Efeitos da Interdepência dos Mercados de Açúcar e Álcool sobre os Preços e a Oferta do Setor Sucroalcooleiro

Michelle Moutinho Venâncio, Viviani Silva Lírio, Marília Fernandes Maciel Gomes, Camila Maria Soares Batalha

Resumo


A produção de açúcar e álcool no Brasil sempre foi relevante, não apenas em termos domésticos, mas também no que se refere à inserção externa. O País figura, atualmente, como um dos principais players no mercado sucroalcooleiro internacional. As recentes mudanças nas propostas de matriz energética mundial, que destacam a importância de ser ampliado o uso de recursos energéticos renováveis modificaram as relações de determinação de produção e criaram um ambiente menos estável. Além disso, a partir dos anos 1990 o setor sucroalcooleiro passou por grande desregulamentação que, se por um lado aumentou o potencial de autonomia e produtividade, por outro, ampliou ainda mais a exposição à concorrência. O objetivo da pesquisa consiste em avaliar os efeitos da interdependência setorial (açúcar e álcool) sobre a oferta e os preços desses produtos. A metodologia envolve uma abordagem econométrica, utilizada para que se pudessem precisar as relações entre preço e produção (direta e cruzada) para açúcar e álcool. Os resultados mostraram que o mercado de açúcar é mais estável do que o de álcool, que apresenta, ao mesmo tempo, maior dinamismo e variabilidade do comportamento. Observou-se, ainda, que a desregulamentação teve efeitos, na produção e no preço, importantes para ambos os mercados, sendo mais efetivos para o caso do álcool.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Este periódico está indexado nas bases: 

    

 

Revista de Estudos Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso/Cuiabá-MT/Brasil

Faculdade de Economia

Boa Esperança, Cuiabá-MT. CEP: 78.060-900

Telefone:(65)3615.8522 – RAMAL:203

Email: ufmt.fe.res@gmail.com