato-grosso-lidera-valor-de-producao-em-2020. Acesso em: 14 nov. 2021

MARX, Karl. O 18 de Brumário de Luís Bonaparte. São Paulo: Boitempo, 2011.

OXFAM. QUEM PAGA A CONTA? Taxar a riqueza para enfrentar a crise da Covid-19 na América Latina e Caribe. Julho 2020. Disponível em: https://cspb.org.br/UserFiles/files/Oxfam_Quem_Paga_a_Conta.pdf. Acesso em: 30 nov. 2021.

PEREIRA-PEREIRA, Potyara A.; STEIN, Rosa. Política Social: universalidade versus focalização. Um olhar sobre América Latina. In: BOSCHETTI, I.; BEHRING, E. R.; SANTOS, S. M. M.; MIOTO, R. C. T.. (Orgs.). Capitalismo em crise, política social e direitos. São Paulo: Cortez, 2010.

REDE PENSSAN. Rede brasileira de pesquisa em soberania alimentar. VIGISAN: Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil. Rio de Janeiro: Rede Penssan, 2021.

VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes et al. Políticas públicas de alimentação e nutrição no Brasil: de Lula a Temer. Revista de Nutrição, v. 32, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rn/a/x5nRd9jQX8dZPmg8JqwrXBD/?format=pdf&lang=en. Acesso em: 30 set. 2021.

ZIEGLER, Jean. Destruição em massa. Geopolitica da Fome. São Paulo: Cortez, 2013. 335p.

Downloads

Publicado

2022-06-15

Como Citar

CRISPIM MARTINS, C. A. A “FILA DOS OSSINHOS” NA CAPITAL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO: O RETRATO DA FOME QUE CRESCE NUM CONTEXTO DE PRODUÇÃO DE RIQUEZA ABUNDANTE . REVISTA DIREITOS, TRABALHO E POLÍTICA SOCIAL, [S. l.], v. 8, n. 14, p. 128-146, 2022. DOI: 10.56267/rdtps.v8i14.13371. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/rdtps/article/view/13371. Acesso em: 6 fev. 2023.