POBREZA ESPACIAL EM SALVADOR: UMA ANÁLISE DOS SETORES CENSITÁRIOS DO PNUD PARA 2000 E 2010

Autores

DOI:

10.19093/res6344

Palavras-chave:

pobreza multidimensional, Bahia

Resumo

O objetivo central deste estudo foi analisar a distribuição espacial da pobreza nos bairros de Salvador utilizando como base a metodologia multidimensional, ou seja, considerou-se em sua estrutura outras variáveis que igualmente privam os cidadãos, além da renda, para calcular o Índice de Pobreza (IP). Neste sentido, os bairros de Salvador foram organizados em rankings de pobreza, que mediante comparação com o IDH demonstram consistentes para o estudo espacializado da pobreza na capital baiana, além de evidenciar uma redução de 59,91% entre 2000 e 2010. Também, foram encontrados concentração de baixa e alta pobreza em diversas áreas do município, principalmente na zona norte. Utilizou, ainda, um modelo econométrico espacial que evidenciou os determinantes da condição de pobreza para os anos de 2000 e 2010, cuja influência foi negativa para renda média e longevidade, já a mortalidade infantil, o analfabetismo e a desigualdade de renda, apresentaram influência positiva. Desta forma, evidenciou-se a importância da utilização do conceito multidimensional de pobreza, tanto para uma correta mensuração da mesma, como para a elaboração de instrumentos adequados para o seu combate.

Biografia do Autor

Ricardo Candéa Sá Barreto, Doutor em Economia pela Universidade Federal de Viçosa- MG e analista da DJU/CAGECE - Diretoria Jurídica da Companhia de Agua e Esgoto do Ceará.

Titulação: Doutor em Economia pela Universidade Federal de Viçosa- MG
Organização: DJU/CAGECE - Diretoria Jurídica da Companhia de Agua e Esgoto do Ceará. Te.: (85) 9819-80769
Atividade que realiza: Analista de Gestão
Termo de Pesquisa: Desenvolvimento Econômico
Endereço para correspondência: Rua Silveira da Mota, 617 - Parque Iracema, CEP: 60.830-150 - Bairro Parque Iracema – Fortaleza - Ceará
E-mail: ricardocandea@yahoo.com.br
Orcid: http://orcid.org/0000-0002-9472-838X

Eli Izidro dos Santos, Teatro Popular de Ilhéus – Mestrado de Economia Regional e Políticas Públicas da UESC

Titulação: Mestre em Economia Regional e Políticas Públicas pela Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC – Ilhéus – Bahia;
Organização: Teatro Popular de Ilhéus – Mestrado de Economia Regional e Políticas Públicas da UESC;
Atividade que realiza: Diretor Administrativo/ Pesquisador voluntário;
Termo de Pesquisa: Desenvolvimento Regional e Políticas Públicas;
Endereço para correspondência: Rua Santa Luzia, 621 – Bairro Teotônio Vilela, CEP: 45.657-100 – Ilhéus - Bahia.
E-mail: elyizidro@hotmail.com
Orcid: http://orcid.org/0000-0002-1936-3392

Ícaro Célio Santos de Carvalho, Doutorando em Administração de Empresas; Organização: Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP);

Titulação: Doutorando em Administração de Empresas; Organização: Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP); Atividade que realiza: Pesquisador Assistente; Termo de Pesquisa: Desenvolvimento Regional; Economias Locais; Endereço para correspondência: Avenida Nove de Julho, 1967, Apt. 101, Bela Vista, São Paulo, CEP: 01313-000; E-mail: icarocelio@hotmail.com
Orcid: http://orcid.org/0000-0002-0466-7115

Referências

ADAMS, R. J. Economic Growth, Inequality, and Poverty: Findings From a New Dataset. World Bank Policy Research Working Paper n. 2972, Washington, D.C, 2002.

ALLARDT, E. Having, loving, being: An alternative to the Swedish model of welfare research. The quality of life, 8, 88-95, 1993.

ALMEIDA, E. Econometria espacial. Campinas–SP: Alínea, 2012.

______, PEROBELLI, F. S.; FERREIRA, P. G. C. Existe convergência espacial da produtividade agrícola no Brasil? Revista de Economia e Sociologia Rural, 46(1), 31-52, 2008.

ALKIRE, S.; FOSTER, J. Counting and Multidimensional Poverty Measurement. OPHI Working paper, 2009.

ANAND, S.; SEN, A. Concepts or Human Development and Poverty! A Multidimensional Perspective. United Nations Development Programme, Poverty and human development: Human development papers, 1-20, 1997.

