Dialogismo verbivocovisual:

uma proposta bakhtiniana

Autores

Palavras-chave:

Diálogo, linguagem, verbivocovisualidade

Resumo

A proposta deste artigo é refletir acerca da noção de diálogo em seu sentido amplo, tal qual Bakhtin o concebe em Problemas da Poética de Dostoiévski, em relação com outras obras do mesmo autor, de Volóchinov e de Medviédev. O objetivo é demonstrar uma compreensão possível acerca da linguagem (dialógica) como o que tem sido denominado pelos autores como tridimensionalidade verbivocovisual, presente de forma potencial em qualquer produção enunciativa e expressa materialmente em algumas configurações arquitetônicas específicas, como jogo que marca as vozes sociais em embate na linguagem. A relevância da reflexão empreendida se justifica ao se considerar o método dialógico proposto por Bakhtin, Volóchinov e Medviédev como objeto de sua filosofia da linguagem e os resultados revelam a constituição da palavra (em seu sentido alargado) pela potencialidade dessas dimensões, materializadas por sua composição valorativa sociocultural.

Biografia do Autor

Luciane de Paula, UNESP - Universidade Estadual Paulista

Docente da UNESP - Universidade Estadual Paulista, lotada no Departamento de Estudos Linguísticos, Literários e da Educação - DELLE,  Câmpus de Assis, credenciada no Programa de Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa, Câmpus de Araraquara e no Programa de Mestrado Profissional em Letras - ProfLetras. Líder do GED - Grupo de Estudos Discursivos. Área de atuação: Análise Dialógica do Discurso - Estudos Bakhtinianos.

José Antonio Rodrigues Luciano, Universidade Estadual Paulista - UNESP

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da UNESP - Universidade Estadual Paulista, Câmpus de Araraquara. Membro do GED - Grupo de Estudos Discursivos da UNESP. Área de atuação: Análise Dialógica do Discurso.

Referências

AMORIM, M. O discurso da dança e o conceito de gênero – alguns elementos de leitura. Bakhtiniana, São Paulo, 15 (2): 64-96, abril/jun. 2020.

ANDRADE, C. D. de. V / Um em quatro – Quixote e Sancho, de Portinari. Impurezas do branco. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

ASSIS, M. de. Memórias Póstumas de Brás Cubas. São Paulo: Egéria, 1978.

BAJTIN, M. Hacia una filosofía del acto ético. De los borradores: y otros escritos. Barcelona/San Juan: Anthropos/Universidad de Puerto Rico, 1997.

BAKHTIN, M. Cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1987.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BAKHTIN, M. (VOLOSHINOV, V. N.). Marxismo e Filosofia da Linguagem. São Paulo: Hucitec, 1997.

BAKHTIN, M. Freudismo – um esboço crítico. São Paulo: Perspectiva, 2001.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

BAKHTIN, M. Para uma Filosofia do Ato Responsável. São Carlos: Pedro & João, 2010.

BAKHTIN, M. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. São Paulo: Hucitec, 2014.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. Rio de Janeiro: 34, 2016.

BAKHTIN, M. Questões de estilística no ensino de línguas. São Paulo: 34, 2013.

BANDEIRA, M. Trem de Ferro. Antologia Poética. Rio de Janeiro: José Olympo, 1976, p. 96.

BRAIT, B. Contribuições bakhtinianas para a análise do verbo-visual. In: BASTOS, N. M. B. (org.). Língua Portuguesa: lusofonia, memória e diversidade cultural. São Paulo: EDUC/FAPESP, 2008, p.257-269.

BRAIT, B. A palavra mandioca: do verbal ao verbo-visual. Bakhtiniana. Revista de Estudos do Discurso, 2009, v. 1, p.142-160.

BRAIT, B. Tramas verbo-visuais da linguagem. In: Literatura e outras linguagens. São Paulo: Contexto, 2010, p.193-228.

BRAIT, B. Olhar e ler: verbo-visualidade em perspectiva dialógica. Bakhtiniana. Revista de Estudos do Discurso, 2013, v. 8, n. 2, p. 43-65.

BUBNOVA, T. Do corpo à palavra – Leituras bakhtinianas. São Carlos: Pedro & João Editores, 2016.

CASSOTTI, Rosa Stella. Ressonâncias musicais no Círculo de Bakhtin – Ivan I. Sollertinsky, intérprete de Mozart. In: PAULA, L. de; STAFUZZA, G. Círculo de Bakhtin - teoria inclassificável. Campinas: Mercado de Letras, 2010. (Série Bakhtin: inclassificável, v. 2).

CERVANTES, M. de. Dom Quixote de La Mancha. São Paulo: Abril Cultural, 1981.

GRILLO, Sheila. Marxismo e filosofia da linguagem: uma resposta à ciência da linguagem do século XIX e do início século XX. In: VOLÓCHINOV, Valentin. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Editora 34, 2017.

HAYNES, D. J. Bakhtin and the visual arts. Nova Iorque: Cambridge, 2008.

