Atividades de gramática no livro didático de língua estrangeira

Autores

  • Maria Fabiola Vaconcelos Lopes e Célia Maria Medeiros Barbosa da Silva Universidade Federal do Ceará

Palavras-chave:

Língua estrangeira, livro didático de inglês, atividades de gramática.

Resumo

As diversas reclamações por parte de professores de línguas, geralmente, dizem respeito a questões de gramática. O motivo de tais reclamações envolvem atividades propostas no livro didático, por estas não serem centradas no uso. Considerando, pois, que o livro didático é um dos principais recursos didáticos, nosso objeto de estudo, neste artigo, centra-se na tipologia das atividades gramaticais reveladas no livro texto. Em geral, objetivamos analisar de que forma as atividades de gramática são desenvolvidas no livro didático de inglês com foco em língua estrangeira. O aporte teórico é baseado na abordagem funcionalista, a partir de Halliday (2004). A investigação ocorre mediante a análise minuciosa das unidades em relação às atividades de gramática em três livros didáticos de língua inglesa (Inglês Doorway, Log In to English I e English for All). A escolha desse material é motivada por este circular entre professores de inglês do ensino médio da cidade de Fortaleza (CE). Os resultados dessa investigação revelam que o foco principal das atividades analisadas nos três manuais de língua inglesa ainda está voltado para um ensino de gramática com atividades que prestigiam a forma e não o uso.

Palavras-chave: Língua estrangeira, livro didático de inglês, atividades de gramática.  

Biografia do Autor

Maria Fabiola Vaconcelos Lopes e Célia Maria Medeiros Barbosa da Silva, Universidade Federal do Ceará

Professora associada da Universidade Federal do Ceará do Depto. de língua inglesa, suas literaturas e tradução - DELILT e Programa de Pós-Graduação em linguística. É líder do grupo de estudos em modalidade deôntica - GEMD certificado pelo Cnpq e tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Análise e Descrição e Linguística aplicada que tratem dos seguintes temas: língua inglesa, modalidade, enunciado, tradução e ensino-aprendizagem. Desde 2014, faz parte como membro da Comissão de área de Letras – Português e Inglês – Enade 2014-2016 e, atualmente, Enade 2017-2019. Por estar diretamente envolvida com o ensino-aprendizagem de línguas, materna e estrangeira, desenvolve estudos que buscam analisar material didático, em particular o livro didático, que circulam entre professores de línguas. Especificamente, centra-se em como a gramática é abordada nesses manuais de uso pedagógico. É autora do livro Gramática de Significados - 2013. Publicou o capítulo Ensino: experiências e aplicações em  2015. Publicou o artigo Gramática:registros e implicações no material didático em Santiago de Compostela na Espanha em 2017 e, atualmente envolvida com o pós-doutoramento na UFMG.

Referências

AUN, Eliana; MORAES, Maria Clara Prete de; SANSANOVICZ, Neuza Bilia. English for All, vol. 1. São Paulo: Saraiva S.A, 2010.

BYBEE, Joan L. The semantic development of past tense modals in English. In: BYBEE, Joan L; FLEISCHMAN, Suzanne (eds.). Modality in Grammar and discourse. Amsterdan / Philadelphia: John Benjamins, 503-517, 1995.

BRASIL. Ministério da Educação. Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio. Catálago do Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio – PNLEM 2012 – Língua Estrangeira Moderna. Brasília: Ministério da Educação, Secretária de Educação Básica, 2011.

CELCE-MURCIA, Marianne; LARSEN-FREEMAN, Diane. The grammar book: an ESL/EFL teacher's course. Boston: Heinle & Heinle, 1999.

CHAVES, Carla. Log in to English 1. São Paulo: Editora Moderna, 2009.

CONEJO, Cássia Rita. O estruturalismo e o ensino de línguas, em Alice Áurea Penteado Martha et al. (coord.). In: Anais do colóquio de estudos linguísticos e literários, 3. Maringá: UEM-PLE, 1233-1244, 2009.

DIK, Simon C. The theory of functional Grammar. Part I: The structure of the clause. Dordrecht: Foris, 1997.

DROGA, Louise; HUMPRHEY, Sally. Grammar and Meaning. Australia: Target Texts, 2005.

GIVÓN, Talmy. Syntax. Amsterdam: John Benjamins, 2001.

HALLIDAY, Michael Alexander Kirkwood. An Introduction to Functional Grammar. London: Edward Arnold, 2004.

______. Explorations m the function of language. London: Edward Arnold, 1973.

HENGEVELD, Kees. Layers and operators in functional Grammar. J. Linguistics 25, 127-157, 1989.

ILARY, Rodolfo. O Estruturalismo Linguístico: alguns caminhos. In: MUSSALIM, Fernanda; BENTES, Anna Christina (Orgs.). Introdução à Linguística: fundamentos epistemológicos, vol. 3. São Paulo: Cortez, 2009.

LARSEN-FREEMAN, Diane. Grammar: rules and reasons working together. ESL Magazine, vol. 3, nº 1, 10-12, 2000.

LIBERATO, Wilson A. Inglês Doorway. São Paulo: FTD, 2004.

LOCK, Graham. Functional English Grammar: An Introduction for Second Language Teachers. Cambridge: CUP, 1996.

LOPES, Edward. Fundamentos da Linguística Contemporânea. São Paulo: Cultrix, 2008.

LOPES, Maria Fabiola Vasconcelos. Gramática de significados. Fortaleza: Edições UFC, 2014.

MARTELOTTA, Mário Eduardo (Org.). Manual de linguística. São Paulo: Contexto, 2008.

NEVES, Maria Helena de Moura. A análise funcionalista e o estabelecimento de quadros categoriais na gramática. In: Revista de Estudos da Linguagem, vol. 20, nº 1, 99-117. 2012.

______. A polissemia dos verbos modais: ou falando de ambiguidade. In: ALFA Revista de Linguística, vol. 44, 115-145, 2000.

______. Uma visão geral da gramática. ALFA Revista de Linguística, vol. 38, 109-127, 1994.

SILVA, Renato Caixeta da; PARREIRAS, Vicente Aguimar; FERNANDES, Gláucio G. Moura. Avaliação e escolha de livros didáticos de inglês a partir do PNLD: uma proposta para guiar a análise. Linguagem & Ensino. Pelotas, v.18, n.2, p. 355-377, jul./dez. 2015.

SILVA, Renato Caixeta. Representações do livro didático de inglês: análise dos discursos de produtores e usuários com base na Linguística Sistêmico-Funcional. Tese de Doutorado. Departamento de Letras PUC-Rio, Rio de Janeiro, 2012.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e interação: uma proposta para o ensino de gramática no 1º. e 2º. graus. 8ª. Ed., SP : Editora Cortez, 2002.

Downloads

Publicado

2018-05-25