Morfossintaxe verbal das variedades Timbira faladas pelos povos Gavião do Pará e do Maranhão

Autores

Palavras-chave:

morfossintaxe verbal, alinhamentos sintáticos, línguas timbira

Resumo

Neste artigo, providencio a descrição da morfossintaxe verbal das variedades Timbira conhecidas como Parkatejê e Pykobjê, faladas, respectivamente, pelos povos Gavião do Pará e Gavião do Maranhão. Meu objetivo é mostrar os fatores que regulam a relação gramatical entre o verbo e seus argumentos, bem como descrever o sistema de Caso decorrente dessa relação. Outro objetivo é mostrar que os fatores reguladores mencionados resultam no fenômeno conhecido como DSM. A metodologia envolve a coleta de dados naturais e elicitados em Pykobjê e dados secundários para o Parkatejê. Após a descrição desses dados, comparo suas estruturas argumentais. Por fim, mostro que sujeitos podem receber dentre quatro marcas de caso, a saber: {O} para caso nominativo, {-te} para caso ergativo, {-mỹ} para caso dativo, e {O} para caso absolutivo. Essas marcações diferenciais são resultado de cisões sintático-semânticas do complexo sistema verbal dessas línguas.

Biografia do Autor

João Henrique Santos de Souza, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Federal de Minas Gerais (PosLin/UFMG), desenvolve sua pesquisa no Laboratório de Línguas Indígenas e Africanas da UFMG (LaliAfro/UFMG). Mestre em Estudos Linguísticos (2018) pelo PosLin/UFMG e licenciado em Letras - Habilitação em Língua Inglesa (2016) pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Referências

AMADO, Rosane de Sá. Aspectos morfofonológicos do Gavião-Pykobjê. 2004. Tese (Doutorado em Semiótica e Linguística Geral) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

BUTT, M. The Dative-Ergative Connection. In: BONAMI O.; CABREDO HOFHERR, P. (eds.). Empirical Issues in Formal Syntax and Semantics 6, p. 69-92, 2006.

CABRAL, A. S. A. C. Comunicação pessoal. 2018.

CASTRO ALVES, Flávia de. O Timbira falado pelos Canela-Apaniekrá: uma contribuição aos estudos da morfossintaxe de uma língua Jê. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

CASTRO ALVES, Flávia de. Sujeito dativo em Canela. Boletim do Museu Paraense Emílio Goedi. Ciências Humanas. Belém, v. 13, n. 2, p. 377-403, mai-ago 2018.

DIXON, R. M. W. Ergativity. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.

FERREIRA, M. N. O. Estudo morfossintático da língua Parkatejê. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Caminas, Campinas, 2003.

FILLMORE, Charles J. The Case for Case. In.: BACH, Emmon; HARMS,

Robert T. (Orgs.). Universals of Linguistic Theory. New York: Holt, Rinehart and Winston. 1968. pp. 1–88.

MIRANDA, M. G. As nominalizações na sintaxe da língua Krahê (Jê). Dissertação (Mestrado em Linguística) – Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília, 2010.

NIKULIN, Andrey. Proto-Macro-Jê: um estudo reconstrutivo. 2020. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília, 2020.

RIBEIRO-SILVA, Nandra. Pronomes em Parkatejê: a expressão da terceira pessoa. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – Instituto de Letras e Comunicação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016.

RODRIGUES, Aryon Dall’Igna. Macro-Jê. In: DIXON, R. M. W.; AIKHENVALD, A. Y. (Orgs.) The Amazonian Languages. Cambridge: Cambridge University Press, p. 165-206, 1999.

SILVA, Talita Rodrigues da. Tempo, aspecto e modalidade em Pykobjê-Gavião (Timbira): a linguística m discussão. 2017. Tese (Doutorado em Filologia e Língua Portuguesa) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

WOOLFORD, Ellen. Differential Subject Marking at Argument Structure, Syntax, and PF. In: H. de Hoop and P. de Swart (eds.). Differential Subject Marking. Dordrecht (Netherlands): Springer, p. 17-40, 2009.

WOOLFORD, Ellen. Lexical Case, Inherent Case, and Argument Structure. Linguistic Inquiry. Cambridge, v. 37, n. 1, 2006.

Publicado

2021-03-25

Como Citar

SOUZA, J. H. S. de. Morfossintaxe verbal das variedades Timbira faladas pelos povos Gavião do Pará e do Maranhão. Polifonia, [S. l.], v. 27, n. 48, 2021. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/10903. Acesso em: 13 jun. 2024.