CONHECIMENTO TRADICIONAL E O CERRADO MATO-GROSSENSE: UM MODO DE PRODUZIR CIÊNCIA

Autores

  • MARGÔ DE DAVID UNEMAT
  • CAROLINA JOANA DA SILVA UNEMAT
  • LILIANE CRISTINE SCHLEMER ALCÂNTARA UFMT
  • SANDRO BENEDITO SGUAREZI UNEMAT

Resumo

RESUMO: O artigo mostra os resultados de um estudo bibliométrico das pesquisas realizadas sobre o “conhecimento tradicional no Cerrado Mato-grossense”. Foi utilizado como critério para o levantamento de dados os periódicos científicos, publicados no período de 2009 a 2018. A busca e seleção dos artigos ocorreu entre janeiro e março de 2019, por meio de consulta eletrônica: Portal de Periódicos CAPES; Scielo - Scientific Eletronic Library Online; e Google Acadêmico - Scholar Google. Os municípios que se destacaram nas pesquisas foram Várzea Grande e Cuiabá. As Comunidades Tradicionais estão entre os grupos sociais com maior número de pesquisas; Entrevistas e Observação direta como metodologia mais utilizada; as palavras-chave mais citadas foram Etnobotânica, Conhecimento tradicional e Plantas medicinais. Assim, conclui-se que estudos sobre o conhecimento tradicional no Cerrado Mato-grossense estão sendo realizados, porém ainda existe espaço para muitas pesquisas nessa temática. Trabalhos de revisão bibliométrica são importantes instrumentos metodológicos para a concepção de novas pesquisas.

 

Palavras-chave: Bibliometria; Comunidade tradicional; Conservação.

Biografia do Autor

MARGÔ DE DAVID, UNEMAT

UNEMAT

CAROLINA JOANA DA SILVA, UNEMAT

UNEMAT

LILIANE CRISTINE SCHLEMER ALCÂNTARA, UFMT

UFMT

SANDRO BENEDITO SGUAREZI, UNEMAT

UNEMAT

Downloads

Publicado

2020-05-12