ANSELIN, L. Spatial Econometrics: methods and models. Kluwert Academic, 1988.

______. Spacestat tutorial: a workbook for using Spacestat in the analysis of spatial data. Illinois: Urbana, 1992.

______; BERA, A. K. Spatial dependence in linear regression models with an introduction to spatial econometrics. Statistics Textbooks and Monographs, 155, 237-290, 1998.

ASSELIN, Louis-Marie. Composite Indicator of Multidimensional Poverty. CECI, Jun., 2002.

ARAÚJO, J. A.; MORAES, G. S.; CRUZ, M. S. Estudo da pobreza multidimensional no Estado do Ceará. Sobral: Laboratório de Estudos Regionais. (Texto para discussão 03), 2012.

ÁVILA, J. F. Pobreza no Rio Grande do Sul: uma análise exploratória da sua distribuição espacial a partir de indicadores multi e unidimensionais. (Dissertação de Mestrado em Economia do Desenvolvimento). Porto Alegre: FACE, PUCRS, 2013.

BAUMONT, C. Spatial effects in housing price models: do housing prices capitalize urban development policies in the agglomeration of Dijon (1999)? Technical report, Université de Bourgogne, Pôle d’Economie et de Gestion, 2004.

BIBI, S. Measuring poverty in a multidimensional perspective: A review of literature. PMMA Working Paper, 2005.

BOSSERT, W.; CHAKRAVARTY, S. R.; D'AMBROSIO, C. Multidimensional poverty and material deprivation. Montreal. CIREQ-Cahier, 2009.

BOURGUIGNON, F.; CHAKRAVARTY, S. R. Multidimensional poverty orderings. Delta, 2002.

¬______. The measurement of multidimensional poverty. Journal of Economic inequality, 1(1), 25-49, 2003.

CARVALHO, I. M. M.; PEREIRA, G. C. Segregação socioespacial e desigualdade em Salvador. Cadernos do CEAS – Revista Critica de Humanidades, (235), 5-22, 2015.

CUMMINS, R. A. The domains of life satisfaction: An attempt to order chaos. Social indicators research, 38(3), 303-328, 1996.

DA SILVA, D. O. P.; DE ARAÚJO JUNIOR, I. T.; DA SILVA, M. V. B. Pobreza, desigualdade e crescimento: evidências obtidas a partir de painel dinâmico para os estados brasileiros. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, 3(2), 1-26, 2009.

DUCLOS, J. Y.; SAHN, D. E.; YOUNGER, S. D. Robust multidimensional poverty comparisons. The economic journal, 116(514), 943-968, 2006.

ESPÓSITO, L.; CHIAPPERO-MARTINETTI, E. Multidimensional Poverty Measurement: Restricted and Unrestricted Hierarchy of Weights Among Poverty Dimensions. OPHI Working Papers, nº 22, 2008.

FLORAX, R. J.; FOLMER, H.; REY, S. J. Specification searches in spatial econometrics: the relevance of Hendry’s methodology. Regional Science and Urban Economics, 33(5), 557-579, 2003.

FOSTER, J. The Foster-Greer-Thorbecke poverty measures: Twenty five years later. Institute for International Economic Policy Working Paper Series. Elliott School of International Affairs. The George Washington University. Washington, DC, 2010.

______. GREER, J.; THORBECKE, E. A class of decomposable poverty measures. Econometrica: journal of the econometric society, 761-766, 1984.

FOSTER, J. E.; SHORROCKS, A. F. Poverty orderings. Econometrica: Journal of the Econometric Society, 173-177, 1988a.

______. Poverty orderings and welfare dominance. In Distributive Justice and Inequality (pp. 91-110). Springer, Berlin, Heidelberg, 1988b.

GIOVANETTI, A. E.; RAIHER, A. P. Uma Análise Multidimensional da Pobreza dos Municípios Paranaenses em 2010. Revista de Estudos Sociais, 17(33), 228-248, 2015.

HOFFMANN, R. Transferências de renda e a redução da desigualdade no Brasil e cinco regiões entre 1997 e 2004. Revista Econômica, 8(1), 85-81, jun., 2006.

______. Elasticidade da Pobreza em Relação à Renda Média e à Desigualdade no Brasil e nas Unidades da Federação. Revista Economia, 6(2), 255-289, jul. - dez., 2005.

KAGEYAMA, A.; HOFFMANN, R. Pobreza no Brasil: uma perspectiva multidimensional. Economia e Sociedade, 15(1), 79-112, 2006.