JAKUBINSKIJ, L. Sobre a fala dialogal. São Paulo: Parábola, 2015.

LEONI; TOLLER, P. (Kid Abelha). Como eu quero. Seu Espião. Rio de Janeiro: Warner Music, 1984.

LEONI. Como eu quero. Leoni Ao Vivo. Rio de Janeiro: Som Livre, 2005.

MACHADO, I. de A. Experiências estético-dialógicas em arte-ativismo. ARS. São Paulo, 45, ano 17, no. 37, 2017, p. 45-74.

MACHADO, I. de A. Inacabamento como modelo artístico de mundo. BAKHTINIANA, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 82-98, 2010.

MCCAW, D. Bakhtin and Theatre - Dialogues with Stanislavsky, Meyerhold and Grotowski. Abingdon: Routledge, 2015.

MEDVIÉDEV, P. M. O método formal nos estudos literários: uma introdução crítica a uma poética sociológica. São Paulo: Contexto, 2012.

MUNCH. O Grito. Óleo sobre tela, têmpera e pastel sobre carvão (91x73.5 cm). Galeria Nacional. Noruega: Oslo, 1893.

PAULA, L. de. O enunciado verbivocovisual de animação: a valoração do “amor verdadeiro” Disney – uma análise de Frozen. In: FERNANDESJR., A.; STAFUZZA, G. B. (org.). Discursividades Contemporâneas: política, corpo e diálogo. Série Estudos da Linguagem. Campinas: Mercado de Letras, 2017, p. 287-314.

PAULA, L.; SERNI, N. M. A vida na arte: a verbivocovisualidade do gênero filme musical. Raído, Dourados, v. 11, n. 25, p. 178-201, jul. 2017.

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. A filosofia da linguagem bakhtiniana e sua tridimensionalidade verbivocovisual. Revista Estudos Linguísticos (São Paulo), v. 49, n. 2, p. 706-722, jun. 2020a.

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. Filosofia da Linguagem Bakhtiniana: concepção verbivocovisual. Revista Diálogos (RevDia), Cuiabá, v. 8 n. 3: Intergrupos: estudos bakhtinianos, p. 132-151, out. 2020b.

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. A tridimensionalidade verbivocovisual da linguagem bakhtiniana. Linha D´Água, 2020c (no prelo).

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. Recepções do pensamento bakhtiniano no ocidente: a verbivocovisualidade no Brasil. In: BUTTURI JÚNIOR, Atílio; BARBOSA, Thiago Soares. Campo Discursivo. Campinas: Pontes, 2020d (no prelo).

PIGNATARI, D.; CAMPOS, A. de; CAMPOS, H. de. Teoria da poesia concreta: textos críticos e manifestos (1950-1960). São Paulo: Ateliê Editorial, 2014.

POESIA concreta – o projeto verbivocovisual. Disponível em https://poesiaconcreta.com.br/poetas.php. Acesso 27 out 2020.

PORTINARI, C. Quixote. Rio de Janeiro: Diagraphis, 1973. Fac-símile.

SCHNAIDERMAN, B (Org). A poética de Maiakóvski através de sua prosa. São Paulo: Perspectiva, 1971.

SCHNAIDERMAN, B. Prefácio. In: CAMPOS, A. de; CAMPOS, H. de. Poesia Russa Moderna. São Paulo: Perspectiva, 2001.

SCHNAIDERMAN, B. Bakhtin e literatura brasileira - abordando a obra de Murilo Mendes. Literatura e Sociedade. Edição Especial, no. 26, 2018, p. 167-172.

STAM, R. Bakhtin: da teoria literária a cultura de massa. São Paulo: Ática, 1992.

STAM, R. SHOHAT, E. Crítica da imagem eurocêntrica. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

STAM, R. A literatura através do cinema: realismo, magia e a arte da adaptação. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2008.

STAM, R. Introdução à teoria do cinema. Campinas: Papirus, 2010a.

STAM, R. Bakhtin e a crítica midiática. In: RIBEIRO, A. P. G., SACRAMENTO, I. Mikhail Bakhtin: Linguagem, Cultura e Mídia. São Carlos: Pedro & João, 2010b, pg. 331-357.

VOLOCHÍNOV, V. N. A construção da enunciação e outros ensaios. São Carlos: Pedro & João, 2013.

VOLÓCHINOV, V. N. Marxismo e Filosofia da Linguagem. Rio de Janeiro: 34, 2017.

VOLÓCHINOV, V. A palavra na vida e a palavra na poesia – Ensaios, Artigos, Resenhas e Poemas. Rio de Janeiro: 34, 2019.

VOLOSHINOV, V. N. / BAKHTIN, M. M. Discurso na vida e Discurso na arte. Mimeo, s/d.

WALL, A. A bisbilhotice na pintura. Bakhtiniana. Revista de Estudos do Discurso, v. 11, n. 1, nov 2015, p. 228-263.

Publicado

2021-04-03