Gestão na Política Pública de Saúde: uma análise administrativa de prevenção e combate a doenças em municípios pernambucanos

Autores

  • Maria do Carmo Maracajá Alves Universidade Federal do Rural de Pernambuco
  • Jose Eduardo Melo Barros Universidade Federal da Paraiba
  • Marcelo da Costa Borba Universidade de Federal do Rio Grande do Sul
  • Josefa Edileide Santos Ramos Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Alessandra Carla Ceolin Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

10.19093/res9224

Palavras-chave:

Recursos públicos. Pernambuco. Orçamento da saúde.

Resumo

As crescentes notificações por HIV no Brasil evidenciadas do Ministério da Saúde preocupam, mesmo com as políticas de combate serem considerada um modelo mundial. As notificações em Pernambuco mostram um crescente, acompanhando os números e estatísticas brasileiras, mesmo que regiões como o Sul e o Sudeste venham apresentando decréscimo nesse montante. Neste sentido, o objetivo deste artigo é a avaliação da gestão da Política Pública de Saúde em municípios pernambucanos em relação a prevenção e combate ao HIV/Aids. Como se deram as gestões das secretarias de saúde diante da evolução da epidemia de HIV nos municípios de Caruaru, Petrolina, Igarassu, Cabo de Santo Agostinho e Tamandaré, em Pernambuco, no período de 2010 a 2018. Como resultante, observou-se que, mesmo diante da evolução da doença, nos municípios estudados, o orçamento não acompanhou esse crescimento.

Biografia do Autor

Maria do Carmo Maracajá Alves, Universidade Federal do Rural de Pernambuco

Doutoranda em Estudo das Ciencias UFRPE

Jose Eduardo Melo Barros, Universidade Federal da Paraiba

Doutorando em Administração - UFPB

Marcelo da Costa Borba, Universidade de Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando em Agronegócios

Josefa Edileide Santos Ramos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Agronegócios - UFRGS

Alessandra Carla Ceolin, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Doutora em Agronegócios

Referências

BAER, W. The regional impact of national policies: The case of Brazil. Massachusetts: Edward Elgar Publishing, 2012.

BAPTISTA, T. W. F.; REZENDE, M. A ideia de ciclo na análise de políticas públicas. Caminhos para análise das políticas de saúde, v. 1, p. 221–272, 2011.

BRAVO, M. I. S.; MATOS, M. C.; ARAÚJO, P. S. X. Capacitação para Conselheiros de Saúde-textos de apoio. Rio de Janeiro, 2001.

DIAS, R.; MATOS, F. Políticas públicas: princípios, propósitos e processos. São Paulo: Atlas, p. 1–15, 2012.

DYE, T. R. Mapeamento dos modelos de análise de políticas públicas. Políticas públicas e desenvolvimento: bases epistemológicas e modelos de análise. Brasília: UNB, p. 99–129, 2009.

FREY, K. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e políticas públicas, n. 21, 2009.

GODOI, C. K.; MELO, R. B.; SILVA, A. B. Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva, 2010.

LIMA, K. R. B.; SILVA, J. A.; PEREIRA, L. A. Uma análise sobre a política pública de saúde no Brasil enfatizando o contexto neoliberal. 2013.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MENDES, E. V. Uma agenda para a saúde. São Paulo: Atlas, 1996.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. São Paulo: Atlas, 2013.

RESENDE, G. M. Avaliação de políticas públicas no Brasil: uma análise de seus impactos regionais. 2014.

SARAIVA, E. O conceito de política pública. SARAVIA, E.; FERRAREZI, E. Políticas Públicas, Coletânea, v. 1, 2006.

SECCHI, L. Políticas Públicas: Conceitos. Esquemas de Análise, Casos Práticos, 2010.

SILVA, C. L.; BASSI, N. S. S. Políticas públicas e desenvolvimento local. Políticas públicas e desenvolvimento local: instrumentos e proposições de análise para o Brasil. Rio de Janeiro: Vozes, 2012.

SIMÕES, J. A. Generations, changes and continuities in the social experience of male homosexuality and the HIV-AIDS epidemic. Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro), n. 29, p. 313–339, 2018.

SOUSA, R. C.; BATISTA, F. E. B. Política pública de saúde no Brasil: história e perspectivas do Sistema Único de Saúde–SUS. VII Congresso Norte e Nordestede Pesquisa e Inovação. Palmas-TO. Anais...2012

SOUTO-MAIOR, E. Uma Política de Saúde Pública para o Brasil. In: Política Nacional de Saúde Pública. A trindade desvelada: Economia-saúde-população. 3. ed. Rio de Janeiro: Revan, 2012.

TODARO, M. P.; SMITH, S. C. Economic Development 7thHarlow: Addison-Wesley, , 2000.

VIEIRA-DA-SILVA, L. M.; PAIM, J. S.; SCHRAIBER, L. B. O que é saúde coletiva? In: Saúde coletiva: teoria e prática. Rio de Janeiro: MedBook, 2014. p. 3–12.

Downloads

Publicado

2020-07-10

Como Citar

Alves, M. do C. M., Barros, J. E. M., Borba, M. da C., Ramos, J. E. S., & Ceolin, A. C. (2020). Gestão na Política Pública de Saúde: uma análise administrativa de prevenção e combate a doenças em municípios pernambucanos. Revista De Estudos Sociais, 22(44), 100-114. https://doi.org/10.19093/res9224

Edição

Seção

Artigos