Modelagem do volume de eucalipto em sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta

Authors

  • Clebson Lima Cerqueira Engenheiro florestal pela universidade feral do Piauí, mestrando em ciências florestais e ambientais pela UFMT
  • Rômulo Môra Universidade federal de Mato grosso (UFMT), departamento de engenharia florestal
  • Helio Tonini Empresa Brasileira de pesquisa Agropecuária, EMBRAPA Agrossilvipastoril
  • Julio Eduardo Arce Universidade Federal do Paraná (UFPR), departamento de engenharia florestal.
  • Gerson Dos Santos Lisboa Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Jorge Amado
  • Carlos Cesar Cavassin Diniz Universidade Federal do Paraná (UFPR), departamento de engenharia florestal.
  • Samuel de Pádua Carvalho Universidade federal de Mato grosso (UFMT), departamento de engenharia florestal.

DOI:

10.34062/afs.v7i4.9910

Keywords:

Biometria florestal, modelagem de efeitos mistos, regressão

Abstract

Neste trabalho objetivou-se, avaliar a modelagem de efeitos mistos para estimativa do volume de eucalipto em sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF). Os dados foram coletados em uma área experimental de iLPF, implantada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária-EMBRAPA Agrossilvipastoril, localizada no município de Sinop, estado do Mato Grosso. Para alcançar os objetivos proposto, 186 árvores com 51 meses de idade foram cubadas para a modelagem do volume com regressão não linear tradicional (RT) e modelagem de efeitos mistos (MEM). O desempenho da modelagem foi avaliado por meio de indicadores estatísticos e análise gráfica. As duas técnicas avaliadas apresentaram resultados semelhantes com um pequeno ganho em precisão pela MEM. Desta forma, a MEM apresenta grande potencial de utilização em modelagem florestal, uma vez que apresenta maior acurácia de ajuste para estimativa do volume de eucalipto em integração Lavoura-Pecuária-Floresta.

Author Biographies

Clebson Lima Cerqueira, Engenheiro florestal pela universidade feral do Piauí, mestrando em ciências florestais e ambientais pela UFMT

Doutorando no departamento de engenharia florestal da Universidade federal do paraná-UFPR

Rômulo Môra, Universidade federal de Mato grosso (UFMT), departamento de engenharia florestal

Professor da Universidade federal de Mato grosso (UFMT), departamento de engenharia florestal

Helio Tonini, Empresa Brasileira de pesquisa Agropecuária, EMBRAPA Agrossilvipastoril

Pesquisador da Empresa Brasileira de pesquisa Agropecuária, EMBRAPA Agrossilvipastoril

Julio Eduardo Arce, Universidade Federal do Paraná (UFPR), departamento de engenharia florestal.

Professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), departamento de engenharia florestal.

Gerson Dos Santos Lisboa, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Jorge Amado

Professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Jorge Amado

Carlos Cesar Cavassin Diniz, Universidade Federal do Paraná (UFPR), departamento de engenharia florestal.

Doutorando na Universidade Federal do Paraná (UFPR), departamento de engenharia florestal.

Samuel de Pádua Carvalho, Universidade federal de Mato grosso (UFMT), departamento de engenharia florestal.

professor na Universidade federal de Mato grosso (UFMT), departamento de engenharia florestal.

References

Alvares CA, Stape JL, Sentelhas PC, Gonçalves JLM, Sparovek G (2013). Köppen's climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, 22(6): p.711-728. doi:10.1127/0941-2948/2013/0507.

Azevedo GB, Sousa GTO, Barreto PAB, Conceição Júnior V 2011. Estimativas volumétricas em povoamentos de eucalipto sob regime de alto fuste e talhadia no sudoeste da Bahia. Pesquisa Florestal Brasileira, 31 (68): p. 309-318. DOI: 10.1127/0941-2948/2013/0507.

Campos JCC, Leite HG. Mensuração florestal: perguntas e respostas. Viçosa: UFV, 4. Ed. 2013. 605p.

Carvalho SPC, Calegario N, Silva FF, Borges LAAC, Mendonça AR, Lima MP 2011. Modelos não lineares generalizados aplicados na predição da área basal e volume de Eucalyptus clonal. Cerne, Lavras, 17(4): p. 541 - 548.

Dorado FC, Diéguez-Aranda U, Anta MB, Rodriguez MS, Von Gadow K 2006. A generalized height–diameter model including random components for radiata pine plantations in northwestern Spain. Forest Ecology and Management, 229: p. 202-213. DOI:org/10.1016/j.foreco.2006.04.028.

Gouveia JF, Silva JAA, Ferreira RLC, Gadelha FHL, Filho LMAL 2015. Modelos volumétricos em clones de Eucalyptus no polo gesseiro do Araripe, Pernambuco. Floresta, 45 (3): p.587-598. DOI: 10.5380/rf.v45i3.36844.

Lappi J 1991. Calibration of height and volume equations with random parameters. Forest Science, 37 (3): p.781-801.

Leal FA, Cabacinha CD, Castro RVO, Matricardi EAT 2015. Amostragem de árvores de Eucalyptus na cubagem rigorosa para estimativa de modelos volumétricos. Revista Brasileira de Biometria, 33(1): p. 91-103.

Machado AS, Conceição MB, Figueiredo Filho A 2002. A modelagem do volume individual para idades e regimes de desbaste em plantações de Pinus oocarpa. Ciencias Exatas e Naturais, 4(2):p. 41-50.

Mendonça AR, Carvalho SPC, Calegario N 2015. Modelos hipsométricos generalizados mistos na predição da altura de Eucalyptus sp. Cerne, 21(1):p. 107-105. DOI: 10.1590/01047760201521011191.

Müller MD, Salles TT, Paciullo DSC, Brighenti AM, Castro CRT 2014. Equações de altura, volume e afilamento para eucalipto e acácia estabelecidos em sistema silvipastoril. Floresta, 44(3): p. 473-484.

Packalén P, Mehtätalo L, Maltamo M 2011. ALS-based estimation of plot volume and site index in a eucalyptus plantation with a nonlinear mixed-effect model that accounts for the clone effect. Forest Science, 68: p.1085-1092. DOI: 10.1007/s13595-011-0124-9.

Pinheiro JC, Bates DM 2000. Mixed-effects models in S and S-PLUS. New York: Springer-Verlag. 528 p.

R Core Team (2016). R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria. Diponível em: https://www.R-project.org/.

Salles TT, Leite HG, Oliveira Neto SN, Soares CPB, Paiva HN, Santos FL 2012. Modelo de Clutter na modelagem de crescimento e produção de eucalipto em sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 48: p. 253 - 260.

Schabenberger O, Pierce FJ 2002. Contemporary statistical models: for the plant and soil sciences. 730p.

Schumacher FX, Hall FS 1933. Logarithmic expression of timber-tree volume. Journal of Agricultural Research, 47(9):p. 719-734.

Torres CMME, Oliveira AC, Pereira BLC, Jacovine LAG, Oliveira Neto SN, Carneiro ACO, Torres CMME 2016. Estimativas da produção e propriedades da madeira de eucalipto em Sistemas Agroflorestais. Scientia Forestalis 44(109): p. 137-148. DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n109.13.

Vismara ES, Mehtätalo L, Batista JLB 2016. Linear mixed-effects models and calibration applied to volume models in two rotations of Eucalyptus grandis plantations. Canadian Journal of Forest Research, 46(1):p.132-141. DOI: org/10.1139/cjfr-2014-0435.

Published

2021-01-13