O IMPACTO DA PRODUÇÃO DE ENERGIA EÓLICA NO MERCADO DE TRABALHO: UMA ABORDAGEM PVAR

Autores

  • Matheus Koengkan Universidade da Beira Interior- Portugal
  • José Alberto Fuinhas Departamento de Gestão e Economia, NECE-UBI, e Universidade da Beira Interior Estrada do Sineiro, 6200-209 Covilhã, Portugal.
  • António Cardoso Marques Departamento de Gestão e Economia, NECE-UBI, e Universidade da Beira Interior Estrada do Sineiro, 6200-209 Covilhã, Portugal.

DOI:

10.19093/res4559

Palavras-chave:

Geração de energia eólica, Mercado de trabalho, PVAR, Impacto, Positivo.

Resumo

Este artigo estuda o impacto da geração de energia eólica sobre o mercado de trabalho. O modelo Panel Data Vector Autoregressive (PVAR) foi utlizado para analisar um painel de noves países da União Europeia no período de 1992-2014. Os testes preliminares indicaram, a existência de cross-section dependence em todas a variáveis em logaritmos e primeiras diferenças, a estacionaridade das variáveis DLF e DLO, bem como a presença de efeitos fixos no modelo PVAR . Os resultados do modelo PVAR indicaram, que a produção de energia eólica tem um impacto positivo de 0.0002 sobre o mercado de trabalho. 

Biografia do Autor

Matheus Koengkan, Universidade da Beira Interior- Portugal

Mestrando em Ciências Econômicas pela Universidade da Beira Interior (Portugal), Pós­graduado em Controladoria e Finanças pela Universidade Federal Fluminense-UFF (2015), Bacharel em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário de Volta Redonda­ UniFOA (2013). Atualmente pesquisador nas áreas da Economia da Energia e Finanças.

José Alberto Fuinhas, Departamento de Gestão e Economia, NECE-UBI, e Universidade da Beira Interior Estrada do Sineiro, 6200-209 Covilhã, Portugal.

Professor do departamento de Gestão e Economia, e investigador do NECE- Research Unit in Business Sciences da Universidade da Beira Interior.

António Cardoso Marques, Departamento de Gestão e Economia, NECE-UBI, e Universidade da Beira Interior Estrada do Sineiro, 6200-209 Covilhã, Portugal.

Professor do departamento de Gestão e Economia, e investigador do NECE- Research Unit in Business Sciences da Universidade da Beira Interior.

Referências

ABRIGO, M.R.M.; LOVE, I. Estimation of Panel Vector Autoregression in Stata: A Package of Prog rams. University of Hawai`i at Mānoa Department of Economics Working Paper Series. Disponível em :<http://www.economics.hawaii.edu/research/workingpapers/WP_16-02.pdf>,2015.

ARELLANO,M.;BOVER, O. Another Look at the Instrumental Variable Estimation of Error Components Models. Journal of Econometrics, v.68,n.1 p.29–51,1995.doi. 10.1016/0304-4076(94)01642-D.

COLGAN, C.S. Economic Impacts of Wind Energy Construction and Operations in Maine 2006- 2018. Maine Center for Business & Economic Research University of Southern Maine, 2015.Disponível em: < http://www.windforme.org/pubs/Colgan-Report-2015.pdf.>

COSTA, H.; VEIGA, L. Gone with the Wind? Local employment impact of wind energy investment, 2016. Disponível em: < http://conference.iza.org/conference_files/environ_2016/costa_h24225.pdf>.

DANTAS, A.L.F.; DANTAS, E.R.; CARDOSO, J.V.G.; SANTOS, I.D.J.; CRUZ, K.D.B. O impacto da energia eólica na geração de emprego e renda: Um estudo de caso no parque eólico da microrregião da Serra de Santana/RN. Gestão Estratégica: Da crise à oportunidade,2016. Disponível em: <http://www.admpg.com.br/2016/down.php?id=2229&q=1>.

EJDEMO, T.; SODERHOLMN, P. Wind power, regional development and benefit-sharing: The case of Northern Sweden. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 47, p.476–485, 2015.doi.10.1016/j.rser.2015.03.082.

GKATSOU,S.;KOUNENOU,M.;PAPANAGITOU,P.;SEREMETI,D.;GEORGAKELLOS,D. The Impact of Green Energy on Employment: A Preliminary Analysis. International Journal of Business and Social Science, v. 5, n. 1, 2014.Disponível em: < http://ijbssnet.com/journals/Vol_5_No_1_January_2014/4.pdf>.

HOLTZ-EAKING, D.; NEWEY, W.; ROSEN, H.S.Estimating vector autoregressions with panel data. Econometrica, v.56, n.6 p.1371-1395,1988. Disponível em: < http://www.jstor.org/stab le/1913103>.

LIU, Z.; ZHANG, W.; ZHAO, C.; YUAN, J. The Economics of Wind Power in China and Policy Implications. Energies, v.8, p.1529-1546, 2015.doi:10.3390/en8021529.

MAY, N.G.; NILSEN, O.A. The Local Economic Impact of Wind Power Deployment. Discussion Paper No. 9025,2015. Disponível em: <http://ftp.iza.org/dp9025.pdf>.

PESARAN, M.H. General Diagnostic Tests for Cross Section Dependence in Panels.p.1–42, 2004. Disponível em:<http://www.dspace.cam.ac.uk/handle/1810/446>.

SMITH, S. The Economic Impact of Wind Power Development. University of Colorado, Boulder CU Scholar, 2014. Disponível em:<http://scholar.colorado.edu/honr_theses>.

SIMAS, M.; PACCA, S. Energia eólica, geração de empregos e desenvolvimento sustentável. Estudos avançados v.27, n. 77, 2013.doi.10.1590/S0103-40142013000100008.

VALODKA, I.; VALODKIENE, G. The Impact of Renewable Energy on the Economy of Lithuania. Procedia - Social and Behavioral Sciences, n.213, p.123– 128, 2015..doi.10.1016/j.sbspro.2015.11.414.

Downloads

Publicado

2017-07-28

Como Citar

Koengkan, M., Fuinhas, J. A., & Marques, A. C. (2017). O IMPACTO DA PRODUÇÃO DE ENERGIA EÓLICA NO MERCADO DE TRABALHO: UMA ABORDAGEM PVAR. Revista De Estudos Sociais, 19(38), 36-49. https://doi.org/10.19093/res4559

Edição

Seção

Artigos