UHE TELES PIRES: UM ESTUDO DE CASO DE GERAÇÃO HIDROELÉTRICA NA AMAZÔNIA

Danilo Ferreira Souza

Resumo


Atualmente o sistema elétrico brasileiro, vem ampliando a potência instalada, bem como a malha de linhas de transmissão de energia elétrica por todo o país. No estado de Mato Grosso, localizada no final do Rio Teles Pires, a construção da Hidroelétrica de Teles Pires com 1820 MW causou interferência nas comunidades indígenas da região, e, sobretudo para os povos situados a jusante do barramento hidráulico. A energia gerada pela usina é transportada pelas linhas de transmissão, sobretudo para a região sudeste do país, considerado o grade centro consumidor. O antigo discurso da produção local de energia elétrica, dos benefícios para a população é questionado. As grandes empreiteiras e empresas estatais atuam em parceria no setor elétrico, tanto para a construção, como na operação dos grandes empreendimentos.


Palavras-chave


Teles Pires, Usina, Povos Indígenas, Empreiteiras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexações e Bases Bibliográficas