______. Pobreza rural no Brasil em 2003. In: Encontro de Nacional de Economia Política. Campinas, SP: Sociedade Brasileira de Economia Política, 2005.

KAKWANI, N.; SILBER, J. (Eds.). Quantitative approaches to multidimensional poverty measurement. Springer, 2008.

KRISHNAKUMAR, J. Going beyond functionings to capabilities: an econometric model to explain and estimate capabilities. International Conference on The Many Dimensions of Poverty International Poverty Centre, 2005.

LACERDA, F. C. C. A pobreza na Bahia sob o prisma multidimensional: uma análise baseada na abordagem das necessidades básicas e na abordagem das capacitações. (Dissertação de Mestrado em Economia). Uberlândia: UFU, 2009.

MARANDUBA JÚNIOR, N. G.; ALMEIDA, E. S. D. Spatial convergence analysis of tax transfers from the Robin Hood Act. Economia e Sociedade, 18(3), 583-601, 2009.

NEDER, H. D.; SILVA, J. L. M. D. Pobreza e distribuição de renda em áreas rurais: uma abordagem de inferência. Revista de Economia e Sociologia Rural, 42(3), 469-486, 2004.

OLIVEIRA, R. C. D.; ALMEIDA, E.; FREGUGLIA, R. D. S.; BARRETO, R. C. S. Desmatamento e crescimento econômico no Brasil: uma análise da curva de Kuznets ambiental para a Amazônia legal. Revista de economia e sociologia rural, 49(3), 709-739, 2011.

PINTO, M. S.; OLIVEIRA, J. C. Crescimento pró-pobre: Análise dos estados brasileiros entre 1995 e 2007. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, 14(2), 327-358, maio/ago., 2010.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO – PNUD. Atlas do Desenvolvimento Humano nas Regiões Metropolitanas Brasileiras. 2014. Disponível em: http://atlasbrasil.org.br/2013/pt/download/. Acesso em: jul.2017.

______. Poverty in the human develoment pespective: concept end meansurement. In: development. Report, 1997.

REY, S. J.; MONTOURI, B. D. US regional income convergence: a spatial econometric perspective. Regional studies, 33(2), 143-156, 1999.

ROTHWELL, J.; MASSEY, D. Geographic effects on intergenerational income mobility. Economic Geography, 91(1), 83-106, 2015.

ROCHA, S. Impacto sobre a pobreza dos novos programas federais de transferência de renda. Revista de Economia Contemporânea, 9(1), 153-185, 2005.

SANTOS, E. I. dos; CARVALHO, Í. C. S. dos; BARRETO, R. C. S. Pobreza multidimensional no estado da Bahia: uma análise espacial a partir dos censos de 2000 e 2010. Revista de Administração Pública, 51(2), 240-263. São Paulo, 2017.

SANTOS, M. E. Measuring multidimensional poverty in Latin America: Previous experience and the way forward. OPHI – working paper, Queen Elizabeth House (QEH), University of Oxford – UK, 2013.

SEN, A. K. Desenvolvimento Como liberdade. Trad. Laura Teixeira Mota. Rev. tec. Ricardo Doniselli Mendes. 6. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SILVA, M. C. P.; BARROS, R. P. Pobreza multidimensional no Brasil. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 2006, p. 1-20. Anais da Anpec. Salvador, 2006.

STIGLITZ, J. E.; SEN, A.; FITOUSSI, J. P. Report by the commission on the measurement of economic performance and social progress. Paris: Commission on the Measurement of Economic Performance and Social Progress, 2009.

TAQUES, F. H.; OLIVEIRA, J. C. T. Existe uma relação entre nível de renda, desigualdade e pobreza? Um estudo a partir de elasticidades. Economia e Desenvolvimento, Santa Maria – RS, 26(2), 21 - 42, jul. – dez., 2014.

TSUI, K.Y. Multidimensional poverty indices. Social Choice and Welfare. 19. 69-93, 2002.

URA, K.; ALKIRE, S.; ZANGMO, T.; WANGDI, K. A short guide to gross national happiness index. The Centre for Bhutan Studies. 1-96, 2012.

Downloads

Publicado

2018-07-04

Como Citar

Sá Barreto, R. C., dos Santos, E. I., & de Carvalho, Ícaro C. S. (2018). POBREZA ESPACIAL EM SALVADOR: UMA ANÁLISE DOS SETORES CENSITÁRIOS DO PNUD PARA 2000 E 2010. Revista De Estudos Sociais, 20(40), 192-225. https://doi.org/10.19093/res6344

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)