ENTREVISTA COM GIAN LUIGI DE ROSA

Autores

  • Marinete Luzia Francisca de Souza e Lennie Aryete Dias Pereira Bertoque polifoniapa@gmail.com

Resumo

O professor e tradutor italiano Gian Luigi De Rosa possui doutorado em “Culture e Istituzioni dei paesi di lingue iberiche” pela Universidade L’Orientale de Nápoles, em 2004.  Diretor da Unisalento Summer School of Audiovisual Translation e da Cátedra Camões “Manoel de Oliveira da Universidade del Salento”, é autor de livros e ensaios sobre língua e linguística do português, literatura portuguesa e brasileira e tradução audiovisual e intersemiótica.

Traduziu autores contemporâneos de nossa literatura, como Moacir C. Lopes, Zélia Gattai, Marcelino Freire, Adriana Lisboa, Luiz Ruffato entre outros. Em meio aos seus trabalhos está a tradução do romance “Estive em Lisboa e pensei em você”, de Luiz Ruffato, e a legendagem de muitos filmes brasileiros e portugueses.

Autor de Mondi Doppiati (2012), dentre outros livros, Gian Luigi De Rosa trabalha, atualmente, como professor de Língua e Tradução Portuguesa e Brasileira nas Universidades del Salento, em Lecce.

Sua atividade de pesquisa mais recente é direcionada para duas vertentes específicas: o policentrismo linguístico, através da análise de corpora textual e literária, e a utilização da tradução audiovisual no ensino de português (L2).

Downloads

Publicado

2018-10-17

Como Citar

LENNIE ARYETE DIAS PEREIRA BERTOQUE, M. L. F. de S. e. ENTREVISTA COM GIAN LUIGI DE ROSA. Polifonia, [S. l.], v. 25, n. 39.2, p. 299–302, 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/7422. Acesso em: 19 jun. 2024.