ARGUMENTOS LOCATIVOS EM ESTRUTURAS COM VERBOS DE MOVIMENTO NA LÍNGUA DE SINAIS BRASILEIRA – LSB

Autores

  • Sílvia Saraiva de França Calixto e Heloisa Maria M. Lima Salles polifoniapa@gmail.com

Resumo

Este trabalho investiga a realização morfossintática de argumentos locativos na Língua de Sinais Brasileira – LSB, em comparação com o português brasileiro, a fim de analisar o uso de preposições na interlíngua do surdo aprendiz de português L2 (escrito). Em particular, investigamos a estrutura gramatical da oração, considerando a relação entre o uso do espaço, na realização do movimento e da orientação na LSB e o uso da categoria preposição no mesmo contexto sintático em português. Verificamos que argumentos locativos em BP apresentam preposições que indicam movimento em direção ao alvo, como ‘para’, e a partir da origem, como ‘de’, e preposições que indicam posição no espaço, como ‘em’ (cf. CUNHA; CINTRA 2001). Comparando com a estrutura da oração da Língua de Sinais Brasileira (LSB), verificamos o uso do movimento, e a orientação do movimento em direção ao alvo e a partir da origem na estrutura do sinal (cf. FERREIRA BRITO, 1995; QUADROS E KARNOPP, 2004). A partir dessa análise, investigamos a hipótese da interferência da LSB (L1) na aquisição do português L2 (escrito) pelo surdo, considerando dados do estudo de Mesquita (2008).

Downloads

Publicado

2018-09-22

Como Citar

HELOISA MARIA M. LIMA SALLES, S. S. de F. C. e. ARGUMENTOS LOCATIVOS EM ESTRUTURAS COM VERBOS DE MOVIMENTO NA LÍNGUA DE SINAIS BRASILEIRA – LSB. Polifonia, [S. l.], v. 25, n. 38.1, p. 164–173, 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/7277. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Edição Comemorativa