A RELAÇÃO ENTRE VARIÁVEIS SOCIODEMOGRAFICAS E UMA MARCA TOP OF MIND DE COSMETICOS

Jéssyca Lages de Carvalho Castro, Renata Torquato de Araújo Pitombeira, Macário Neri Ferreira Neto, Tiago Morais Caetano, Felipe Albuquerque Sobral e Silva

Resumo


O estudo sobre o comportamento do consumidor é importante para que as empresas construam suas marcas e consquistem consumidores, de forma que possam enfrentar a concorrência e manter a continuidade dos negócios. Neste sentindo, o presente trabalho tem como objetivo verificar se as variáveis sociodemograficas se relacionam com a marca top of mind para cuidados com os cabelos. Para tanto se utilizou de uma pesquisa descritiva, bibliográfica, do tipo survey e com a utilização de questionários semiestruturados que foram aplicados em uma amostra não probabilística e por conviniência, sendo os questionários distribuídos com uso das redes sociais e internet. Os dados foram analisados com o uso de técnicas estatística descritiva, correlação de Pearson e regressão linear simples. Após as análises se verificou uma correlação entre duas variáveis que apresentou um R² de 3,88%, não sendo possível aplicar as técnicas de regressão linear tendo em vista o não cumprimentos dos pressupostos de normalidade e homoscedastidade para o uso do modelo. Portanto, como principais achados, tem-se a marca Pantene com mais lembrada, que a melhor correlação entre as marcas e as variáveis sociodemográficas foi pantene e renda familiar, não sendo possível elaborar uma equação preditiva desta relação.


Palavras-chave


Marketing. Top of mind. Valor de marca. Comportamento do consumidor.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


AAKER, D. A. The Value of Brand Equity. Journal of Business Strategy, v. 13 n. 4, p. 27 – 32, 1992. DOI: https://doi.org/10.1108/eb039503

AAKER, D. A. Marcas: Brand Equity: gerenciando o valor da marca.10 ed. São Paulo: Elsevier, 1998, 309 p.

CASTRO, L. A. M. H. de M.; GOUVEA, M. A. Avaliação da influência do tipo de marca na decisão de compra. REGE-Revista de Gestão, São Paulo, v. 21, n. 2, p. 235-251, abr-jun. 2014. DOI: https://doi.org/10.5700/rege528

CERQUEIRA, A. C. et al. Comportamento do consumidor de cosméticos: um estudo exploratório. Revista Formadores, Cachoeira, v. 6, n. 1, p. 128, nov. 2013.

COBB-WALGREN, C. J.; RUBLE, C. A.; DONTHU, N. Brand equity, brand preference, and purchase intent. Journal of advertising, v. 24, n. 3, p. 25-40, 1995. DOI: https://doi.org/10.1080/00913367.1995.10673481

COHEN, J. Statistical Power Analysis for the Behavioral Sciences. 2 ed. New York: Psychology Press, 1988.

CORRAR, L. J.; PAULO, E.; DIAS FILHO, J. M. (Org.). Análise multivariada: para os cursos de Administração. Ciências Contábeis e Economia. São Paulo: Atlas, 2017.

COVALESKI, R. L.; COSTA, S. A. Humanização do discurso das marcas diante das novas experiências de consumo. Revista Gestão e Desenvolvimento, v. 11, n. 1, jan-jun. 2014. DOI: https://doi.org/10.25112/rgd.v11i1.117

DALFOVO, M. S.; LANA, R. A.; SILVEIRA, A. Métodos quantitativos e qualitativos: um resgate teórico. Revista interdisciplinar científica aplicada, Blumenau, v. 2, n. 3, p. 1-13, 2008.

DEHGHAN, A. N.; ALIZADEH, H.; MIRZAEI-ALAMOUTI, S. Exploring the customer perceived values as antecedent of purchase behavior. Serbian Journal of Management, v. 10, n. 2, p. 173-188, 2015. DOI: https://doi.org/10.5937/sjm10-7844

GARCIA, M. N. et al. Inovação no comportamento do consumidor: recompensa às empresas socioambientalmente responsáveis. RAI-Revista de Administração e Inovação, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 73-91, 2008.

