Os sujeitos e seus jogos de imagem no discurso peticionário

Uma breve análise

Autores

  • Elaine Peixoto Araújo polifoniapa@gmail.com
    Universidade Federal do Maranhão
  • Marcelo Nicomedes dos Reis Silva Filho polifoniapa@gmail.com
    Universidade Federal do Maranhão

DOI:

10.59917/rpolifonia.v29i55.15662

Resumo

Neste artigo buscamos analisar o discurso peticionário – trechos de uma petição inicial de uma ação indenizatória por danos morais – atendo-nos à maneira como ali se apresentam as noções de sujeito, antecipação e formações imaginárias. Além desse objetivo geral, definimos como objetivos específicos a) analisar os valores presentes nas formações imaginárias como elementos relevantes para a produção de textos peticionários e b) observar, em âmbito jurídico, a influência das formações imaginárias no processo decisório por parte do juiz. Em termos metodológicos, propomos a análise de sequências discursivas (SDs) recortadas das provas, situadas na primeira parte da petição. No que se refere aos resultados, observamos que as formações imaginárias se configuram como importantes elementos na produção das mensagens de WhatsApp analisadas e podem se constituir determinantes para a análise do juiz em seu processo decisório.

Referências

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil; 2017.

DEZERTO, Felipe Barbosa. Sujeito e sentido: uma reflexão teórica. Revista Icarahy, n. 4, out. 2010.

FERREIRA, Maria Cristina Leandro. Análise de discurso e suas interfaces: o lugar do sujeito na trama do discurso. [S.l.: s.n], 2010.p. 1-12.

GRIGOLETTO, Evandra. Do lugar social ao lugar discursivo: o imbricamento de diferentes posições-sujeito. [S.l.: s.n], 2007. p.1-11.

INDURSKY, Freda. A fala dos quartéis e as outras vozes. 2. ed. Campinas: Ed. da Unicamp, 2013.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Ed. Pontes, 2015.

ORLANDI, Eni Puccinelli; LAGAZZI-RODRIGUES, Suzy. Discurso e textualidade. Campinas: Ed. Pontes, 2017.

PÊCHEUX, Michel; FUCHS, Catherine. A propósito da análise automática do discurso. In: GADET, Françoise; HAK, Tony (org.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 3. ed. Campinas: Ed. da Unicamp, 1997. p. 163-252.

Downloads

Publicado

2023-06-03

Como Citar

ARAÚJO, E. P. .; REIS SILVA FILHO , M. N. dos . Os sujeitos e seus jogos de imagem no discurso peticionário : Uma breve análise. Polifonia, [S. l.], v. 29, n. 55, p. 28–47, 2023. DOI: 10.59917/rpolifonia.v29i55.15662. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/15662. Acesso em: 12 jun. 2024.

Edição

Seção

Estudos Linguísticos