EVASÃO UNIVERSITÁRIA NO ENSINO À DISTÂNCIA: Análise de fatores influenciadores

Autores

  • Thaís Santos Martins thaisantos.martins@outlook.com
    Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

10.30781/repad.v2i2.7007

Palavras-chave:

Educação, Ensino à distância, Evasão

Resumo

A discussão sobre o tema evasão universitária tem sido uma realidade recorrente na área da Educação no Brasil e em várias partes do mundo. Nesse contexto, assume centralidade o ensino à Distância, pois tem sido considerada uma alternativa de acesso ao ensino superior. Assim este trabalho tem por objetivo analisar as principais razões de evasão nos 18 cursos do polo de educação à distância da Anhanguera – Uniderp na cidade de Rondonópolis – MT. A coleta de dados foi realizada em dois momentos. Primeiramente por meio de entrevistas semiestruturadas com o diretor e os coordenadores dos cursos e depois por meio de um questionário eletrônico enviado aos alunos. No tratamento dos dados foram utilizados modelos estatísticos abrangendo análise fatorial e comparativa entre médias. Os resultados indicam que há diferenças estatisticamente significativas a um nível de 0,05 entre as razões de evasão e a situação quando estudava e seu estado civil e que não há diferenças estatisticamente significativas entre as razões de evasão e o semestre, o curso, o gênero e o tipo de moradia. Os dados qualitativos apresentam algumas razões não observadas antes. Os resultados das análises quantitativas e qualitativas foram discutidos conjuntamente de maneira a reforçar as descobertas desta pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-09-01

Como Citar

MARTINS, T. S. EVASÃO UNIVERSITÁRIA NO ENSINO À DISTÂNCIA: Análise de fatores influenciadores. Revista Estudos e Pesquisas em Administração, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 147–163, 2018. DOI: 10.30781/repad.v2i2.7007. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/7007. Acesso em: 19 jul. 2024.