GUTIÉRREZ, L. M. R. Estudio de cambio en la percepción del consumidor de marcas top of mind en el mercado colombiano. Poliantea, Bogotá, v. 10, n. 18, p. 113-142, jan-un. 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.15765/plnt.v10i18.535

HAIR JÚNIOR, J. F. et al. Análise multivariada de dados. São Paulo: Bookman Editora, 2009.

HAKALA, U.; SVENSSON, J.; VINCZE, Z. Consumer-based brand equity and top-of-mind awareness: a cross-country analysis. Journal of Product & Brand Management, v. 21, n. 6, p. 439-451, set. 2012. DOI: https://doi.org/10.1108/10610421211264928

KOTLER, P.; KELLER, K. L. Administração de Marketing. São Paulo: Pearson, 2012.

LEVRINI, G. R.; MACIEL, G. Fatores de influência no processo de compra de serviço de turismo por idosos. Marketing & Tourism Review, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, out. 2016. DOI: https://doi.org/10.29149/mtr.v1i1.3715

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2019. 373 p.

MATTEI, D.; MACHADO, M.; OLIVEIRA, P. A. Comportamento do consumidor: fatores que influenciam no processo de decisão de compra dos consumidores finais. Maringá Management, Maringá, v. 3, n. 2, jul-dez. 2006.

MOURA, R. G. Comportamento do consumidor: A influência da embalagem no processo de decisão de compra das mulheres na aquisição de cosméticos nos supermercados. REA-Revista Eletrônica de Administração, Franca, v. 16, n. 1, p. 4-24, jan-jun. 2018.

OLLIVEIRA, B.; GOUVÊA, M. A. O relacionamento entre a lembrança da marca e a sua participação de mercado. Revista Pretexto, Belo Horizonte, v. 13, n. 2, abr-jun. 2012. DOI: http://dx.doi.org/10.21714/pretexto.v13i2.1165

OLIVEIRA, I. C.; MOREIRA NETO, A. L. C. Comportamento do consumidor: a influência das mídias sociais na decisão de compra de produtos gamers. Revista de Pós-Graduação da Faculdade Cidade Verde, Maringá, v. 2, n. 1, ago. 2016.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2 ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

ROBERTS, J. A. Will the real socially responsible consumer please step forward? Business Horizons, v. 39, n. 1, p. 79-84, jan-fev.1996.

SCHARF, E. R.; SORIANO-SIERRA, E. J.; PRIM, D. Grandes marcas, ontem: o envelhecimento de marcas líderes. Revista de Administração FACES Journal, Belo Horizonte, v. 6, n. 2, maio-ago, 2007. DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2007V6N2ART93

SCHIVINSKI, B.; DABROWSKI, D. The effect of social media communication on consumer perceptions of brands. Journal of Marketing Communications, v. 22, n. 2, p. 189-214, 2016. DOI: https://doi.org/10.1080/13527266.2013.871323

SEMPREBON, E.; PRADO, P. H. M. A influência do poder no relacionamento entre consumidor e marca. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 20, n. 4, p. 389-411, jul-ago. 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-7849rac2016140112

TRIOLA, M. F. Introdução à estatística. 12. ed. Rio de Janeiro: Ltc, 2017.

WOOD, L. Brands and brand equity: definition and management. Management decision, v. 38, n. 9, p. 662-669, nov. 2000. DOI: https://doi.org/10.1108/00251740010379100

VIEIRA, V. A. Comportamento do consumidor. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 6, n. 3, p. 219-221, set-dez. 2002.




DOI: https://doi.org/10.30781/repad.v4i2.10005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais 2020 JÉSSYCA LAGES DE CARVALHO CASTRO, RENATA TORQUATO DE ARAÚJO PITOMBEIRA, MACÁRIO NERI FERREIRA NETO, TIAGO MORAIS CAETANO, FELIPE ALBUQUERQUE SOBRAL E SILVA

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Estudos e Pesquisas em Administração - Repad

ISSN 2594-7559

Qualis/Capes (2017-2020): Estrato B4

Universidade Federal de Mato Grosso

Campus Universitário de Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil

Curso de Administração