Os Institutos federais e o ensino de geografia em tempos de pandemia

Autores

  • Juliana Lopes Lelis de Morais Instituto Federal de Minas Gerais
  • Nelba Azevedo Penna Universidade de Brasília

Resumo

A pandemia do COVID-19 trouxe a dinâmica escolar ao centro do debate educacional, pois devido ao isolamento social e da suspensão das atividades presenciais nas instituições de ensino, emergiram distintas preocupações, fragilidades e desafios. Neste contexto, os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, em virtude de sua natureza de oferta de educação inclusiva, pública, gratuita e de qualidade, e sua ação diretamente voltada para o fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais, este artigo buscou refletir sobre as iniciativas para enfrentamento da pandemia da COVID-19, a partir das perspectivas dos professores de Geografia dessa instituição. A pesquisa teve a participação de cento e quatro professores que destacaram as suas experiências a partir do preenchimento de um questionário enviado eletronicamente. Diferentes estratégias foram adotadas por estes professores, abarcando desde aulas online, como a realização e participação em projetos interdisciplinares. E como principais desafios destacaram, a desmotivação dos alunos e a dificuldade de acesso por alguns. De modo geral, notou-se a importância do Ensino de Geografia no contexto de pandemia, ao aproximar o aluno de sua realidade e possibilitar a construção de uma visão da totalidade dos fenômenos, possibilitando atuar sobre os mesmos.

Downloads

Publicado

2021-07-13