ESTUDO ETNOBOTÂNICO DAS ESPÉCIES Bowdichia virgilioides E Pterodon pubescens NA COMUNIDADE SALOBRA GRANDE MUNICÍPIO DE PORTO ESTRELA, MT.

Autores

  • Nadia Botini
  • Camila Aparecida Antoniazzi
  • Karolina Ascari de Souza
  • Rogério Benedito Añez

Resumo

O Cerrado é um dos biomas que possui um das floras mais diversas e muitas são usadas como plantas medicinais.  O presente estudo tem por objetivo realizar o estudo etnobotânico e investigar o uso das espécies Bowdichia virgilioides e Pterodon pubescens pelos moradores da comunidade Salobra Grande, Porto Estrela, MT. O estudo foi realizado na comunidade Salobra Grande, pertencente ao município de Porto Estrela - MT. Os dados foram obtidos através de roteiro de entrevistas semi – estruturada. Os informantes foram em sua maioria mulheres, nascidas na comunidade. O conhecimento sobre plantas medicinais foi adquirido através de seus parentes, a comunidade utiliza as plantas de diversas formas, para o tratamento de diversas doenças.

Biografia do Autor

Nadia Botini

Graduadas em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus de Tangará da Serra - MT, Brasil.

Camila Aparecida Antoniazzi

Graduadas em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus de Tangará da Serra - MT, Brasil.

Karolina Ascari de Souza

Graduadas em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus de Tangará da Serra - MT, Brasil.

Rogério Benedito Añez

Professor Adjunto da Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Ciências Biológicas, Campus de Tangará da Serra - MT, Brasil.

Downloads