ANÁLISE DA SATISFAÇÃO DOS COLABORADORES EM RELAÇÃO A POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO EM UMA ORGANIZAÇÃO MULTINACIONAL DE CUIABÁ – MT

Autores

DOI:

10.30781/repad.v3i2.8572

Palavras-chave:

Treinamento, desenvolvimento, colaboradores.

Resumo

As principais finalidades do treinamento e desenvolvimento em uma organização corresponde à adequação das pessoas às culturas organizacionais, mudar atitudes que não agreguem valor, desenvolver competências, desenvolver adaptabilidade para lidar com a evolução e modernização da organização. Nadler (1984) faz distinção entre os termos treinamento, desenvolvimento e educação, frequentemente entendidos como sinônimos, por fazerem referência a práticas organizacionais direcionadas ao aumento da aprendizagem. Diante disso, o presente artigo tem como objetivo avaliar o nível de satisfação dos colaboradores a respeito dos treinamentos e desenvolvimento proporcionados por uma empresa multinacional no ramo de concessionárias de caminhões e ônibus (transportes) localizados em Cuiabá Mato Grosso. A metodologia utilizada para a pesquisa foi a Escala Likert, com entrevistas em dois setores administrativos e operacional totalizando 44 colaboradores. Os dados foram confrontados com teste de hipóteses da distribuição T student, sendo estimado no Microsoft Excel versão 2010. Os resultados estatísticos demonstraram nos resultados que as práticas de treinamento e desenvolvimento aplicados pela empresa analisada estão sendo satisfatórias na opinião dos colaboradores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosicley Nicolao de Siqueira, Docente Mestra FATEC SENAI MT

Professora Mestra FATEC SENAI MT

Referências

ALMEIDA, M. A. Percepção de Gestores e Técnicas sobre o processo de Gestão por Competências em Organizações no Brasil. Dissertação mestrado em Administração. Universidade de Brasília. Brasília, 2007.

AQUINO, Cleber Pinheiro de. Administração de Recursos Humanos: uma introdução. São Paulo, 1980.

ARAUJO, Luis Cesar G. Gestão de Pessoas: Estratégias e integração organizacional. São Paulo: Atlas, 2006.

ABTD, 3 ed. São Paulo, Makron Books, 1999 Bussab, W. O. e Morettin, P.A. (1987). Estatística Básica, 4a Ed., São Paulo.

Botter, D.A. , Paula, G.A., Liete, J.G. e Cordani, L.k. (1996). Noções de Estatística. São Pau-lo:IME/USP.

BOOG, Gustavo G., Magdalena T.; Manual de Treinamento e Desenvolvimento: Processo e Operações – São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

CHIAVENATO, Idalberto.: Introdução à Teoria Geral da Administração. Edição compacta – Rio de Janeiro: Campus, 1999.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas: e o Novo Papel dos Recursos Humanos nas Organizações. – Rio de Janeiro: Campus, 2004.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas. São Paulo: 3 edições, 2009.

CHIAVENATO, I. Introdução à Teoria Geral da Administração: uma visão abrangente da moderna administração das organizações. 7. Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos: O Capital Humano nas Organizações. ed. São Paulo: Atlas 8, 2004.

DEMO, G. Política de Gestão de Pessoas nas organizações: papel dos valores pessoais e da justiça organizacional. São Paulo: Atlas, 2008.

DESSELER, Gary. Administração de Recursos Humanos. 2. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

FLEURY, M. T. L.; et al. As Pessoas na Organização. 4. ed. São Paulo: Gente, 2002.

HANASHIRO, D. M.; TEIXEIRA, M.L.; ZACCARELLI, L. M. Gestão do Fator Humano: uma visão baseada em stakeholders. São Paulo: Saraiva, 2007.

LIKERT, R. A technique for the measurement of attitudes. Archives of Psychology. v. 22, n. 140, p. 44-53, 1932.

LEITE, E. J. A. A importância da gestão financeira em tempos de crise. 2009. Disponível em: Acesso em 13 de Maio de 2016.

LACOMBE, Francisco José Masset. Recursos humanos: princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2005.

MILKOVICH. G. T.; BOUDREAU, J. W. Administração de Recursos Humanos. São Paulo: Atlas, 2000.

OLIVEIRA, I. J.; CRUZ; C. A.B. A importância da aplicação do treinamento e desenvolvimento nas organizações. Revista Científica do ITPAC, Araguaína, v.6, n.2, Pub.2, Abril 2013. Disponível em: http://www.itpac.br/arquivos/Revista/62/2.pdf [Acessado em: 01 de Novembro de 2017]

PORTER, M. E. Competição: estratégias competitivas essenciais. 4. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

RIBEIRO, Antonio de Lima. Gestão de pessoas. São Paulo: Saraiva, 2005.

ROOBBINS, Stephen P. Comportamento Organizacional. 11. Ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

VOLPE, Renata Araújo & LORUSSO, Carla Bittencourt. A importância do treinamento para o desenvolvimento do trabalho. www.psicologia.com.pt. 1-8 p.

Downloads

Publicado

2019-08-29

Como Citar

SIQUEIRA, R. N. de; MORAES, F. C. de; SARTORY, A.; GODOY, L. C. de; BOTELHO, M. P. ANÁLISE DA SATISFAÇÃO DOS COLABORADORES EM RELAÇÃO A POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO EM UMA ORGANIZAÇÃO MULTINACIONAL DE CUIABÁ – MT. Revista Estudos e Pesquisas em Administração, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 82-95, 2019. DOI: 10.30781/repad.v3i2.8572. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/8572. Acesso em: 12 maio. 2021.