COMPETIÇÃO INTERESPECÍFICA DE ALGAS BENTÔNICAS DURANTE OS ESTÁGIOS INICIAIS DE OCUPAÇÃO DO SUBSTRATO

Autores

  • Rogério Antonio Krupek
  • Andressa Denk

Resumo

As algas bentônicas ocorrem em ambientes lóticos e lênticos, sendo que sua colonização é maior em regiões litorâneas onde a disponibilidade de substrato é maior. Estas algas são importantes produtores primários, podendo sustentar uma complexa rede trófica. Possuem rápidas taxas de crescimento e elevada ocupação dos nichos em que ocorrem. Em ambientes naturais é comum a observação de duas ou mais espécies ocorrendo em pequenos espaços (seixos ou pequenos matacões), competindo por espaços específicos dentro de um ecossistema. Para o experimento foi utilizando um ambiente artificial (aquário de 0,5 x 1,0 x 0,5 metros) contendo 18 rochas de diferentes tamanhos, constituindo o substrato disponível para colonização. Neste ambiente, foram inoculadas 10 gramas de peso fresco das algas Nostoc sp. e Spirogyra sp. O processo de ocupação do substrato foi monitorado semanalmente por um período de 48 dias. A colonização foi analisada seguindo dois métodos de análise da abundância: porcentagem de cobertura por estimativa visual e área da cobertura algal por análise de imagens digitais. O estágio sucessional de cada espécie foi determinado através da análise de correlação (r de Pearson). A alga Spirogyra sp. apresentou valores mais elevados e crescentes de abundância, enquanto que Nostoc sp. mostrou valores oscilantes. Com relação ao processo de colonização, Nostoc sp. foi classificada como indiferente (r=0,485; p>0,05), enquanto que Spirogyra sp. foi classificada como uma espécie clímax (r=0,996; p<0,001). Com base nos dados obtidos concluiu-se que os baixos valores de abundância observados para Nostoc sp. indicaram a alta especificidade da espécie, enquanto que os valores mais elevados obtidos para Spirogyra sp.  sugerem que esta espécie é mais generalista quanto ao uso do substrato.

Biografia do Autor

Rogério Antonio Krupek

Colegiado de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Paraná, campus de União da Vitória. Praça Coronel amazonas s/n, Cep 84600-000, União da Vitória, Paraná, Brasil. E-mail: rogeriokrupek@yahoo.com.br.

Andressa Denk

Bióloga, Universidade Estadual do Paraná, campus de União da Vitória. Praça Coronel amazonas s/n, Cep 84600-000, União da Vitória, Paraná, Brasil.

Downloads

Publicado

2020-07-26