INFORMATIZAÇÃO NO GERENCIAMENTO

Análise dos resultados em microempresas de Cuiabá – MT

Autores

  • Francisco Mirialdo Chaves Trigueiro fmctrigueiro@yahoo.com.br
    Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, Mato Grosso https://orcid.org/0000-0002-4704-2764
  • Rodrigo Carvalho Elizeu rodrigoelizeu.41@gmail.com

DOI:

10.30781/repad.v7i3.15987

Palavras-chave:

Sistemas de Informação Gerencial. Tecnologia da Informação. Gestão.

Resumo

Com o desenvolvimento e a popularização da tecnologia, as empresas têm tido cada vez mais acesso a sistemas informatizados que auxiliam os gestores em suas atividades, como o controle, que é considerado uma função importante para o desempenho de uma organização. Dessa forma, este artigo teve como objetivo analisar as razões que levaram microempresas a implantarem sistemas informatizados de gestão e os resultados obtidos. Logo, foram abordados temas como Sistemas de Informação Gerencial (SIG) e Tecnologia da Informação (TI). Assim, a pesquisa foi elaborada pelo método qualitativo, com a utilização de uma entrevista semiestruturada com os gestores das empresas, visando compreender os benefícios conquistados, sob o ponto de vista dos entrevistados. Deste modo, com os resultados obtidos, o estudo observou a presença de variados sistemas disponíveis no mercado com características e custos que atendem diferentes realidades. Portanto, o estudo avaliou que esses sistemas não são fatores determinantes para a sobrevivência da empresa. Entretanto, também concluiu que a agilidade e a simplificação no controle adquirida pelos sistemas podem ser de grande importância para as organizações, tendo um alto custo-benefício.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Carvalho Elizeu

Graduado em Administração pela Universidade Federal de Mato Grosso

Referências

BNDES. Classificação de porte dos clientes. Disponível em: <https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/financiamento/guia/porte-de-empresa>. Acesso em: 02 de dezembro de 2021.

BRASIL. Lei complementar Nº 123, de 14 de dezembro de 2006. Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/lcp123.htm> Acesso em: 20 de novembro de 2021.

CAMPOS, E.C. O Controle Interno Na Gestão Das Micro E Pequenas Empresas. Orientadora: Roselaine Filipin. 84 f. TCC (Graduação) – Curso de Ciências Contábeis. Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação. Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2015. Disponível em: <https://bibliodigital.unijui.edu.br:8443/xmlui/handle/123456789/3463>. Acesso em: 05 de novembro de 2021.

CARAVANTES, G.R.; PANNO, C.C.; KLOECKNER, M.C. Administração: teorias e processos. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

CASSARRO, A.C. Sistemas de informações para tomadas de decisões. 4. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2010.

CRUZ, T. Sistemas de Informações Gerenciais. 2. ed. São Paulo: Atlas S.A., 2000.

DIAS, D.R.; CARVALHO, S.C. Informatização empresarial: fatores, dificuldades e desafios. Research, Society and Development, v. 8, n. 5, p. e885764-e885764, 2019.

GERHARDT, T.E.; SILVEIRA, D.T. Métodos de pesquisa, 1. ed. Rio Grande do Sul: UFRGS, 2009.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa, v. 4. São Paulo: Atlas, 2002.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

FLORIANO, J.C.; LOZECKYI, J. A importância dos instrumentos de controle interno para gestão empresarial. Revista Eletrônica Lato Sensu, v. 5, n. 1, 2008.

KHAN, F.H.; PASHA, M.A.; MASUD, S. Advancements in Microprocessor Architecture for Ubiquitous AI—An Overview on History, Evolution, and Upcoming Challenges in AI Implementation. Micromachines, v. 12, n. 6, p. 665, 2021.

LAUDON, K.; LAUDON, J. Sistemas de informações gerenciais. 9. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.

LUNARDI, G.L.; DOLCI, D.B.; DOLCI, P.C. Adoção de tecnologia da informação e sua relação com a gestão de negócios em micro e pequenas empresas (MPEs). Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, v. 10, n. 5, p. 929-948, 2017.

LUNARDI, G.L.; DOLCI, P.C.; MAÇADA, A.C.G. Adoção de tecnologia de informação e seu impacto no desempenho organizacional: um estudo realizado com micro e pequenas empresas. Revista de Administração, v. 45, n. 1, p. 5-17, 2010.

MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MATTOS, A.C.M. Sistemas de informação: uma visão executiva. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

NASCIMENTO, J.P.S.; GOMES, D.W.R.; OLIVEIRA, O.V. O controle interno nas microempresas e empresas de pequeno porte. Revista Expressão Católica, v. 9, n. 1, 2020.

O’BRIEN, J.A., MARAKAS, G.M. Administração de Sistemas de informação: uma introdução. 13. ed. São Paulo: McGraw Hill, 2007.

