A APLICAÇÃO DO DISCURSO DO SUJEITO COLETIVO, NA ANALISE DA PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO CUIABÁ NOS MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DO LEVERGER, VÁRZEA GRANDE E CUIABÁ.

Autores

  • Ingrid Regina da Silva Santos Universidade Federal de Mato Grosso
  • Cleberson Ribeiro de Jesuz Universidade Federal de Mato Grosso

Resumo

A bacia do rio Cuiabá é uma das mais importantes para o estado de Mato Grosso, seja de forma social, econômica e/ou ecológica. Compreendendo essa importância buscou-se através da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo detectar a soma de pensamentos individuais para caracterizar a percepção dos diferentes setores utilitários sobre a qualidade da água da bacia do Rio Cuiabá e sua atual conjuntura socioambiental. De modo geral os diferentes setores econômicos analisados nos mostraram a necessidade de se rever as políticas que regem o gerenciamento dos recursos naturais no estado de Mato Grosso, e de forma mais local em cada um dos municípios que fazem parte do perímetro da bacia hidrográfica do rio Cuiabá como forma de mitigar os impactos que a constante degradação ambiental que os setores mencionados sofrem.

 

Palavras-Chaves: Rio Cuiabá, Discurso do Sujeito Coletivo e Degradação Ambiental.

Biografia do Autor

Ingrid Regina da Silva Santos, Universidade Federal de Mato Grosso

Departamento de Geografia

Programa de Pós-Graduação em Geografia

Dinâmica da Natureza e Ações Antrópicas

Cleberson Ribeiro de Jesuz, Universidade Federal de Mato Grosso

Departamento de Geografia

Programa de Pós-Graduação em Geografia

Dinâmica da Natureza e Ações Antrópicas

Publicado

2016-09-01

Edição

Seção

Artigos