ETNOBOTÂNICA DA SERRA DO JATOBÁ: USOS LOCAIS E CONSERVAÇÃO

Autores

  • CATTLEYA DO MONTE PESSOA FELIX UFPB
  • REINALDO FARIAS PAIVA DE LUCENA UFPB
  • LEONARDO PESSOA FELIX UFPB
  • JOEL MACIEL PEREIRA CORDEIRO UFPB
  • EZEQUIEL DA COSTA FERREIRA UFPB
  • KALLYNE MACHADO BONIFÁCIO UFPB

Resumo

Resumo - A Serra do Jatobá forma um monólito localizado a 10 Km da cidade de Serra Branca que se destaca da paisagem aplainada do entorno formando um inselbergue com vegetação claramente diferenciada da vegetação do entorno. Nesse trabalho foi estudado foram levantadas as espécies de plantas conhecidas, os usos locais atribuídos a essas espécies e as formas de obtenção. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas envolvendo os chefes de famílias (11 homens e 9 mulheres), com a aplicação de formulários que tiveram questões sobre dados socioeconômicos e etnobotânicos. As pessoas entrevistadas tiveram idades entre 31 e 70 anos, com forte predomínio na faixa etária dos 51 a 70 anos (65% dos entrevistados). A maior parte das entrevistas realizadas com pessoas do sexo masculino, o que está em desacordo com a maioria dos levantamentos etnobotânicos realizados no semiárido da Paraíba. A maior parte dos entrevistados apresentou ensino fundamental incompleto, o que é incompatível com os níveis de desenvolvimento humano (IDH) atual do município, mas compatível com os IDHs da década de 1990 e a idade atual dos entrevistados. Nas entrevisas foram citadas 80 espécies pertencentes a 63 gêneros e 38 famílias, sendo as famílias Fabaceae e Euphorbiaceae as mais citadas, com 17 e 11 espécies, respectivamente, o que compatível com outros levantamentos realizados no semiárido da Paraíba. As espécies mais referidas foram Myracrodruon urunduva e Commiphora leptophloeos, ambas citadas 83 vezes, Aspidosperma pyrifolium, e Croton sonderianus, com 70 e 68 citações, respectivamente. Entre as 11 categorias de uso citadas pela comunidade, a categoria medicinal foi a mais amplamente citada, seguida pela categoria forragem, tecnologia e construção. Essas categorias de uso são amplamente referidas em outros levantamentos da caatinga e outras regiões do estado. 

 

Palavras – chave: Inselberg, Usos etnobotânicos, Uso sustentável, Especiação, Caatinga

Biografia do Autor

CATTLEYA DO MONTE PESSOA FELIX, UFPB

UFPB

REINALDO FARIAS PAIVA DE LUCENA, UFPB

UFPB

LEONARDO PESSOA FELIX, UFPB

UFPB

JOEL MACIEL PEREIRA CORDEIRO, UFPB

UFPB

EZEQUIEL DA COSTA FERREIRA, UFPB

UFPB

KALLYNE MACHADO BONIFÁCIO, UFPB

UFPB

Downloads

Publicado

2020-05-12