PEREIRA, R.C.M. Fatores de mortalidade de micro e pequenas empresas: um estudo sobre o setor de serviços. SEGeT. 2019. Disponível em: < https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos09/195_Mortalidade_nas_MPEs.pdf>. Acesso em: 07 de novembro de 2021.

PEREIRA, A.C.S.; GOSLING, M.S.; CARVALHO, I.B.; GOSLING, I.T.S. Sistema integrado de gestão. Diálogos Interdisciplinares, v. 6, n. 2, p. 91-104, 2017. Pereira et al. (2017)

PRATES, G.A.; OSPINA, M.T. Tecnologia da informação em pequenas empresas: fatores de êxito, restrições e benefícios. RAC, v. 8, p. 9-26, 2004.

PRINCE, T.R. Sistemas de Informação: planejamento, gerência e controle. v. 1. São Paulo: Edusp; Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A., 1975.

RICHARDSON, R.J. et al. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

ROESCH, S.M.A. Projetos de estágio e de pesquisa em administração: guia para estágios, trabalhos de conclusão. Dissertações e Estudo de Caso, 2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SEBRAE. Abertura de empresas bate recorde no primeiro semestre de 2021. 26 de ago. de 2021. Disponível em: <https://www.agenciasebrae.com.br/sites/asn/uf/NA/abertura-de-empresas-bate-recorde-no-primeiro-semestre-de 2021,1ede5e105918b710VgnVCM100000d701210aRCRD>. Acesso em: 06 de novembro de 2021.

SEBRAE. Análise do CAGED. Setembro de 2021. Disponível em: <https://datasebrae.com.br/wp-content/uploads/2021/11/Relatorio-Sebrae-Caged_Setembro-2021.pdf>. Acesso em: 20 de novembro de 2021.

SEBRAE. Micro e pequenas empresas geram 27% do PIB do Brasil. Disponível em: < https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/mt/noticias/micro-e-pequenas-empresas-geram-27-do-pib-do-brasil,ad0fc70646467410VgnVCM2000003c74010aRCRD>. Acesso em: 04 de novembro de 2021.

SEBRAE. MPE o que é e o que preciso saber para formalizar minha empresa. 02 de jun. de 2020. Disponível em: <https://sebraeatende.com.br/artigo/mpe-o-que-e-e-o-que-preciso-saber-para-formalizar-minha-empresa>. Acesso em: 18 de novembro de 2021.

SEBRAE. Pequenos negócios já representam 30% do Produto Interno Bruto do país. 08 de abr. de 2020. Disponível em: <https://www.agenciasebrae.com.br/sites/asn/uf/NA/pequenos-negocios-ja-representam-30-do-produto-interno-bruto-do-pais,7b965c911da51710VgnVCM1000004c00210aRCRD>. Acesso em: 06 de novembro de 2021.

SEBRAE. Total de empresas. 11 de mai. de 2020. Disponível em: <https://datasebrae.com.br/totaldeempresas-11-05-2020/>. Acesso em: 18 de novembro de 2021.

SEDEC MT. Pequenos negócios representam 95,6% das empresas em Mato Grosso. 29 de out. de 2020. Disponível em: <http://www.sedec.mt.gov.br/-/15767928-pequenos-negocios-representam-95-6-das-empresas-em-mato-grosso>. Acesso em: 04 de novembro de 2021.

SILVA, A.J.; LEVINO, N.A.; COSTA, C.E.S. Gestão Financeira em MPEs: um estudo sob a ótica de especialistas alagoanos. Revista de Gestão, Finanças E Contabilidade, v. 10, n. 3, 2020.

SOUZA, P.M.; VASCONCELOS, M.C.R.L.; TAVARES, M.C.; CARVALHO, R.B.; GUIMARÃES, E.R. Contribuições dos sistemas Enterprise Resource Planning para a gestão da informação e do conhecimento: um estudo em uma empresa de pequeno porte na área gráfica. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 3, n. 3, p. 109-127, 2013.

VASCONCELOS, R.B.B.; MELLO, P.R.C.B.; MELO, F.V.S. Gestão empresarial e inovação: Uma análise sobre os determinantes da inovação em micro e pequenas empresas do setor de alimentos e bebidas. Future Studies Research Journal, v. 3, n. 8, p. 138-165, 2016.

Downloads

Publicado

2024-04-30

Como Citar

TRIGUEIRO, F. M. C.; CARVALHO ELIZEU, R. . INFORMATIZAÇÃO NO GERENCIAMENTO: Análise dos resultados em microempresas de Cuiabá – MT. Revista Estudos e Pesquisas em Administração, [S. l.], v. 7, n. 3, 2024. DOI: 10.30781/repad.v7i3.15987. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/15987. Acesso em: 13 jul. 2024.