ENQUANTO ECOAM AS VOZES, TESSITURA POÉTICA BAKHTINIANA, EU-OUTRO, EU-OUTRO, EU-OUTRO...

Autores

  • Carina Dartora Zonin carinadzonin@yahoo.com.br
    Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
  • Antonio Marcos Vieira Sanseverino amvsanseverino@gmail.com
    Professor Adjunto de Literatura Brasileira na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Resumo

Com a vanguarda modernista contradizendo a tradição, nasce um novo modo de concepção do literário, então chamado poesia polifônica, sobre a qual iremos nos debruçar neste estudo, que pretende dar conta da forma composicional da poesia, à luz do pensamento revolucionário da moderna teoria discursiva. Para tanto, uma das discussões centrais diz respeito a uma releitura dos princípios teóricos que permearam o século XX, sobretudo, acerca dos gêneros discursivos, da dialogia e da polifonia na linguagem literária. A dinâmica das vozes, no entanto, sua instanciação e seu funcionamento, virá à tona na e pela voz do otimista, do trágico, do incrédulo, do revoltado. Culminância lírico-polifônica, na voz do poeta d’A rosa do povo.
PALAVRAS-CHAVE: poesia polifônica, modernismo literário, Carlos Drummond de Andrade

Biografia do Autor

Carina Dartora Zonin, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Doutoranda em Literatura Brasileira, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Sob orientação do professor Antonio Marcos Vieira Sanseverino, pesquisa a teoria polifônica de Bakhtin em sua releitura da prosa ao verso.

Antonio Marcos Vieira Sanseverino, Professor Adjunto de Literatura Brasileira na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Professor Adjunto de Literatura Brasileira, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Letras, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Doutor em Teoria da Literatura, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS); membro do GT Teoria do Texto Poético da ANPOLL.

Downloads

Publicado

2015-03-10

Como Citar

ZONIN, C. D.; SANSEVERINO, A. M. V. ENQUANTO ECOAM AS VOZES, TESSITURA POÉTICA BAKHTINIANA, EU-OUTRO, EU-OUTRO, EU-OUTRO... Polifonia, [S. l.], v. 21, n. 30, 2015. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/1581. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê